CONTATO

João Maciel Cel/WhatsApp: (68) 99963-7272 Email: joaomacieltk@gmail.com

domingo, 28 de março de 2021

Pros apaixonados... e pros amigos mais chegados.





 

Júlio Nascimento "A VOLTA DA LEIDIANE" pros meus amigos bregueiros...


 

Pastor assusta com profecia que fala de morte no dia 30 de março "pessoas vão cair mortas nas ruas, vai ser um caos"



Em vídeo, Ezequias Silva disse que teve revelação sobre os próximos dias

O pastor Ezequias Silva, da Igreja Assembleia de Deus Belém do Pará na Penha, em São Paulo, disse que teve uma revelação divina. Ele contou que viu o anjo da morte ceifando vidas que saírem de casa no dia 30 de março.

Um vídeo mostra a profecia, na qual o religioso recomenda que as pessoas unjam seus lares e façam jejum nos dias 29 e 30 de março. Ele também pede que os ouvintes evitem sair de casa na madrugada porque muitos vão morrer.

– Dia 30, de madrugada, de meia-noite em diante, não saia na rua. Você vai ver acidentes dobrar, vai ser uma coisa terrível – declarou o pastor.

De acordo com ele, em todo o mundo pessoas cairão com falta de ar.

– O espírito da morte vai tomar conta de tudo. (…) Avisa a todos, manda esse vídeo pra todo mundo. Eu vi o cavaleiro amarelo andando nas ruas e era muito rápido. Eu vi no mundo inteiro, vai passar na televisão e na internet.

Também em uma rede social, Ezequias Silva divulgou uma explicação da profecia. Confira, abaixo:

https://youtu.be/tZKfVWRs-6g


OUTRO LÍDER REBATE A PROFECIA

No YouTube, Renato Vargens, pastor sênior da Igreja Cristã da Aliança em Niterói (RJ), rebateu as declarações do religioso de São Paulo.

– Essa profecia trouxe pânico a muita gente. A pergunta é: será que procede isso? Será que Deus agiria através de um anjo da morte que viria para trazer juízo sobre a humanidade, de uma forma significativa, no dia 30 de março? Você não deve dar ouvidos aos profetas da tragédia e tampouco àqueles que tentam de alguma forma atemorizar as pessoas. Nós devemos ser guiados pelas Escrituras. A palavra de Deus é lâmpada para os nossos pés e ela tem nos dito o entendimento daquilo que aconteceria nos últimos dias.

Ele defendeu que as pessoas devem fundamentar a fé na Palavra de Deus.

– Não dê ouvidos a profetas da tragédia. Dê ouvidos à Palavra de Deus. Conheça e estude as Escrituras. (…) O meu conselho diante desse cataclisma profetizado é que você não dê ouvidos. As Escrituras nos bastam – disse Vargens.

sábado, 27 de março de 2021

Prefeitura inicia reforma do estádio de futebol de Tarauacá


Na manhã desta terça-feira (23), a empresa responsável pela execução dos serviços de modernização do estádio Naborzão em Tarauacá deu inicio aos trabalhos.

As obras têm como objetivo modernizar a infraestrutura do estádio e é financiadas pelo Ministério da Cidadania e pela Prefeitura Municipal, por meio de emendas do senador Sérgio Petecão e da deputada federal Jéssica Sales.

Segundo a prefeita Lucinéia essa obra vem para beneficiar todos os desportistas e população em geral e também na geração de trabalho.

O secretário de Obras, Rosenir Arcenio esteve no local acompanhando o inicio dos trabalhos, juntamente com o Engenheiro Civil, Cláudio Roberto.

Federação de Teatro do Acre lança publicação histórica


A Federação de Teatro do Acre (FETAC), em sua trajetória de mais de 40 anos, esteve, e ainda está presente em momentos importantes da história acreana, atuando política, social e culturalmente na sociedade local. Criada em 1978 por grupos amadores, seu objetivo era contribuir e fortalecer, de forma coletiva e colaborativa, os interesses e os anseios da classe artística acreana, que já se fortalecia para além das propostas ligadas à religiosidade, que marcaram o início de sua formação.

A FETAC vem aprendendo e se atualizando para a superação dos desafios impostos não apenas ao teatro, mas à cultura acreana como um todo. Além da realização de festivais, seminários, congressos, formações e da participação na construção e na execução de políticas públicas para a cultura, que sempre estiveram presentes em sua trajetória, em 2019, a federação se lançou em um novo e importante desafio: a organização e a disponibilização ao público de suas memórias e histórias.

“O projeto Revitaliza FETAC foi a primeira ação efetiva nesse sentido. Montamos uma força tarefa, que incluiu artistas e pesquisadores, e com o financiamento da Prefeitura de Rio Branco, através de projetos aprovados no Fundo Municipal de Cultura em 2019 e 2020, e com o apoio do Governo do Estado, que nos cedeu um espaço no Casarão, o Memorial da FETAC conta hoje com um acervo amplo e diverso totalmente à disposição do público interessado”, comenta Lenine Alencar, presidente da FETAC.

A publicação “FETAC e o Teatro Acreano” é um dos frutos desse trabalho e da preocupação das últimas gestões da federação com a memória não apenas do teatro, mas da cultura acreana como um todo. Afinal, não foram poucas as vezes que a federação abrigou outras linguagens artísticas em seu enorme guarda-chuva cultural. Poder contar fragmentos de sua história, e mais do que isso, querer que suas memórias sejam não só registradas, mas que a documentação seja colocada à disposição do público, para interesses científicos, pessoais ou afetivos, tem sido uma das metas da FETAC nos dois últimos anos.

Incluindo textos históricos e autorais de personagens dessas mais de quatro décadas, além de depoimentos, homenagens e um capítulo totalmente dedicado aos grupos de teatro atualmente filiados, a publicação é sem dúvida um importante documento histórico, que não pretende trazer verdades únicas e incontestáveis, mas sim contribuir para o aprofundamento das pesquisas, convidando o público à novas reflexões. Sua construção, feita à várias mãos, propiciou um diálogo entre gerações, desde aqueles que em fins da década de 1970 sonharam com a construção de uma entidade que agregasse o movimento cultural, até os que nos dias de hoje dão continuidade a esse trabalho e mantém a FETAC viva e atuante.

O lançamento acontecerá no próximo dia 27 de março, Dia Mundial do Teatro, que desde 1980 é comemorado pela FETAC em conexão com os demais movimentos de teatro existentes ao redor do mundo. A publicação foi possível pela sensibilidade de todos e todas que acreditaram e acreditam no trabalho da FETAC: grupos filiados, artistas de teatro e de outras linguagens, Prefeitura de Rio Branco, através da Fundação Garibaldi Brasil – Edital 2020 do Fundo Municipal de Cultura; Fundação Elias Mansour; Gabinete do Deputado Estadual Daniel Zen e a equipe de pesquisadores envolvidos. Todos contribuíram para que a FETAC pudesse concretizar esse sonho e não mediram esforços para apoiar a federação nessa empreitada.

“Eu vejo essa publicação da FETAC como uma proposta muito forte de diálogo entre épocas históricas, entre gerações, entre angústias, entre lutas, entre fazeres culturais diversos. Ao mesmo tempo que a FETAC comemora seus 40 anos, ela amplia o campo do diálogo, com narrativas que abrem caminhos para relações coletivas, resgatando outras histórias que estão guardadas nas memórias das pessoas que terão acesso e que participaram do cenário da cultura acreana. Estou muito feliz em fazer parte desse trabalho, através do meu grupo, dialogando com outros momentos históricos. A FETAC é um encontro de muitas gerações, identidades, subjetividades e experiências, que são parte da publicação. Ainda temos muito a fazer! Essa publicação é um convite que vai trazer a tona muitas histórias que ainda virão e o passo inicial para escrever a história da FETAC já foi dado”, comenta Maiara Pinho, do grupo Aguadeiro.

“As Matas de Matias”

Dramaturgo, ator, poeta, contador de histórias e líder social. Essas diversas atuações culturais e sociais, sempre trabalhando junto às comunidades carentes e periféricas, marcaram a vida e a obra de um dos grandes personagens da cultura acreana: Matias.

