CONTATO

João Maciel Cel/WhatsApp: (68) 99963-7272 Email: joaomacieltk@gmail.com

terça-feira, 30 de junho de 2020

Bolsonaro sanciona auxílio emergencial de R$ 3 bilhões para setor cultural


Autônomos terão direito a R$ 600 .Que serão pagos em 3 parcelas, Verba contempla editais no setor Informais terão direito a benefício de R$ 600 em 3 parcelas. 

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta 2ª feira (29.jun.2020) a Lei Aldir Blanc, que estabelece a destinação de R$ 3 bilhões para o setor cultural durante a pandemia. O texto é de autoria da deputada Benedita da Silva (PT-RJ).

O objetivo é auxiliar profissionais e locais de manifestação artísticas que perderam verbas em decorrência do coronavírus. A lei determina que caberá à União repassar, em parcela única, os R$ 3 bilhões a Estados e municípios.

Os artistas informais terão direito a pagamento de 3 parcelas de R$ 600, similar ao benefício pago pelos trabalhadores informais no auxílio emergencial.

A ajuda não é permitida, porém, para quem tem emprego formal ativo, recebe 1 benefício previdenciário ou assistencial (com exceção do Bolsa Família) ou está recebendo seguro-desemprego.

A Secretaria Geral da Presidência diz que os artistas poderão usar os valores “como subsídio mensal para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas, instituições organizações culturais comunitárias”.

O dinheiro distribuído pela União também contempla a possibilidade de realização de editais, prêmios e aquisição de serviços vinculados ao setor cultural.

A divisão será a seguinte:
50% para Estados e o Distrito Federal – do total, 20% serão destinados de acordo com regras do Fundo de Participação dos Estados; 80% serão distribuídos proporcionalmente à população local;
50% para municípios e o Distrito Federal – do total, 20% serão divididos de acordo com as regras do Fundo e 80% levarão em conta a população local.

LIVE: O Grande Encontro: Alceu, Elba e Geraldo é domingo(05) as 16h.

A imagem pode conter: 3 pessoas, texto

Já estão preparados? No próximo domingo Alceu Valença , Elba Ramalho e Geraldo Azevedo vão estar juntos na primeira live do show #OGrandeEncontro20Anos!

Inscreva-se no canal do YouTube: bit.ly/OGrandeEncontro_youtube e ative o sininho para ser lembrado!

Confirme presença e convide os amigos: Live O Grande Encontro - Alceu, Elba e Geraldo

Brasil registrou o maior raio do mundo com 709 km de extensão


O maior relâmpago em distância horizontal do mundo foi registrado no Brasil, segundo a Organização Meteorológica Mundial (OMM), que anunciou novos recordes sobre o tema nesta sexta-feira (26). Conforme a entidade, o fenômeno ocorreu em 31 de outubro de 2018 no sul do país e alcançou 709 km.

Os cientistas pontuam que este marco é equivalente à distância entre São Paulo e Rio de Janeiro multiplicada por dois. O recorde anterior aconteceu em 2007, quando um raio de 321 km atingiu o estado de Oklahoma, nos Estados Unidos.


Imagem de satélite mostra o maior raio do mundo em extensão, que atingiu o sul do Brasil em 2018

Além do recorde brasileiro, a OMM também anunciou que a Argentina registrou o relâmpago com a maior duração da história. O fenômeno, que durou 16,73 segundos, aconteceu no norte do país em 4 de março de 2019. A marca anterior, de 7,74 segundos, foi registrada na França no ano de 2012.

Infográfico da OMM que mostra o maior raio do mundo, no Brasil, e o mais longo, na Argentina.

“Estes são registros extraordinários de eventos de relâmpagos únicos. Os extremos ambientais são medições vivas do que a natureza é capaz, assim como o progresso científico em poder fazer tais avaliações”, afirmou Randall Cerveny, um dos chefes da OMM, que ainda espera identificar fenômenos ainda mais extremos.

A organização alertou que essas descobertas são de suma importância para a "segurança, engenharia e preocupações científicas", já que os raios representam um grande perigo para a população.

segunda-feira, 29 de junho de 2020

Dexametasona a pacientes graves da covid-19 ‘salva vidas’, diz OMS


Diretor-geral Tedros Adhanom Ghebreyesus afirmou que o corticoide "salva vidas"

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou nesta segunda-feira, 29, que o corticoide dexametasona “salva vidas” de pacientes graves da covid-19.