Incluído nesse trabalho voltado ao resgate das memórias do teatro acreano e por sua importante participação na cultura acreana, surgiu a ideia de localizar, organizar e disponibilizar material sobre o Matias, o que foi feito através do projeto “As Matas de Matias”, inciativa do historiador, diretor e ator Lenine Alencar, através de projeto aprovado no Edital 2019 do Fundo Municipal de Cultura. O catálogo produzido como produto final do projeto possui textos, imagens e a reprodução de documentos diversos sobre a vida e a obra de Matias.

“A iniciativa do catálogo “As Matas de Matias” era produzir um documento que colocassem fragmentos de sua história à disposição de pesquisadores e interessados. Os resultados superaram nossas expectativas, sendo o passo inicial para a organização da “Coleção Matias” no acervo do Memorial da FETAC”, resume Lenine Alencar.

O catálogo “As Matas de Matias” está disponível em versão digital no acervo do Memorial da FETAC.

(Assessoria)

Negacionista, Malafaia testa positivo para Covid-19. Esposa também



O pastor-empresário bolsonarista Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), e sua esposa, a pastora Elizete Malafaia, testaram positivo para Covid-19

247 - O pastor-empresário bolsonarista Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), e sua esposa, a pastora Elizete Malafaia, testaram positivo para Covid-19. Os dois se recuperam em casa, de acordo com informações do Fuxico Gospel confirmadas por um integrante da alta cúpula da ADVEC.

O promotor de Justiça Marcelo Paulo Maggio, do Ministério Público do Paraná (MP-PR), notificou em fevereiro a igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo de Curitiba (PR) por ter feito um culto com 1.200 pessoas. A celebração foi conduzida pelo próprio Malafaia e por sua filha, Rachel Malafaia.

No final do ano passado, Malafaia também divulgou um vídeo em que o médico pneumologista norte-americano Pierre Kory recomendou a prescrição de ivermectina para a prevenção da Covid-19, durante audiência no Senado nos Estados Unidos.

O remédio não tem comprovação científica para o tratamento contra a Covid-19. Mesmo assim, o pastor-empresário disse que o vídeo "pode salvar vidas".

247.

quinta-feira, 25 de março de 2021

Mulher suspeita de tuberculose e em exame descobre camisinha no pulmão


Uma mulher, de 27 anos, deu entrada em um hospital com sinais de tuberculose, na Índia, e após realizar exames algo inusitado aconteceu. Ela descobriu que havia uma camisinha em seu pulmão. O caso foi descrito por especialistas em estudo publicado no jornal científico da National Library of Medicine. © Getty Images/iStockphoto salvador, bahia / brazil - february 6, 2013: hand holds male condom, contraceptive method and also used to control sexually transmitted diseases."n

A mulher inalou, acidentalmente, uma camisinha durante relação sexual com seu marido. De acordo com o estudo, na primeira consulta, a mulher se queixava de tosse, febre e acúmulo de muco, que persistiam por dois meses.

A professora recebeu prescrição de antibióticos e tratamento antituberculose, mas 4 meses se passaram e os sintomas não passavam. Ela, então, resolveu voltar ao hospital.

A mulher foi avaliada por uma equipe médica, novamente, para confirmar se seu caso se tratava de tuberculose. Porém, o teste deu negativo para a doença. Foi então que ela descobriu que tinha uma lesão em um lobo pulmonar superior da paciente, resultado da inalação do preservativo.

Os profissionais de saúde só perceberam ao examinarem o tórax dela e verem uma “estrutura semelhante a uma bolsa invertida ‘parada’ no brônquio”, diz o estudo.

A mulher foi encaminhada para cirurgia e nela, os médicos removeram cirurgicamente a tal “bolsa”, e aí tiveram certeza de que se tratava de uma camisinha.

Quando a mulher foi questionada sobre como o preservativo foi inalado, ela se recordou de um momento em que fez sexo oral em seu marido. “Eles [marido e mulher] podiam se lembrar que a camisinha se soltou durante o ato”, descreveram os médicos. “Naquela época, a senhora também teve um episódio de espirro ou tosse.”

Após a cirurgia, alguns pequenos pedaços do preservativo permaneceram presos no pulmão da professora e por isso, pode ser que ela tenha que repetir a operação, mas os médicos afirmam que a mulher deve se recuperar em breve.

quarta-feira, 24 de março de 2021

Vídeo "juiz ladrão", de Glauber Braga, bomba na internet depois do julgamento do STF



Vídeo do deputado dizendo a Moro que ele entrará na história como um juiz ladrão viralizou nas redes sociais. “Profético”, dizem os internautas

247 - Um vídeo do deputado Glauber Braga dizendo ao ex-juiz Sergio Moro, condenado pelo Supremo Tribunal Federal por sua parcialidade contra o ex-presidente Lula, que ele será marcado nos livros de história como um “juiz ladrão”, voltou a circular nas redes.

O vídeo é um trecho do discurso de Braga realizado em 4 de dezembro de 2019, data que Moro, ainda ministro de Jair Bolsonaro, foi ao Congresso para defender a prisão após 2ª instância.

https://www.youtube.com/watch?v=BnIHJNyRv24

Haroldo Lima, dirigente histórico do PCdoB, morre de Covid




O dirigente comunista e ex-deputado federal constituinte, Haroldo Lima, faleceu nesta madrugada
24 de março de 2021,

247 - A direção do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) informou sobre o falecimento do seu dirigente histórico e ex-deputado constituinte, Haroldo Lima, por Covid-19, na madrugada desta quarta-feira (24).

"Haroldo lutou bravamente por longos dias contra a doença, mas não resistiu às complicações provocadas pelo novo coronavírus", ressalta o comunicado da legenda comunista.

"Lamentamos profundamente a irreparável perda de um dos mais destacados quadros nacionais do PCdoB nas últimas décadas e prestamos irrestrita solidariedade aos familiares, aos amigos e aos militantes neste momento de dor. O exemplo de abnegação, de coragem, de firmeza, daquele que dedicou a vida à luta em defesa da democracia e da liberdade, e pela construção de uma sociedade mais justa e fraterna, é o legado que Haroldo Lima deixa para a geração que prosseguirá a luta pelo socialismo", diz a nota da direção estadual do PCdoB na Bahia, onde Haroldo sempre atuou.

Fórum de Dança do Acre está com inscrições abertas para 5ª edição de forma gratuita


Fórum de Dança do Acre está com inscrições abertas para 5ª edição de forma gratuita

A Associação de Dança do Acre (Asdac) e o Movimento de Dança do Acre (Moda) promovem a 5ª edição do Fórum de Dança do Acre, que inicia em 24 de abril e se estende até o dia 29 – data em que se comemora o Dia Internacional da Dança. A programação também prevê o 2⁰ Seminário de Dança do Acre, com conversas entre grupos e companhias de todas as regiões do estado, e a 1ª Mostra de Dança Terra dos Nauas, que será transmitida em tempo real da cidade de Cruzeiro do Sul.

Para participar, o público deve se inscrever pelo site www.even3.com.br/forumdedanca2021. O evento deste ano foi adaptado para a internet para evitar aglomeração, seguindo às orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) no enfrentamento ao novo coronavírus, com interação pelas plataformas virtuais Zoom e Google Meet. No entanto, o que não muda é a diversidade de afazeres, como apresentações artísticas, espetáculos, workshops, oficinas de formação, mesas-redondas e debates.

“Estamos articulados para receber 40 grupos de dança que atuam em Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Plácido de Castro, Xapuri, Brasileia, Senador Guiomard, Capixaba, Vila Campinas, Bujari e Sena Madureira. No total, são pelo menos 470 participantes amadores e profissionais, incluindo dançarinos, coreógrafos e diretores. No mais, é importante ressaltar que toda a comunidade é bem-vinda no fórum”, explica o produtor Christian Morais.

Em paralelo, o evento ainda abre espaço para exposição de trabalhos em formatos inovadores e para a submissão de pesquisas na área. O 5⁰ Fórum de Dança do Acre é financiado com recursos da Lei Aldir Blanc, por meio da prefeitura de Rio Branco, da Fundação Garibaldi Brasil (FGB) e do governo federal.

Mais informações, favor entrar em contato com Christian Moraes: 99978-2872.

Em Manaus, Policial Militar deixa carta comovente antes de tirar sua própria vida


Manaus – Na última segunda-feira (22), o PM (Policial Militar) Igor Batalha tirou sua própria vida após travar uma árdua batalha com a depressão. O policial trabalhava na 27 CICOM (Companhia Interativa Comunitária).

Antes de partir, o militar escreveu uma carta e deixou para seus amigos e familiares. Vale lembrar que o caso ocorrido em Manaus não é uma exceção, já que no Brasil, mais policiais se suicidam do que morrem em confronto.

Confira a carta deixada pelo militar:

TARAUACÁ: Câmara de Vereadores convoca suplente Irmão Carlinhos para assumir vaga deixada por vereador José Sidenir, morto pela covid-19


CARLOS DOS REIS, ( Irmão Carlinhos) VAI ASSUMIR HOJE O MANDATO DEIXADO PELO EX- VEREADOR, José Sidenir , in memoriam.

Carlos Alberto Reis de Souza. (Irmão Carlinhos) É Evangelista da Assembléia de Deus, Natural do estado do Pará. Veio morar no Acre aos seis meses de nascido.

Carlinhos é é seringueiro, além de agricultor e liderança comunitária, residente no Rio Murú, seringal Estirão, onde dirige uma comunidade.

Tem 54 anos de idade, tem 9 filhos e casado com dona, Maria de Fátima de Lima da Silva. Carlinhos se elegeu primeiro suplente pelo com 335 votos .

Carlinhos vai assumir vaga deixada pelo vereador eleito, ambém do PCdoB, militante histórico do partido, José Sidenir, falecido no início deste mês, vítima do coronavirus


Saiu na edição do Diário Oficial do Acre (DOE) desta segunda-feira (22) a convocação do suplente do vereador José Sidenir da Chagas que faleceu vítima da covid-19. Quem assume é Carlos Reis de Souza. Carlos Alberto Reis de Souza obteve nas eleições do ano passado 335 votos. Ele é ligado ao PCdoB.

NOME COMPLETO Carlos Alberto Reis De Souza

Nº / PARTIDO65444 / PC Do B

NOME DO PARTIDO Partido Comunista Do Brasil

GRAU DE INSTRUÇÃOEnsino Fundamental Incompleto

OCUPAÇÃO Agricultor

IDADE 54 (26/04/1966)

ESTADO CIVIL Casado(A)

sexta-feira, 19 de março de 2021

MANIFESTANTES COM FAIXA 'BOLSONARO GENOCIDA' SÃO DETIDOS E LEVADOS PARA A POLÍCIA FEDERAL


Deputados do PT vão acompanhar o caso

A Polícia Militar do Distrito Federal deteve e levou para a Polícia Federal quatro manifestantes que abriram uma faixa "Bolsonaro genocida" na Esplanada dos Ministérios, sob a suspeita de que infringiram a Lei de Segurança Nacional.

Os manifestantes foram liberados pela PF, que não viu relação do protesto com a Lei de Segurança Nacional.

Deputados do PT foram à Superintendência da PF para cobrar explicações e acompanhar o caso.

Entre os detidos, estão os responsáveis pelo canal de esquerda Botando Pilha, entre eles o criador do site, o ativista Rodrigo Pilha. Os outros são Guilherme, Victor e Emanuel. A coluna ainda não conseguiu os nomes completos.

No vídeo abaixo, publicado pelo canal no Facebook, um dos ativistas afirma que policiais militares estão recolhendo a faixa.

O desenho da faixa foi baseado em uma charge do cartunista Aroeira, que já foi alvo de pedido de inquérito por André Mendonça em junho, também com base na Lei de Segurança Nacional.

Mendonça acionou a PF e a PGR contra Aroeira e o jornalista Ricardo Noblat, que havia compartilhado a ilustração no Twitter.

Em junho de 2020, ministro da Justiça acionou PGR e PF contra charge Foto: Reprodução/Aroeira Cartum

Este é mais um caso de repressão a críticas feitas a Bolsonaro.

Outros episódios foram o processo aberto pelo Ministério da Educação e pela Controladoria-Geral da União contra dois professores de universidade federais que criticaram o presidente e os inquéritos abertos pela Polícia Federal contra jornalistas.

Hélio Schwartsman, da Folha de S.Paulo , Ricardo Noblat, da revista Veja , e o chargista Renato Aroeira foram alvos de investigações da PF.

No Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro recorreu a um delegado próximo da família Bolsonaro para abri um inquérito contra Felipe Neto por suposta infração da Lei de Segurança Nacional — o caso foi suspenso hoje por uma decisão judicial que lembrou à Polícia Civil que não cabe a uma polícia estadual investigar ninguém por possíveis crimes cometidos no âmbito desta lei.

O ministro da Justiça, André Mendonça, também recorreu à Polícia Federal contra um sociólogo e um dono de empresa de outdoors pela instalalação de um outdoor em uma avenida de Palmas, capital do Tocantins, dizendo que Bolsonaro era pior do que "pequi roído", em referência à fruta do cerrado.

Um outdoor que chamava o governo Bolsonaro de genocida foi depredado em Goiânia nesta quinta-feira.

A União Estadual dos Estudantes de Goiás havia colocado o anúncio na véspera.

"Bolsonaro, seu governo é genocida. Quase 300 mil mortes por Covid-19. Queremos vacina, emprego e educação", dizia o cartaz, na Quinta Avenida do Setor Universitário, em Goiânia.
Outdoor chama Bolsonaro de genocida em Goiânia Foto: Reprodução/União Estadual dos Estudantes de Goiás

Outdoor que chamava Bolsonaro de genocida em Goiânia foi depredado no primeiro dia Foto: Reprodução/União Estadual dos Estudantes de Goiás

Moradora de Brasília diz que vizinhas mandaram mensagem pedindo que ela deixe de usar 'shortinhos' no condomínio


Texto assinado por 'conselho de mulheres' diz que roupas estavam constrangendo casais. Najhara Noronha, de 36 anos, acionou advogado para avaliar caso e espera resposta do síndico sobre assunto.

Moradora do Sudoeste, em Brasília, Najhara Noronha, recebeu e-mail pedindo que não usasse mais 'shortinhos' em áreas comuns do condomínio — Foto: Arquivo pessoal

A técnica de laboratório Najhara Noronha, de 36 anos, estava em casa, em Brasília, na quarta-feira (17), fazendo uma prova online da faculdade, quando foi surpreendida com um e-mail. Segundo ela, vizinhas pediram que a moradora do Sudoeste não transitasse nas áreas comuns do prédio com roupas de academia e "shortinhos" (veja texto abaixo).

A notificação, com o título "Solicitação de vestuário apropriado", foi assinada pelo "Conselho de Mulheres" do condomínio. O texto pede que Najhara não use "vestes que não sejam bermudas ou roupas mais adequadas". A justificativa, é que a vizinha estava fazendo os casais se sentirem constrangidos.

E-mail enviado para moradora do Sudoeste, em Brasília, pede que mulher não use 'shortinhos' em áreas comuns — Foto: Reprodução

A moradora conta que após receber o e-mail procurou dois funcionários do prédio, que não souberam informar de onde saiu a mensagem, e nem falar sobre a existência de um Conselho de Mulheres. Najhara diz que, então, acionou um advogado "para analisar o caso", e o síndico – que, segundo ela, até a manhã desta quinta-feira (18) não havia respondido.

O G1 também não conseguiu falar com o síndico do condomínio até a última atualização da reportagem.

Najhara diz que mora no local há um ano e cinco meses, e que usa pouco as áreas de convivência. "Circulo apenas quando saio pra praticar esportes", explica, ao se declarar surpresa com o e-mail.

"A questão de um grupo de mulheres, ou apenas uma mulher, se achar no direito de definir o que eu posso vestir ou não, não há nada que justifique um comportamento desses", diz Najhara.

G1.