Um dia antes de se completarem seis meses desde o primeiro caso relatado do novo coronavírus, a entidade estabeleceu cinco novas diretrizes para os países enfrentarem a pandemia. Em uma delas, intitulada “salvar vidas”, Tedros citou o medicamento. “Identificação precoce dos infectados e cuidados clínicos precoces salvam vidas. Dar oxigênio e dexametasona a pessoas com casos graves da covid-19 salva vidas. Dar atenção aos grupos de risco, inclusive aos idosos e pessoas de cuidados prolongados, também salva vidas”, afirmou o diretor.

O líder da organização comentou sobre o ressurgimento de casos em países que reabriram a economia e ressaltou que muitas pessoas ainda estão suscetíveis à covid-19.

De acordo com o diretor, a pandemia ainda se estenderá por um longo período. “Muitos países implementaram medidas nunca antes vistas para suprimir a transmissão e salvar vidas. Essas medidas tiveram sucesso, mas não interromperam completamente a doença.

O vírus ainda tem muito espaço para se disseminar. Todos queremos o final disso. Todos queremos que a vida continue. Mas a dura realidade é: não estamos nem próximos do final. Embora vários países tenham progredido, globalmente a pandemia está acelerando”, alertou.

Além do tópico sobre preservação de vidas, a OMS estipulou outras quatro orientações: empoderamento das comunidades, supressão da transmissão, aceleração das pesquisas e liderança política. “Independentemente do estágio em que o país se encontra, essas cinco prioridades, se executadas consistentemente e coerentemente, podem fazer toda a diferença. A questão crítica que todos enfrentarão nos próximos meses é como conviver com esse vírus. Este é o novo normal”, disse Tedros.
 
epoca.

Governo federal declara emergência no RS e em SC por nuvem de gafanhotos


O estado de emergência entrou em vigor nas últimas horas e é válido por um ano

O governo federal, por meio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, declarou estado de emergência fitossanitária em áreas produtoras do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

O motivo é o avanço de uma nuvem de gafanhotos que está entre a Argentina e o Uruguai e se aproxima da região sul do Brasil.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União divulgado na madrugada de hoje. Segundo o texto, assinado pela ministra Tereza Cristina Correa da Costa Dias, será adotada uma “implementação do plano de supressão da praga e adoção de medidas emergenciais.”

O texto ainda cita o decreto 8.133 de 2013, que determina que o governo “poderá efetuar contratação de pessoal por tempo determinado para prestação de serviços eventuais nas ações de defesa agropecuária.”

O estado de emergência entrou em vigor nas últimas horas e é válido por um ano.

Ontem, o Ministério da Agricultura disse ter sido informado pelo Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa) que a nuvem de gafanhotos está se deslocando ao sul daquele país, em direção ao Uruguai, conforme a previsão inicial, e que é “pouco provável” que ela chegue ao Brasil

UOL.

Novo vírus da gripe com ‘potencial pandêmico’ é encontrado na China


Parece ser capaz de infectar pessoas, embora os porcos sejam os hospedeiros, dizem os especialistas

Uma nova cepa do vírus da gripe com potencial de causar uma pandemia foi identificada na China, segundo um novo estudo.

Essa linhagem surgiu recentemente e tem os porcos como hospedeiros, mas pode infectar seres humanos, dizem os autores da pesquisa.

Os cientistas estão preocupados com o fato de que ela poderia sofrer uma mutação ainda maior e se espalhar facilmente de pessoa para pessoa e desencadear assim um surto global.

Eles dizem que a cepa tem “todas as características” de ser altamente adaptável para infectar seres humanos e precisa ser monitorada de perto.

Como se trata de uma nova linhagem do vírus influenza, que causa a gripe, as pessoas podem ter pouca ou nenhuma imunidade a ela.

Ameaça pandêmica

Uma nova cepa do influenza está entre as principais ameaças que os especialistas estão monitorando, mesmo enquanto o mundo ainda tenta acabar com a atual pandemia do novo coronavírus.

A última gripe pandêmica que o mundo enfrentou, o surto de gripe suína de 2009 que começou no México, foi menos mortal do que se temia inicialmente, principalmente porque muitas pessoas mais velhas tinham alguma imunidade a ela, provavelmente por causa de sua semelhança com outros vírus da gripe que circulavam anos antes.

O vírus da gripe suína, chamado A/H1N1pdm09, agora é combatido pela vacina contra a gripe que é aplicada anualmente para garantir que as pessoas estejam protegidas.

A nova cepa de gripe identificada na China é semelhante à da gripe suína de 2009, mas com algumas mudanças.

Até o momento, não representou uma grande ameaça, mas o professor Kin-Chow Chang e colegas que o estudam dizem que devemos ficar de olho nele.

Qual é o perigo?

O vírus, que os pesquisadores chamam de G4 EA H1N1, pode crescer e se multiplicar nas células que revestem as vias aéreas humanas.

Eles descobriram evidências de infecção recente em pessoas que trabalhavam em matadouros e na indústria suína na China.

As vacinas contra a gripe atuais não parecem proteger contra isso, embora possam ser adaptadas para isso, se necessário.

Kin-Chow Chang, que trabalha na Universidade de Nottingham, no Reino Unido, disse à BBC: “No momento estamos distraídos com o coronavírus e com razão. Mas não devemos perder de vista novos vírus potencialmente perigosos”.

Embora esse novo vírus não seja um problema imediato, ele diz: “Não devemos ignorá-lo”.

Os cientistas escrevem na revista “Proceedings”, da Academia Nacional de Ciências britânica, que medidas para controlar o vírus em porcos e monitorar de perto as populações trabalhadoras devem ser rapidamente implementadas.

O professor James Wood, chefe do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade de Cambridge, disse que o trabalho “vem como um lembrete salutar” de que estamos constantemente sob o risco do surgimento de patógenos e que animais de criação, com os quais os seres humanos têm maior contato do que com a vida selvagem, podem ser uma fonte de vírus pandêmicos.

Contilnet

VENDO CASA EM TARAUACÁ.


VENDE-SE ESTA CASA MISTA EM ALVENARIA E MADEIRA. SALA, 3 QUARTOS, ÁREA DE SERVIÇO, ÁREA NA FRENTE, COZINHA, TERRENO MEDINDO 10 DE FRENTE POR 30 DE FUNDOS.
LOCALIZADA NA RUA: JOÃO DE PAIVA, 369. BAIRRO SENADOR POMPEU. AO LADO DA OFICINA DO ZÉ LOURO.

VALOR: R$: 60.000,00 PODEMOS NEGOCIAR.

FALAR COM ORLEILSON (RABIM) CEL: 992343454/992439069

domingo, 28 de junho de 2020

Gladson diz que igrejas podem ser reabertas no AC: “Tomando as medidas de segurança”


Cameli diz que tais medidas se fazem necessárias para evitar a propagação do novo coronavírus. Ele não revelou datas

O governador Gladson Cameli (Progressistas) revelou neste sábado (27), que as igrejas podem voltar a realizar atividades religiosas no Acre. Porém, alertou que os líderes precisarão tomar todas as medidas de segurança necessária para assim, evitar a contaminação dos fiéis com o coronavírus.

“As igrejas podem ser reabertas para as atividades religiosas sim. Respeitando a distância entre as pessoas, uso de máscaras e demais determinações” explicou.

O governador disse ainda que se por acaso, a fiscalização for vistoriar essas igrejas e encontrar tudo dentro das normas, não haverá punições. “Se a vigilância sanitária for no local e encontrar tudo dentro do padrão, não haverá multa”, declarou.

Cameli diz que tais medidas se fazem necessárias para evitar a propagação do novo coronavírus. Segundo o decreto do governo, as igrejas não estão obrigadas a estarem fechadas, mas, sim evitar aglomerações de pessoas.

O governador não informou as datas.

Contilnet.

Covid-19 e Sol: saiba o que comer para garantir a dose diária de vitamina D


Apesar de não combater o novo coronavírus, elemento ajuda a manter a imunidade alta, o que pode ser um caminho para a prevenção do mesmo

Desde que a Covid-19 começou assolar os quatro cantos do planeta, cientistas e autoridades trabalham para produzir uma vacina para combater a doença causada pelo novo coronavírus (Sars-coV-2).
Alimentos citados pela especialista que podem ajudar na reposição da vitamina D

Em meio ao avanço da enfermidade no Brasil, boatos e correntes nas redes sociais espalham a ideia de que há uma “arma poderosa” e ao alcance de todos no combate à Covid-19 : a vitamina D .

Ao Portal iG , a pediatra e imunologista Lilian Zaboto, médica tenente da Força Aérea Brasileira e membro da da Sociedade Brasileira de Imunologia (SBIM), refutou os relatos sobre a substância. “A vitamina D não ajuda a combater a Covid. Ela é importante para o metabolismo do Cálcio e do fósforo ajudando portanto, a fortificar os dentes e ossos além do funcionamento do cérebro”, iniciou ela.

“Porém, ela previne doenças virais , bacterianas e inflamatórias, além das auto imunes que podem estar associadas a deficiência de hipovitaminose D”, completou a médica.