"Não generalizem os evangélicos, Malafaia está chamando Bolsonaro a dar um golpe", diz pastor



O pastor Henrique Vieira, nas redes sociais, pediu para as pessoas não generalizarem os evangélicos, após críticas a Silas Malafaia, que defendeu um golpe militar. Vieira destacou que Martin Luther King também foi evangélico e disse que “a Igreja precisa reagir em favor da Democracia”

247 - O pastor Henrique Vieira, nas redes sociais, pediu para as pessoas não generalizarem os evangélicos, após críticas a Silas Malafaia, que defendeu um golpe militar nesta quinta-feira, 18.

Vieira destacou que Martin Luther King também foi evangélico e que “Malafaia está distorcendo a constituição e chamando Bolsonaro a dar um golpe”. Segundo ele, “a Igreja precisa reagir em favor da Democracia”.

Não generalizem os evangélicos: Se Malafaia é Evangélico, Martin Luther King também foi. Malafaia está distorcendo a constituição e chamando Bolsonaro a dar um golpe. A Igreja precisa reagir em favor da Democracia.
— Pastor Henrique Vieira (@pastorhenriquev) March 18, 2021
Malafaia estimula Bolsonaro a convocar Forças Armadas

O empresário Silas Malafaia usou as redes sociais para pedir que Jair Bolsonaro convoque as Forças Armadas para reagirem contra as medidas de isolamento social decretadas por governadores e prefeitos de todo o país.

Com o Brasil em um verdadeiro colapso hospitalar e na iminência de um colapso funerário, com quase três mil pessoas morrendo por dia em decorrência da Covid-19, Malafaia argumenta que somente o presidente da República, com o aval do Congresso Nacional, pode decretar estado de sítio no país.

Entretanto, as medidas tomadas por governadores e prefeitos tratam-se apenas de estratégias de prevenção contra o coronavírus, que foram inclusive adotadas amplamente por outros países, e de forma até mais rigorosa.

Nas últimas 24 horas o Brasil registrou 2.724 mortes por Covid-19 e nesta quinta-feira associações médicas alertaram a Anvisa sobre a falta de insumos para intubação de pacientes, procedimento recorrente no tratamento da doença.

Estudante de 18 anos morre após desmaiar durante relação sexual, diz marido


Polícia Civil investiga o caso, porém, equipe de resgate apontou que vítima não aparentava marcas de agressão. Morte ocorreu em São Vicente, no litoral paulista.

Jovem tinha 18 anos; caso ocorreu em São Vicente, SP — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma estudante de 18 anos morreu dentro da própria casa em São Vicente, no litoral de São Paulo. Segundo registrado no boletim de ocorrência, a jovem teria desmaiado durante uma relação sexual com o marido, de 19, conforme ele relatou à polícia. Apesar de o resgate ter sido acionado logo após a vítima passar mal, Vitória Castro morreu ainda na residência.

O caso ocorreu por volta da 1h40 desta quinta-feira (18), no bairro Jóquei Clube. Conforme apurado pelo G1, policiais foram acionados ao imóvel e, chegando lá, encontraram o pai da vítima. Ele relatou às autoridades que o genro ligou pedindo ajuda e informando que a estudante havia desmaiado no banheiro.

Chegando ao local, o pai da jovem encontrou o genro abraçado à sua filha. Em seguida, acionou a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Quando os policiais chegaram ao endereço indicado, encontraram a vítima já sem vida.

Em nota, a Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), confirmou que o Samu atendeu ao chamado para socorrer a jovem. Porém, ao chegar ao local, foi constatado que a vítima já estava sem vida.

O resgate atestou o óbito, mas não a causa da morte, alegando, ainda, que a vítima não aparentava marcas de agressão. O marido relatou à polícia que, após ter uma relação sexual com sua esposa no quarto, foi para o banheiro, e ao tomar banho, chamou a jovem. Ainda de acordo com o depoimento dele à polícia, quando os dois estavam em nova relação sexual, ela deu um suspiro e desmaiou.

Conforme a Polícia Civil, o pai da jovem informou que a filha havia sido mãe recentemente, e que o neto tem apenas dois meses. Ele também relatou que a estudante não fumava, não bebia e não usava drogas.

De acordo com a Polícia Civil, foram solicitados exames periciais ao Instituto de Criminalística (IC) e ao Instituto Médico Legal (IML). Ainda não há previsão para a divulgação dos resultados. O caso foi registrado como morte suspeita na Delegacia Sede de São Vicente e encaminhado ao 2º DP do município, onde será investigado.

O que dizem os médicos?

Em entrevista ao G1 nesta sexta-feira (19), o médico cardiologista Luiz Claudio Behrmann Martins, que atua na Santa Casa de Santos e é membro do grupo Arritmia Med, explicou que é possível morrer durante uma relação sexual e, por isso, são necessários cuidados.

"É possível sim. Isso pode ser causado porque você pode ter uma morte súbita secundária causada pelo excesso de esforço físico. Apesar disso, é incomum que aconteça em pessoas com menos de 35 anos. Mas há outras patologias que poderiam estar associadas ao mal súbito", finaliza.

Rodrigues Alves estará no consórcio de vacinas e vai contratar profissionais de saúde


O município de Rodrigues Alves vai participar do consórcio para a compra de vacina contra o coronavírus. O projeto apresentado pelo prefeito Jailson Amorim foi aprovado por unanimidade pelos vereadores nesta quinta-feira, 18, na Câmara Municipal.

No mesmo projeto, o executivo pede também autorização para a contratação, em caráter emergencial, de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogo, fisioterapeuta, assistente social e outros, para reforçar o combate à pandemia do COVID-19, dengue e malárias no município.

O prefeito de Rodrigues Alves, Jailson Amorim, teve Covid-19 em fevereiro e chegou a ficar internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Juliana em Rio Branco. “Senti na pele o quanto essa doença é perigosa e pessoas do município têm morrido. Queremos comprar as vacinas para imunizar logo nossa população”, cita.

Rio Branco e Cruzeiro do Sul também fazem parte do consórcio de vacinas, que é liderado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP). O movimento reuniu gestores de várias cidades para adquirirem de forma conjunta e direta vacinas, medicamentos, insumos e equipamentos para o enfrentamento da Covid-19 para os municípios.

A comissão foi formada depois que o Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou estados e municípios a comprar e distribuir imunizantes.

ac24h,

Setor de eventos pede socorro



Prejuízo causado pelo descontrole no combate ao coronavírus foi de R$ 270 bilhões; 98% dos eventos foram cancelados e mais de 600 mil empresas e dois milhões de MEI ficaram sem trabalhos

Segundo estudo do Sebrae, 98% dos eventos foram cancelados de março a dezembro de 2020

O setor de eventos do Rio de Janeiro e do Brasil está desesperado. O colapso nesta área, tão vital para a indústria do entretenimento e difusão de alegria, chegou antes mesmo da crise nos hospitais. A pandemia só agravou o que já estava difícil. São milhares de desempregados que totalizam quase 80 fábricas da Ford. Um estudo do Sebrae detectou que o setor de eventos teve um prejuízo de R$ 270 bilhões, de março a dezembro de 2020, devido ao descontrole no combate ao coronavírus. De acordo com o estudo, 98% dos eventos foram cancelados e mais de 600 mil empresas e dois milhões de MEI viram da noite para o dia os seus trabalhos desaparecerem. Também foi ressaltado que esse segmento representa 3% do PIB do país e que empresários apoiam projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados voltado para amparar esse segmento.
Futuro incerto


"Cerca de um terço das empresas fecharam suas portas", segundo pesquisa fechada em dezembro pelo instituto Data Sim. Nele, 536 empresas informaram que tiveram shows adiados e/ou cancelados naquela primeira semana de paralisação. Resultado: 81,2% das empresas tiveram eventos adiados; 77,4% registraram eventos cancelados. "Essas 536 empresas relataram que, naquela semana, foram afetados mais de 8 mil eventos, somando um público diretamente afetado de mais de 8 milhões de pessoas. E um prejuízo estimado, naquele momento, de R$ 483 milhões", diz o relatório. Já uma pesquisa do Sebrae Nacional realizada no ano passado revelou que 79% das empresas ouvidas no levantamento tomaram alguma medida em relação ao seu quadro de funcionários. Entre elas, 43,5% tiveram que dispensar seus empregados; 23,6% reduziram a carga horária de trabalho ou o salário dos empregados; e 7,8% fizeram rodízio entre os funcionários.