No Brasil, a chegada do inverno - que aconteceu no último sábado (20) - preocupou o Ministério da Saúde , pois nesta época do ano costuma-se aumentar o número de doenças, incluindo possivelmente a que abala o País neste momento.

Consumir a vitamina D pode não combater o novo vírus, mas ajuda a manter a imunidade alta , que segundo a Dra. Lilian Zaboto, é um bom caminho para a prevenção. 

“Mantendo a imunidade alta durante a pandemia, além de diminuirmos os riscos de adquirir a doença Covid, com seus riscos de internação e óbito, diminuímos também o risco de se adquirir qualquer outra doença. As pessoas não ficando doentes, diminuem as idas a hospitais, com menos riscos também de se infectar pelo vírus, além de não sobrecarregarem o sistema de saúde”, deliberou ela.
O que fazer para manter a imunidade alta?

Freepik/reprodução
O filé de salmão é um corte mais barato, mas continua sendo delicioso

Além da vitamina D, o corpo humano depende de outros nutrientes para manter-se saudável. Todavia, para garantir especificamente os "estoques" da vitamina D, de acordo com Zaboto, pode-se comer alimentos como carne, ovos, peixes (sardinha e salmão), leite e derivados. Castanhas e nozes, couve, espinafre e feijão também são ótimas fontes da substância.

“É importante ressaltar que a síntese de vitamina D ocorre na presença do sol. Recomendamos o banho de sol de 10 minutos por dia, sem o uso do protetor solar antes das 10 e após às 16h00”, declarou a imunologista.

Caso a pessoa não cuide de suas "reservas" da vitamina, as consequências podem ser graves. “A falta pode levar ao raquitismo em crianças e causar osteoporose, principalmente nas mulheres adultas. Também levar ao aumento do número de infecções por sua ausência no sistema imunológico”, continuou a médica. 

Porém, cuidado na dosagem. O exagerado consumo também pode gerar problemas à saúde. “Quando há alto aumento de vitamina D, há risco de hipercalcemia, ou seja quando a taxa de cálcio no sangue está acima da considerada normal, e cujo os sintomas podem ser fadigas, fraqueza muscular, anorexia, problemas renais e até desidratação”.
Como se manter seguro da Covid-19?
Pikepro / Reprodução
Pessoa usando máscara, como é recomendado pela OMS

Em linhas gerais, enquanto não há vacina ou remédio que combata à Covid-19 , a recomendação da Organização Mundial da Saúde ( OMS ) envolve lavar as mãos com frequência, cobrir o nariz ao espirrar, manter-se em isolamento social e, caso precise sair de casa, faça uso da máscara.

quinta-feira, 25 de junho de 2020

Tailândia: famintos, macacos invadem cidade e moradores estão trancados em casa


“Vivemos em uma gaiola e os macacos vivem em liberdade”

Os habitantes estão refugiados em suas casas e há territórios proibidos para seres humanos. Em Lopburi, na Tailândia, milhares de macacos em liberdade, atração de turistas hoje inexistentes, estão fora de controle, forçando as autoridades a agir. “Vivemos em uma gaiola e os macacos vivem em liberdade”, suspira Kuljira, forçada a cobrir a parte de trás de sua casa com uma cerca impressionante.

“Os excrementos estão por toda parte, o cheiro é insuportável, especialmente quando chove”, acrescenta a mulher, antes de abrir sua pequena loja no centro da cidade de Lopburi, localizada 150 km ao norte de Bangcoc. Um pouco mais longe, Taweesak, outro comerciante, instalou tigres e crocodilos empalhados para tentar assustar os macacos e não hesita em usar uma bengala para afugentá-los quando se aproximarem de sua pequena loja.

Em três anos, sua população dobrou e 6.000 macacos convivem hoje com 27.000 humanos na cidade. Expulsos de seu habitat natural e confinados em um primeiro momento ao redor de um templo da cidade, com o passar do tempo, os animais invadiram as ruas, apropriaram-se de edifícios e obrigaram os comércios a fechar as portas.

Assim, o antigo cinema da cidade se transformou em seu cemitério, que os macacos defendem com zelo.

Como representavam a principal atração turística de Lopburi, os macacos eram tolerados pela população e constituíam uma fonte de renda considerável.

Mas a Tailândia fechou suas fronteiras para conter a pandemia de coronavírus e os turistas estrangeiros, que alimentavam os animais e tiravam fotos deles, desapareceram e a situação se tornou incontrolável.

As imagens de centenas de animais famintos brigando no meio da rua por comida se espalharam pelo mundo.

Um vídeo, postado na internet em março, também serviu para fazer as autoridades reagirem, lançando uma campanha de esterilização, a primeira em três anos.

O objetivo era castrar 500 macacos, machos e fêmeas, para impedir sua proliferação.

Atraídos por alimentos depositados em gaiolas grandes, os macacos são anestesiados e transferidos para uma clínica veterinária. Em 20 de junho, o primeiro dia da campanha, “capturamos 100, mas operamos apenas metade”, explica Narongporn Daudduem, diretor do Departamento de Parques e Vida Selvagem de Lopburi.

“Alguns já haviam sido esterilizados, outros estavam amamentando, outros eram muito jovens”, explica.

Mas a campanha de esterilização corre o risco de não ser suficiente e outra solução mais duradoura deve ser estudada. Por exemplo, remover todos os macacos da cidade e agrupá-los em outro local construído para eles, fora da localidade.

Enquanto isso, os habitantes de Lopburi terão que continuar sofrendo com eles. Para evitar que a situação degenere, os comerciantes decidiram alimentá-los por conta própria.

“Esses macacos têm o hábito de comer de tudo, como os humanos”, diz Pramot Ketampai, morador da cidade.

“Mas quanto mais são alimentados, mais energia terão e mais se reproduzirão”, acrescenta.

Apesar de tudo, Taweesak não quer que os macacos desapareçam, pois são importantes para as finanças da cidade.

O que Lopburi seria sem seus macacos?, ele pergunta. “São eles que farão os turistas voltarem. E também, se todos forem embora, eu finalmente me sentiria um pouco sozinho.”

Contilnet.

O orgasmo multiplo do homem e hora de descobrir esse potencial


Depois que meu marido tem orgasmo ele vira para o lado e dorme. Eu fico ali, sozinha, olhando o teto." Quem nunca ouviu uma queixa dessas? É, com certeza, a reclamação mais comum das mulheres em relação aos seus parceiros no sexo. Mas, afinal, por que isso acontece? Muitos dirão que o homem é egoísta mesmo, que só pensa em sexo e após se sentir satisfeito perde o interesse pela mulher. Mas não é isso, não. Esse desencontro ocorre porque ele ejaculou e… ficou exausto. Mal consegue se mexer, só desejando dormir. Um homem até declarou: " Depois que eu ejaculo, o travesseiro se torna muito mais atraente do que a minha namorada".... 

Como orgasmo e ejaculação acontecem quase ao mesmo tempo, o homem ocidental pensa que são a mesma coisa, não se preocupando em separá-los. E, com isso, não sabe o que está perdendo. Os chineses há mais de 3.000 anos perceberam que o homem pode ter vários orgasmos seguidos sem ejacular e, desse modo, aumentar a longevidade por não sentir a fadiga que se segue à ejaculação. Não é à toa que os franceses usam a expressão la petite mort — " pequena morte" para a ejaculação — numa referência ao perigo para a vitalidade masculina...

O jornal "The New York Times" publicou, nos anos 1990, o resultado de uma pesquisa científica sobre os danos causados pela produção de esperma para o organismo do homem, concluindo que "gerar esperma é muito mais difícil do que os cientistas imaginavam. Isso requer um desvio de recursos que pode vir a prejudicar a saúde masculina a longo prazo". E isso faz sentido, pois durante toda a sua vida um homem ejacula em média 5.000 vezes. Considerando que cada ejaculação contém de 50 a 250 milhões de espermatozóides, ele ejacula cerca de um trilhão de desnecessários espermatozóides! Entretanto, na realidade, só precisaria ejacular quando desejasse ter um filho... 

E onde é que entra o prazer nessa história? Sem dúvida, o orgasmo é o prazer físico mais intenso que o ser humano pode experimentar. E o homem pode aprender a ter vários orgasmos consecutivos, mais intensos e fortes, sem ejacular. Dessa forma, ele substitui o prazer momentâneo de uma ejaculação comum pelo prazer do orgasmo múltiplo, que, além de permanecer por longo período, aumenta a energia e a sensação de bem estar. Mas a maioria dos homens desconhece seu potencial multiorgástico e só se preocupa em chegar rápido à ejaculação, para se certificar que cumpriu o papel de macho.... 