A busca por desaparecidos

O governador Cláudio Castro assinou a regulamentação do "Alerta Pri", o projeto de lei 9.182/21, de autoria do deputado estadual Alexandre Knoploch (PSL), em homenagem à Priscilla Belfort, que obriga as operadoras de telefonia a disparar mensagens de SMS e de aplicativos como WhatsApp, com informações sobre crianças e adolescentes desaparecidos no Rio de Janeiro. Por dia, desaparecem de 20 a 25 pessoas no estado.

Portal da transparência

O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro suspendeu a licitação de obras de pavimentação e drenagem na Avenida Autómovel Club, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, no valor de R$ 3.937.102,69. Segundo a Secretaria de Controle Externo, faltou a publicação do edital no portal da transparência, prejudicando que outras empresas disputassem a licitação.

kkkkk.... TOMA ESSA

 

sábado, 13 de março de 2021

Homem faz aniversário, se aposenta e ganha na loteria no mesmo dia



"É incrível que os três eventos tenham acontecido no mesmo dia", disse o morador de Vancouver, no Canadá.

Um canadense comemorou seu aniversário, sua aposentadoria e ganhou US$ 1,55 milhão na loteria - tudo no mesmo dia.

Ping Kuen Shum, morador de Vancouver, na Colúmbia Britãnica, estava comemorando seu aniversário e também o começo de sua aposentadoria no último dia 28 de abril quando descobriu que tinha acertado as 6 dezenas do sorteio da loteria local, ganhando o prêmio máximo, equivalente a R$ 5,4 milhões, segundo a British Columbia Lottery.

"É incrível que os três eventos tenham acontecido no mesmo dia", ele disse. "Trabalhei duro por muitos anos, e agora espero dividir a fortuna com minha família."

Ele afirmou que pretende, entre outras coisas, viajar para a China.

Protestando contra o protesto.

Lista aponta 72 países do mundo perigosos para ser gay; veja quais




Em todos elas, a homossexualidade é considerada como crime com penas que vão desde aplicação de multa e, em 13 delas, pode ser aplicada até a pena de morte

Em 13 países do mundo homossexuais podem ser condenados à pena de morte por causa da orientação sexual

RESUMO

Em 72 países do mundo é possível ser preso por ser homossexual

Em 13 deles, as pessoas podem ser condenadas à pena de morte por causa da orientação sexual

Os 13 países ficam na Ásia (principalmente no Oriente Médio) e na África

No Brasil, a LGBTfobia, criminalizada recentemente por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), ainda é responsável por muita violência , assassinatos e constrangimentos de pessoas da comunidade LGBTQIA+ . A situação é muito ruim, mas em outros 71 países do mundo é ainda pior: a homossexualidade é considerada crime. A gravidade de tal infração é tão alta que, em 13 países, pode condenar gays e lésbicas à pena de morte, em muitos dos outros pode levar à prisão.

A informação é de um relatório da Associação Internacional de Gays e Lésbicas, atualizado até 2016.

Somente na África é possível ser preso em 31 nações por ser lésbica ou gay. São elas: Argélia, Botsuana, Burundi, Camarões, Comores, Eritreia, Etiópia, Gâmbia, Gana, Guiné, Quênia, Libéria, Líbia, Malauí, Mauritânia, Maurício, Marrocos, Namíbia, Nigéria, Senegal, Serra Leoa, Somália, Sudão do Sul, Sudão, Suazilândia, Tanzânia, Togo, Tunísia, Uganda, Zâmbia e Zimbábue. Recentemente, a Angola descriminalizou a homossexualidade .

Na Ásia há outros 23 países em que a detenção pode ocorrer apenas por parecer ser homossexual: Afeganistão, Bangladesh, Butão, Brunei, Gaza (no território palestino ocupado), Índia, Sumatra Meridional e Achém (na Indonésia), Iraque, Irã, Kuwait, Líbano, Malásia, Maldivas, Mianmar, Omã, Paquistão, Catar, Arábia Saudita, Singapura, Sri Lanka, Síria, Turcomenistão, Emirados Árabes Unidos, Uzbequistão e Iêmen.

Nas três Américas o relatório totaliza 11 nações: Antígua e Barbuda, Barbados, Belize, Dominica, Granada, Guiana, Jamaica, São Cristóvão e Névis, Santa Lúcia, São Vicente e Granadina e Trinidad e Tobago. Já na Oceania, mais seis países: Ilhas Cook (associadas à Nova Zelândia), Kiribati, Papua Nova Guiné, Samoa, Ilhas Salomão, Tonga e Tuvalu.

Entre os 72 países, 13 localizados na África e na Ásia, com destaque para a região do Oriente Médio, se destacam por permitirem a aplicação de pena de morte para o crime de ser homossexual. São os países mais perigosos do mundo para ser gay:

1) Sudão
2) Irã
3) Arábia Saudita
4) Iêmen
5) Mauritânia
6) Afeganistão
7) Paquistão
8) Catar
9) Emirados Árabes Unidos
12) Iraque
11) Síria (em algumas partes)
12) Nigéria (em algumas partes)
13) Somália (em algumas partes)

terça-feira, 9 de março de 2021

Edvaldo chama atenção de Gladson e diz que convocação de cadastro de reserva foi uma promessa de campanha

Foto: Sérgio Vale

Por Assessoria

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) comentou as declarações do governador Gladson Cameli (Progressistas) de que não vai mais convocar o restante do cadastro de reserva da Polícia Militar. O líder da oposição na Aleac disse que os parlamentares têm que insistirem no assunto até o problema ser resolvido.

Magalhães salientou que a convocação destes jovens é uma necessidade da Segurança Pública do Acre e o aproveitamento destes no Corpo de Bombeiros do Acre é uma possibilidade real. Ele defendeu que Gladson deixe as questões políticas de lado e convoque os mais de 175 candidatos que ainda não foram chamados.

“A convocação desses jovens é uma necessidade, é o cumprimento de um compromisso e a realização de um sonho. E nós, aqui na Assembleia, precisamos ficar batendo nesta tecla até que se cumpra o compromisso. Não podemos permitir que as pessoas entrem em depressão porque foram enganadas pelo governador. Portanto, vamos superar e vamos tirar a birra”, disse o parlamentar acreano.

Edvaldo Magalhães lembrou, ainda, que esta foi uma das promessas de campanha de Gladson Cameli. O candidato, na época, assinou um documento se comprometendo a chamar “todos” do cadastro de reserva da PMAC. “Portanto, ele assumiu um compromisso de campanha. Não pode agora fazer beicinho, ficar chateadinho porque estão cobrando”.

Quer mandar seu nome para Marte? NASA reabre site de registro; veja como fazer


Para se cadastrar, basta digitar no site “Send your name to Mars” nome, país, CEP e endereço de e-mail; na sequência, um “bilhete de embarque” é emitido, simbolizando a participação na missão

Nasa abre registro para enviar seu nome a Marte

Ao pousar em Marte, em 18 de fevereiro, o rover Perseverance não estava sozinho: ele foi acompanhado de 10,9 milhões de pessoas, cujos nomes foram coletados durante a ação “Send your name to Mars” (“Envie seu nome para Marte”) realizada pela Nasa durante o ano de 2019. Os nomes foram gravados em três pastilhas de silício, montadas em uma placa no corpo do robô.

Se você não foi a Marte com o Perseverance , tem mais uma chance de embarcar. A Nasa reabriu o site “Send your name to Mars”, que está recebendo nomes que serão embarcados em uma futura missão.

“Desde que a oportunidade para a Mars 2020 fechou, muitas pessoas expressaram interesse em enviar seu nome para Marte”, disse a agência espacial. “Para aqueles que perderam a chance de embarcar seus nomes no Perseverance, queremos dar a eles a oportunidade de se inscrever para embarcar seus nomes em uma futura missão a Marte”. Infelizmente, o site não diz qual será esta “futura missão”.