Para o homem ter vários orgasmos sem perder a ereção, existe toda uma técnica a ser desenvolvida. Nela se aprendem exercícios que possibilitam o controle da respiração e o fortalecimento do músculo da região pubiana, responsável pelas contrações rítmicas da pelve durante o orgasmo. Assim, o homem passa a ter ereções mais firmes, intensifica seus orgasmos e aprende a separar orgasmo e ejaculação. Especialistas afirmam, inclusive, que os homens que praticam esses exercícios começam a sentir orgasmos múltiplos dentro de uma a duas semanas e a aperfeiçoar as técnicas em três a seis meses. É curioso, mas até há pouco tempo as mulheres também não sabiam que eram multiorgásticas. E muitos passaram ter orgasmo multiplos depois que descobriram ser issso possivel.

Um livro que ensina os exercícios para que o homem desenvolva o controle do reflexo ejaculatório é "O Orgasmo Múltiplo do Homem", de Mantak Chia & Douglas Abrams Arava...

UOL.

MOVIMENTO SINDICAL ACREANO AMANHECE EM LUTO, VÁ COM DEUS GRANDE GUERREIRO ARIMATEIA RODRIGUES.

A imagem pode conter: 8 pessoas, incluindo Ogan Arimatéia Adv

Nos deixou na noite desta quinta-feira (25), o professor de História e Advogado Pai Ogan José Rodrigues de Arimatéia, o Ari, grande sindicalista Ex- dirigente do Sinteac, militante ativo do movimento social, fundador do movimento negro no Acre e outros. Arimatéia lutava contra um câncer, mas infelizmente a doença o levou. O movimento sindical do acre encontra-se de luto! 

“Logo quando cheguei no movimento sindical da educação, muito jovem recém concursado, e cheio de vontade de lutar, conheci Arimatéia, ele também jovem, já era o tesoureiro do nosso Sinteac Central. Fizemos amizade e na militância sindical e política, nos conhecemos. Entre as várias viagens que fizemos para fora do estado na luta pela melhoria de vida dos trabalhadores em educação, em nossas farras e momentos de lazer ARI sempre esteve presente. É uma grande perda para a luta de classes, sindical, e social do nosso Estado. 

Va com Deus velho amigo, que Deus o tenha em um bom lugar, meus sentimentos a família... um dia nos encontraremos e com certeza a luta continua...” “ARI? PRESENTE!!!” 

João Maciel. 

“Nos deixou hoje, o grande professor de História e Advogado Pai Ogan José Rodrigues de Arimatéia, o Ari, fundador do movimento negro no Acre, isso mesmo, fundador do movimento negro. Quando no Acre não se falava em luta por igualdade Racial Ogan Arimatéia fundou o Centro de Referência da Cultura Afro-Brasileira, a CERNEGRO. O Povo de Santo, o movimento negro, sindical, o Instituto Ecumênico Fé e Política e a luta pelo socialismo estão de luto no Acre. Minha solidariedade a Dna Fátima, aos filhos e toda a família nesse momento de dor. Descanse em paz guerreiro!” 

quarta-feira, 24 de junho de 2020

Supremo mantém proibida redução de jornada e salário de servidores

Supremo mantém proibida redução de jornada e salário de servidores ...

O STF decidiu derrubar, de forma definitiva, uma regra da Lei de Responsabilidade Fiscal que possibilitava a redução da jornada e do salário de servidores para equilibrar as contas públicas.

A regra já estava suspensa desde 2002 pelo tribunal, mas foi hoje declarada inconstitucional pelo plenário. Fica proibido também reduzir valores de cargos, mesmo que não estejam preenchidos.

A regra da LRF, aprovada em 2000, previa esses mecanismos quando a despesa com pessoal estourasse o teto de 60% da receita de órgãos públicos.

Votaram para derrubar a norma os ministros Edson Fachin, Ricardo Lewandowski, Luiz Fux, Marco Aurélio Mello, Cármen Lúcia, Rosa Weber e Celso de Mello.

Pela sua constitucionalidade votaram Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Gilmar Mendes e Dias Toffoli.

Homem com medo de se matar contrata 4 assassinos de aluguel pra matar ele mesmo

Imagens ilustrativas

Um empresário de Delhi, na Índia, viu sua empresa desmoronar e as dívidas o afundarem em denso nevoeiro após essa coisa toda de quarentena. Gaurav Bansal, de 40 anos, decidiu então se livrar dessa situação que parecia sem saída e ao mesmo tempo ajudar a sua família. 

Seu primeiro plano foi o seguinte: aproveitando que seu nome ainda estava limpo, mas na iminência de ser sujo, ele pegou um empréstimo relativamente alto. Ele então iria se matar e deixar esse dinheiro pra família. Como o empréstimo estava no nome dele, não teriam como cobrar seus familiares.

O empréstimo foi de 600.000 rúpias indianas, o equivalente a 41.336 reais. Mas então houve um obstáculo no seu plano: ele não conseguia se matar. Ele na verdade não queria se matar, porém, em seu desespero, acreditava que esse era o único jeito de garantir que sua família fosse sustentada. Mas ele não queria se matar. 

Na hora de executar o terrível ato, não conseguia dar o último passo. Por isso, Gaurav fez uma mudança em seu plano: ele contrataria 4 assassinos de aluguel pra matarem ele. E como seria um assassinato, sua família poderia receber uma grana muito maior com o seguro de vida, que não cobria suicídio.

Gaurav Bansal, o homem que arquitetou tudo

Gaurav dedicou 90.000 rúpias aos 4 assassinos, que dividiram o valor entre si. Um dos contratados foi Kuan, um adolescente, o primeiro que foi identificado pela polícia. Ele admitiu o assassinato e entregou os 3 cúmplices: Suraj, um estudante de 18 anos, Manoj, um vendedor de uma quitanda, de 21 anos, e Sumit, um alfaiate de 26 anos.

A polícia achou Kuan olhando as mensagens das redes sociais de Gaurav, após encontrar o homem enforcado em uma árvore. Durante o interrogatório, Kuan disse que eles só aceitaram depois de Gaurav insistir muito, convencendo-os de que aquilo seria um bem pra ele. Ele precisava ser morto com as mãos amarradas, pro seguro de vida considerar como homicídio.



Primeiro, o plano era amarrar as mãos dele e dar um tiro em sua cabeça, mas os assassinos não conseguiram comprar uma arma. Então Gaurav sugeriu o enforcamento, e assim foi feito. Os 5 foram juntos a Mohan, uma pacata cidade, e Gaurav escolheu o lugar onde seria enforcado.

Porém, com o plano todo desvendado graças a uma falha de Gaurav, ou seja, deixar as mensagens com um dos assassinos no celular, sua família não receberá o dinheiro, e além de tudo, agora estão sem o pai da família. 

terça-feira, 23 de junho de 2020

Nuvem de gafanhotos chega à Argentina e se aproxima do Brasil


Produtores e técnicos do governo monitoram a presença dos insetos, que, juntos, podem consumir em um dia a quantidade de pasto equivalente a 2 mil vacas ou 350 mil pessoas.

Nuvem de gafanhotos avança pela Argentina e se aproxima do Brasil

Produtores rurais e funcionários do governo da Argentina estão monitorando a entrada de uma nuvem de gafanhotos no país. Os insetos vieram do Paraguai e, por lá, destruíram lavouras de milho (veja mais abaixo). Agora, a praga avança na parte do território argentino que faz fronteira com o Brasil e com o Uruguai.

Segundo projeção do país vizinho, os insetos podem chegar ao oeste do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, oferecendo riscos às lavouras desses estados.

Monitoramento do governo argentino mostra que nuvem de gafanhotos se aproxima do Brasil — Foto: Reprodução/Senasa

O engenheiro agrônomo da Emater de Uruguaiana (RS), Daniel da Costa Soares, disse ao G1 que a situação é nova tanto para produtores quanto para profissionais da área. "Ainda não temos muita certeza do que vai acontecer, se eles vão entrar aqui ou não, mas já estamos conversando com produtores sobre o assunto", diz.

A orientação da Emater é que os produtores façam o monitoramento constante das lavouras.


Nuvem de gafanhotos está sobre a Argentina

De acordo com o governo argentino, a nuvem chegou ao país no fim da semana passada.

As principais regiões atingidas na Argentina são as províncias de Santa Fé, Formosa e Chaco, onde existe produção de cana-de-açúcar e mandioca e a condição climática é favorável.

Plaga de langostas llega a Argentina: comen como 350.000 personas

Los voraces insectos provienen de Paraguay y tienen en alerta a los agricultores de la provincia de Formosa.

Los productos amenazados por estos insectos son los cultivos de mandioca, maíz, caña de azúcar.


Em aproximadamente um quilômetro quadrado podem ter até 40 milhões de insetos, que consomem em um dia pastagens equivalentes ao que 2 mil vacas ou 350 mil pessoas comem, disse o engenheiro agrônomo argentino Héctor Medina à agência Reuters.

Como habíamos pronosticado, la manga de langostas ingresó a la provincia en el día de hoy y luego de desplazarse casi 140 km se asentó en cercanías de la localidad de Lanteri.


O governo argentino afirma que os insetos podem passar por vilas e cidades, mas não causam danos diretos aos seres humanos, apenas causam riscos a plantações e pastagens.