É provável que seja a “ Mars Sample Return “, que a agência espacial norte-americana está atualmente planejando. O objetivo é trazer à Terra amostras do solo marciano que serão coletadas pelo Perseverance, e o plano atual é lançar a espaçonave para coleta das amostras em 2026, pousá-la em 2028 e retornar as amostras à Terra até 2031. Estas datas, entretanto, ainda estão sujeitas a mudanças.

Psicopata esquarteja mulher dentro de banheiro e faz “brincadeira” com perna arrancada; veja vídeo


Brasil – No dia 28 de fevereiro, um crime bárbaro surpreendeu moradores da cidade de Canos, no Rio Grande do Sul. Trata-se de um brutal esquartejamento que rapidamente viralizou nas redes sociais mas vieram à tona no último sábado (6).

Os restos mortais de uma mulher foram filmados dentro de um banheiro aparentemente em um condomínio residencial.

Três jovens até o momento não identificados participaram do esquartejamento e da filmagem. O corpo esquartejado foi colocado dentro de sacos plásticos.

https://portaldacapitalam.com.br/wp-content/uploads/2021/03/20210308173433whatsappvideo20210308at173339.mp4?_=1

Mulher assassina o esposo após ele se negar a pagar implante de silicones para ela


Manaus – Familiares do empresário Paulo Roberto Moraes Teixeira Júnior, de 29 anos, protestaram após a morte do homem assassinado na noite da última sexta-feira (5) dentro da própria casa, no Monte das Oliveiras, zona Norte. A família da vítima garante que foi a namorada do empresário, Cristina Dávila, quem o matou com um tiro na cabeça.

A manifestação aconteceu em frente à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na zona Leste da cidade. No local, irmãos, amigos e funcionários de Paulo Roberto, usaram cartazes e fotos da suposta assassina. Eles pediam celeridade no processo de investigação do caso.

“A gente sabe que foi a Cristina quem matou ele porque na hora do crime a mãe dela nos ligou informando o que a filha tinha feito. Ela saiu tão desesperada da cena do crime que ainda deixou as armas para trás. Mas fugiu e até agora não temos o paradeiro dela.”, afirmou Roberta Moraes, irmã da vítima.

Ainda segundo familiares do empresário, na noite do crime a suspeita do assassinato desligou as câmeras do circuito interno de segurança da casa onde a execução aconteceu. A intenção de Cristina Dávila era não deixar provas do homicídio.

O relacionamento entre os dois estava acontecendo há 1 ano, mas ainda de acordo com os irmãos do empresário, a suspeita não tinha um bom relacionamento com a família e se comportava claramente como uma pessoa interessada apenas nos bens materiais de Paulo.

“Ele deu carro pra ela, deu emprego, deu dinheiro. Ela queria um silicone mas em tempo de pandemia a empresa dele estava cortando gastos supérfluos e ele não podia dar essa cirurgia a ela. Eles brigavam muito por conta disso na noite em que ela tirou a vida do meu irmão”, desabafou Rodrigo, irmão da vítima.

Informações repassadas pela família da suspeita – Cristina Dávila – davam conta de que ela se apresentaria por livre e espontânea vontade na sede da DEHS durante a tarde desta segunda-feira (8) e foi por isso que a manifestação aconteceu no local. Mas até as 17h a suspeita ainda não havia se apresentado a polícia.

ENTENDA O CASO

O empresário Paulo Roberto Moraes Teixeira Júnior, de 29 anos, morreu na madrugada deste domingo (7), após ser atingido com um tiro na cabeça efetuado pela própria esposa, no bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus.

A mulher, identificada como Cristina, está foragida, mas deve se apresentar nesta segunda-feira (8), na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Segundo testemunhas, o casal teria entrado em uma discussão e, durante a briga, a mulher disparou um tiro contra o homem com uma pistola calibre 380. Não foram divulgadas informações sobre o porte da arma do crime. O fato aconteceu na última sexta-feira (5), mas a vítima morreu neste domingo.

Fonte: Imediato

segunda-feira, 8 de março de 2021

Cadastro para o Auxílio Emergencial, valores, calendário e excluídos


De acordo com identificação do TCU pelo menos 7,3 milhões de pessoas receberam indevidamente o benefício

A PEC Emergencial que viabiliza os pagamentos do Auxílio Emergencial foi aprovada em 1º e 2º turno pelo Senado Federal, o texto segue encaminhado para a Câmara dos Deputados e pode ter sua aprovação promulgada ainda nesta semana que se inicia.

Com a viabilização dos pagamentos do benefício, o governo editará uma Medida Provisória (MP) com todas as informações da nova prorrogação do benefício, como valores, prazo de duração além de regras para recebimento e todos os detalhes da nova rodada.

Irregulares e devolução

Muitos cidadãos estão esperançosos com a liberação da nova rodada de pagamentos, para à grande maioria, o dinheiro que será liberado não é um dinheiro extra, mas sim uma fonte para conseguir alimentação, medicação e sustento da família.

Contudo, diante de um cenário onde mais de 65 milhões de cidadãos conseguiram ter acesso as parcelas do benefício no ano passado. Para 2021 o número deve ser reduzido para menos de 40 milhões.

O que deixará inúmeras famílias de fora do pagamento do benefício, porém, o governo federal já deixou claro, que só será removido da nova prorrogação aqueles que não fazem jus ao recebimento das novas parcelas.

Além disso o Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou o Balanço da Fiscalização do Auxílio Emergencial. E o resultado pode pegar muita gente de surpresa.

De acordo com identificação do TCU pelo menos 7,3 milhões de pessoas receberam indevidamente o benefício, o que representou R$ 54 bilhões pagos. Além disso, a Receita Federal informou que todos que receberam o auxílio emergencial e tiveram renda tributável acima de R$ 22,8 mil em 2020 terão que declarar o benefício e devolvê-lo aos cofres públicos.

Datas da liberação

De acordo com os senadores que apoiam a medida e trabalham pela aprovação da PEC, a pretensão é que os pagamentos comecem ainda este mês. A partir do dia 18/03, para beneficiários do Bolsa Família, e a partir do fim de março para os demais.

Contudo, para que isto possa acontecer o Congresso e o Senado precisam aprovar a PEC Emergencial e o governo precisará enviar um projeto de lei ou medida provisória com as definições de pagamento da nova rodada para que o pagamento possa acontecer, realmente, a partir do dia 18 de março.

Logo, caso confirmado a liberação do auxílio para o Bolsa Família à partir do 18, confira o calendário completo da primeira parcela para este grupo:

NIS Final 1 – Recebem dia 18 de março
NIS Final 2 – Recebem dia 19 de março
NIS final 3 – Recebem dia 22 de março
NIS final 4 – Recebem dia 23 de março
NIS final 5 – Recebem dia 24 de março
NIS final 6 – Recebem dia 25 de março
NIS final 7 – Recebem dia 26 de março
NIS final 8 – Recebem dia 29 de março
NIS final 9 – Recebem dia 30 de março
NIS final 0 – Recebem dia 31 de março

Auxílio terá até três valores

A nova liberação pode contar com três valores de pagamentos diferentes, sendo a definição de pagamento conforme a composição familiar, onde:

Famílias compostas por um único membro devem receber R$ 150;
Famílias com dois ou mais membros (com exceção das mães chefes de família) devem receber R$ 250;
Mães chefes de família devem receber R$ 375;
Governo não permitirá novos cadastros
A nova prorrogação do auxílio emergencial será liberada apenas para os beneficiários que já receberam as parcelas no ano passado. Não sendo necessário realizar um novo cadastro.
Além disso, o governo não permitirá o cadastro de novas pessoas no benefício. Apesar de organizações da sociedade civil considerarem urgente a abertura de um novo prazo para pedidos do auxílio, a estratégia do governo não permitirá novos inscritos.

Apenas duas cidades acreanas aderiram ao consórcio nacional para compra de vacinas


A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) está estimulando a adesão ao Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar), mas no Acre, somente Rio Branco e Cruzeiro do Sul estão na lista das 1.703 cidades interessadas em participar do colegiado que comprará vacinas contra a Covid-19.

O Conectar reúne mais de 1.70 municípios interessados, incluindo 24 capitais, um grupo que representa mais de 125 milhões de brasileiros.

Segundo a FNP, a proposta de constituir um consórcio público para aquisição de vacinas, medicamentos, insumos e equipamentos de saúde está fundamentada na Lei nº. 11.107/2005.

De acordo com o Plano Nacional de Imunização (PNI), em vigência desde 1973, a obrigação de adquirir imunizantes para a população é do governo federal. No entanto, diante da situação de extrema urgência em vacinar brasileiros e brasileiras para a retomada segura das atividades e da economia, o consórcio público, amparado na segurança jurídica oferecida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), torna-se uma possibilidade de acelerar esse processo.

No âmbito estadual, o governo do Acre está envolvido em colegiados para aquisição direta da vacina.

Veja a lista completa dos municípios que participam do consórcio: https://twitter.com/FNPrefeitos/status/1367855508032544770

Fachin anula condenações de Lula relacionadas à Lava Jato; ex-presidente volta a ser elegível


Ministro do Supremo Tribunal Federal considerou que 13ª Vara Federal de Curitiba não tinha competência para julgar casos do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e do Instituto Lula.

Fachin anula condenações de Lula na Lava Jato

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulou nesta segunda-feira ( 8) todas as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela Justiça Federal no Paraná relacionadas às investigações da Operação Lava Jato.

Com a decisão, o ex-presidente Lula recupera os direitos políticos e volta a ser elegível.

Ao decidir sobre pedido de habeas corpus da defesa de Lula impetrado em novembro do ano passado, Fachin declarou a incompetência da Justiça Federal do Paraná nos casos do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e das doações ao Instituto Lula.

Segundo o ministro, a 13ª Vara Federal de Curitiba, cujo titular na ocasião das condenações era o ex-juiz federal Sergio Moro, não era o "juiz natural" dos casos.

Na mesma decisão, Fachin declarou a "perda do objeto" e extinguiu 14 processos que tramitavam no Supremo e questionavam se o Moro agiu com parcialidade ao condenar Lula.


Boletim: veja os detalhes da decisão de Fachin que anulou condenações de Lula

A decisão de Fachin tem caráter processual. O ministro não analisou o mérito das condenações.

"Embora a questão da competência já tenha sido suscitada indiretamente, é a primeira vez que o argumento reúne condições processuais de ser examinado, diante do aprofundamento e aperfeiçoamento da matéria pelo Supremo Tribunal Federal", diz nota divulgada pelo gabinete do ministro.

Agora, os processos serão analisados pela Justiça Federal do Distrito Federal, à qual caberá dizer se os atos realizados nos três processos podem ou não ser validados e reaproveitados.

"Com a decisão, foram declaradas nulas todas as decisões proferidas pela 13ª Vara Federal de Curitiba e determinada a remessa dos respectivos autos para à Seção Judiciária do Distrito Federal", diz a nota do gabinete do ministro.

De acordo com o gabinete de Fachin, julgamento do plenário do Supremo Tribunal Federal já havia restringido o alcance da competência da 13ª Vara Federal de Curitiba.

"Inicialmente, retirou-se todos os casos que não se relacionavam com os desvios praticados contra a Petrobras. Em seguida, passou a distribuir por todo território nacional as investigações que tiveram início com as delações premiadas da Odebrecht, OAS e J&F. Finalmente, mais recentemente, os casos envolvendo a Transpetro (subsidiária da própria Petrobras) também foram retirados da competência da 13ª Vara Federal de Curitiba", diz a nota.

De acordo com o texto, nas ações penais envolvendo Lula, assim como em outros processos julgados pelo plenário e pela Segunda Turma do STF, "verificou-se que os supostos atos ilícitos não envolviam diretamente apenas a Petrobras, mas, ainda outros órgãos da Administração Pública".

Segundo o ministro, em outros casos de agentes políticos denunciados pelo Ministério Público Federal em circunstâncias semelhantes ao de Lula, a Segunda Turma do Supremo já vem transferindo esses processos para a Justiça Federal do Distrito Federal.

Embora divergente e derrotado nas votações na Segunda Turma em relação a esse ponto, Fachin considerou que o mesmo entendimento deveria ser aplicado ao ex-presidente.

"Faço por respeito à maioria, sem embargo de que restei vencido em numerosos julgamentos", escreveu o ministro na decisão.

G1.

Acre assina carta aberta pedindo prorrogação da Lei Aldir Blanc


“Precisamos de mais tempo para a cultura” – esse é o tema central da carta aberta elaborada pelo Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura, endereçada ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, que busca sensibilizar o congresso nacional quanto a necessidade de prorrogação dos prazos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (lei federal nº 14.017/2020).

O documento é assinado pelos 26 estados e o Distrito Federal, e é resultado de uma movimentação nacional que tem debatido a urgência de se estender os prazos de execução dos recursos, dada a situação de emergência vivida por todos os estados brasileiros em função da pandemia da covid-19.

“No Acre, além do coronavírus, temos enfrentado enchentes, dengue e outras calamidades que inviabilizam ainda mais a realização da maioria das atividades culturais aprovadas”, explica Manoel Pedro, o Correinha, que é presidente da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM) e um dos signatários da carta aberta, representando o Acre.

Correinha ressalta que, por força do novo decreto governamental que regrediu o estado do Acre para a bandeira vermelha, os espaços públicos de cultura encontram-se fechados e as atividades culturais estão proibidas de acontecer.

“Essa realidade vem de encontro ao prazo muito curto que os proponentes têm para executar e prestar contas dos projetos aprovados, mesmo porque o objetivo da lei Aldir Blanc é socorrer e ajudar os trabalhadores da cultura nessa pandemia, e não lhes expor a um risco de contaminação nesse momento, o que, entre outras consequências, sobrecarregaria ainda mais o nosso sistema de saúde”, relata.
Correinha ressalta que, por força do novo decreto governamental que regrediu o estado do Acre para a bandeira vermelha, os espaços públicos de cultura encontram-se fechados Foto: Cedida

No ano passado, a Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM) aplicou cerca de R$ 12 milhões em projetos culturais de pessoas físicas e jurídicas e em auxílio emergencial a trabalhadores da cultura. Do montante destinado ao Acre pelo governo federal, restam ainda mais de R$ 4 milhões em caixa, que podem vir a ser utilizados no caso de prorrogação.

Segundo Jackson Viana, que é membro da Comissão de Viabilização da Lei Aldir Blanc no Acre, o governo tem autorizado a prorrogação do cronograma dos projetos durante a bandeira vermelha, mas dentro do prazo limite de execução. “Essa é a alternativa que temos oferecido aos fazedores de cultura que teriam projetos a executar entre fevereiro e março, que eles alterem o cronograma de seus projetos até o prazo limite do mês de abril. No entanto, essa é uma medida paliativa, pois será inviável que se execute mais de 300 ações culturais em tão pouco tempo, caso o governo federal não prorrogue o prazo limite”, finaliza.

Leia a carta aberta na íntegra:

Caro Presidente Arthur Lira,

Iniciamos esta carta aberta do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura reconhecendo seu esforço na aprovação da MP 1.019/2020, que garantiu aos entes federativos a ampliação do prazo para a liquidação e pagamento dos recursos oriundos da Lei Aldir Blanc 14.017, empenhados até 31/12/2020. Sua atenção e empenho no atendimento a esta demanda urgente de Estados e Municípios também lhe instrumentalizou para avaliar o quanto a MP teve uma redação restritiva e disfuncional, no tocante aos recursos que não puderam ser empenhados ainda no exercício de 2020, prazo limite estabelecido pela Lei 14.017, atrelada ao período previsto no Decreto da Calamidade. Muitos foram os motivos para esta falta de tempo hábil – entre eles, a burocracia exigida na legislação vigente que rege editais e chamadas públicas e o próprio calendário de descentralização dos recursos, executado pelo Governo Federal.

Em levantamento realizado entre os membros deste colegiado, apuramos um total de R$222.836.208,02 represados nas contas dos Estados. Estimamos que haja pelo menos o dobro deste valor na conta de Municípios que não executaram a totalidade dos recursos, em função das limitações causadas pelo período eleitoral. O cenário pandêmico permanece e se agrava, a cada dia. Este recurso precisa chegar aos trabalhadores e trabalhadoras da cultura, que tanto lutaram pela aprovação desta Lei e que continuam em situação de extrema vulnerabilidade. Como a alteração da MP é matéria legislativa, mais uma vez caberá ao Congresso Nacional a missão de estender a mão para salvar a Cultura Brasileira do mais absoluto caos.

Neste sentido, apelamos para seu senso de responsabilidade e compromisso com a sobrevivência de milhares de fazedoras e fazedores de cultura deste país _ compromisso que pudemos atestar em sua dedicação na articulação da aprovação da MP 1.019/2020 _ garantindo a máxima urgência na apreciação da referida Medida Provisória, bem como a indicação de parlamentar comprometido(a) com as necessidades emergenciais do setor cultural para a relatoria da MP, na Câmara dos Deputados.

Certos de sua sensibilidade, compromisso e empenho, agradecemos, desde já, sua atenção com a força motriz de nossa identidade, memória e história: a cultura brasileira.

Ursula Vidal – PARÁ

Presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura

Manoel Pedro Gomes – ACRE

Mellina Freitas – ALAGOAS

Evandro Milhomem – AMAPÁ

Marcos Apolo Muniz – AMAZONAS

Arany Santana – BAHIA

Fabiano Piuba – CEARÁ

Bartolomeu Rodrigues – DISTRITO FEDERAL

Fabricio Noronha – ESPIRITO SANTO

Cesar Moura – GOIÁS

Anderson Lindoso – MARANHÃO

Allan Kardec Benitez – MATO GROSSO

Shérisson Bruno Pinheiro – RORAIMA

Ana Lucia Coutinho – SANTA CATARINA

Sergio Sá Leitao – SÃO PAULO

Conceição Vieira – SERGIPE

Jairo Mariano – TOCANTINS

Mara Caseiro – MATO GROSSO DO SUL

Leonidas Oliveira – MINAS GERAIS

Damiao Ramos – PARAÍBA

Luciana Casagrande Pereira – PARANÁ

Gilberto Freyre Neto – PERNAMBUCO

Fábio Novo – PIAUÍ

Danielle Barros – RIO DE JANEIRO

Crispiniano Neto – RIO GRANDE DO NORTE

Beatriz Araujo – RIO GRANDE DO SUL

Jobson Bandeira dos Santos – RONDÔNIA

Chico Buarque, Boff, Lancellotti e outros denunciam Bolsonaro ao mundo: "monstruoso governo genocida"



Num texto dramático, líderes do Brasil pedem ação imediata do STF, OAB, Congresso Nacional, CNBB e das Nações Unidas e clamam para que o Tribunal Penal Internacional julgue o governo genocida de Bolsonaro

Coveiro com trajes de proteção abre covas no cemitério de Vila Formosa em São Paulo em meio à pandemia de Covid-19 (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)


247 - Em um manifesto em tom dramático e que está colhendo adesões, Chico Buarque, Leonardo Boff, Zélia Duncan, dom Mauro Morelli, Padre Júlio Lancellotti,Carol Proner, Zélia Ducan e outros lançaram neste sábado (6) uma “carta aberta à humanidade” na qual denunciam que “o monstruoso governo genocida de Bolsonaro deixou de ser apenas uma ameaça para o Brasil para se tornar uma ameaça global”.

No manifesto, há um apelo para que STF, OAB, Congresso Nacional, CNBB e Nações Unidas entrem em ação: “Pedimos urgência ao Tribunal Penal Internacional (TPI) na condenação da política genocida desse governo que ameaça a civilização”.

Leia a íntegra do texto:

CARTA ABERTA À HUMANIDADE

“Vivemos tempos sombrios, onde as piores pessoas perderam o medo e as melhores perderam a esperança.” Hanna Arendt

O Brasil grita por socorro.

Brasileiras e brasileiros comprometidos com a vida estão reféns do genocida Jair Bolsonaro, que ocupa a presidência do Brasil, junto a uma gangue de fanáticos movidos pela irracionalidade fascista.

Esse homem sem humanidade nega a ciência, a vida, a proteção ao meio ambiente e a compaixão. O ódio ao outro é sua razão no exercício do poder.

O Brasil hoje sofre com o intencional colapso do sistema de saúde. O descaso com a vacinação e as medidas básicas de prevenção, o estímulo à aglomeração e à quebra do confinamento, aliados à total ausência de uma política sanitária, criam o ambiente ideal para novas mutações do vírus e colocam em risco os países vizinhos e toda a humanidade. Assistimos horrorizados ao extermínio sistemático de nossa população, sobretudo dos pobres, quilombolas e indígenas.

O monstruoso governo genocida de Bolsonaro deixou de ser apenas uma ameaça para o Brasil para se tornar uma ameaça global.

Apelamos às instâncias nacionais – STF, OAB, Congresso Nacional, CNBB – e às Nações Unidas. Pedimos urgência ao Tribunal Penal Internacional (TPI) na condenação da política genocida desse governo que ameaça a civilização.

Vida acima de tudo.

Mulher acerta “balaço” de espingarda na cabeça do marido e enterra corpo no quintal de casa; veja vídeo


Brasil – Uma mulher de 36 anos foi presa, na madrugada desta quinta-feira (4), após confessar ter matado a tiros e enterrado o marido, em União do Sul (719 km de Cuiabá). A assassina cometeu o crime enquanto a vítima dormia, na madrugada do dia 19 de fevereiro.

Segundo o delegado Pablo Carneiro, a mulher havia registrado o desaparecimento do seu marido e dados várias versões desconexas da história. Por fim, ela se apresentou na Delegacia de Polícia, com um advogado e confessou o crime, 13 dias depois.


Em depoimento, a acusada contou que após, supostamente, ter sido agredida, esperou o marido dormir e deu um tiro na cabeça dele, com uma espingarda calibre 22. Em seguida, pediu ajuda de um rapaz de 20 anos, que mora em sua rua e da filha de sua vizinha de 17 anos para se livrar do corpo.

Nos fundos da casa, uma cova de dois metros de profundidade foi cavada, pelos três. Em seguida, na calada da noite, eles colocaram o cadáver da vítima no buraco e o cobriram com terra. (veja abaixo)

Como pagamento pelo serviço, ela deu o celular do esposo e a arma que usou para assassiná-lo para o jovem.

No dia seguinte, ela fez arranhões e ferimentos no próprio corpo, procurou uma unidade médica e registrou um boletim de ocorrência por agressão. Para o delegado, ela segue afirmando ser vítima de violência doméstica, e diz ter tomado essa postura, pois, a última “surra” não deixou marcas.

https://youtu.be/QDvhJzE1ZO8

Via: Rolim Notícias

sábado, 6 de março de 2021

Mulher acorda namorado na porrada após ler mensagens de amante em celular


Após isso, a mulher furiosa arremessou um aparelho celular contra a cabeça dele, causando um corte

A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar na Central de Flagrantes em Porto Velho (RO) como lesão corporal recíproca nesta madrugada de sexta-feira (05). Uma mulher de 25 anos agrediu o namorado, que tem a mesma idade, motivada por ciúmes. Ele revidou e por isso também foi preso. O fato aconteceu em uma residência no bairro Embratel.

A mulher contou que estava em casa com o namorado e esperou ele dormir para olhar as mensagens no aplicativo WhatsApp do celular dele. Ela acabou achando o que não queria, mensagens de outra mulher.

Indignada, a mulher acordou o namorado debaixo de porrada e o homem assustado a empurrou, mas na sequência pegou ela pelos cabelos e jogou na cama. Após isso, a mulher furiosa arremessou um aparelho celular contra a cabeça dele, causando um corte.

A própria mulher ligou para o número 190 da Polícia Militar e informou o ocorrido. Uma equipe esteve na casa e levou os dois presos.


Foto: Jan Kuss/Pixabay