Nuvem de gafanhotos ataca lavouras na Argentina — Foto: Divulgação/Governo da Província de Córdoba



No Brasil, já houve surto de gafanhotos em regiões mais quentes e úmidas do país, como o Pará. Em 2017, os insetos passaram por diversos municípios do estado, atacando do lavouras de mandioca, trazendo prejuízos econômicos, além de riscos ao meio ambiente e saúde da população, com o uso indiscriminado de inseticidas e outros defensivos.

Índia enfrenta a pior infestação de gafanhotos das últimas três décadas


Um agricultor olha para trás enquanto caminha por um enxame de gafanhotos que se alimentam de sua plantação, na aldeia de Katitika, no Quênia, em janeiro pasado — Foto: Ben Curtis/AP

G1.

Sol forte pode matar o novo coronavírus em até 34 minutos, aponta estudo



Cientistas afirmaram que sol do meio-dia é extremamente eficaz na erradicação do vírus que causa a doença

Estudo aponta que sol forte pode dizimar até 90% do novo coronavírus

Um novo estudo divulgado neste mês revela que o sol pode ser um grande aliado no combate ao Covid-19 . Segundo os cientistas responsáveis, a exposição aos raios solares do meio-dia pode matar o vírus que causa a doença em até 34 minutos.

A pesquisa, comandada por Jose-Luis Sagripanti e David Lytle e publicada em um jornal científico, mostrou que o sol forte é extremamente efetivo contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2) e consegue inativar até 90% da carga viral.

Por outro lado, eles ressaltaram que o inverno pode, sim, ser a fase de maior contágio do vírus , uma vez que ele consegue sobreviver por até um dia em temperaturas mais baixas, aumentando os riscos de transmissão.

Os cientistas apontaram ainda que as medidas de isolamento social , que mantiveram as pessoas dentro de casa em diversos países, pode ter causado mais prejuízos do que benefícios no combate à pandemia.

"Pessoas saudáveis que fossem expostas aos raios solares receberiam cargas virais menores, o que seria mais eficiente para criar uma resposta de imunização na população", aponta um trecho do estudo.

Tal análise confirma estudo realizados no passado sobre a Gripe Espanhola . Em 1918 e 1919, pesquisadores apontaram que os pacientes tratados em hospitais mais abertos e que eram expostos ao sol tinham mais chances de sobrevivência e recuperação.

Wassef diz que abrigou Queiroz por questão humanitária: "Estava abandonado"


Wassef justificou que Queiroz, preso na semana passada, estava em sua casa em Atibaia para um tratamento urológico na Santa Casa da cidade vizinha

Queiroz foi preso na casa de Wassef

Frederick Wassef , ex-advogado do filho do presidente e senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), afirmou que abrigou Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio preso na semana passada na casa de Wassef , por 'questão humanitária".

Wassef justificou que Queiroz estava em sua casa "porque [é] uma pessoa que está abandonada, uma pessoa sem recursos financeiros, com problemas de saúde", disse nesta segunda-feira (22) ao SBT.

"O que eu tenho para dizer é o seguinte: jamais escondi Fabrício Queiroz . Ele estar lá não é nenhum crime, nenhum ilícito, não é obstrução de justiça. Não há nenhuma irregularidade", se defendeu.

Ele afirma que ex-assessor de Flávio estava em sua casa em Atibaia devido a um tratamento urológico na Santa Casa da cidade vizinha, em Bragança Paulista. "O local era perto", relatou Wassef 

Quem é Renato Feder, cotado para assumir Educação no lugar de Weintraub



Secretário de Educação do Paraná e presidente se encontraram na manhã desta terça-feira (23)

Cotado para assumir o cargo deixado por Abraham Weintraub como ministro da Educação, o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, é visto por aliados do governo como um nome apaziguador após fortes posicionamentos ideológicos do seu antecessor.

Com 41 anos de idade, Feder é formado em administração pela Fundação Getúlio Vargas e tem mestrado em economia pela Universidade de São Paulo (USP). Segundo a secretaria de Educação do Paraná, o secretário tem histórico de dez anos lecionando matemática em escolas e também foi diretor de instituição de ensino por oito anos. Ele também foi professor do Ensino de Jovens Adultos (EJA).
No perfil em uma rede profissional, Feder afirma acreditar “que a educação precisa de estratégias pedagógicas inovadoras e de políticas públicas mais eficientes, capazes de dar suporte aos professores na missão de ensinar e de permitir que nossas crianças e jovens possam aprender mais”.

Segundo o jornal paranaense Gazeta do Povo, Feder foi defensor do isolamento social causado pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) em webconferências sobre educação quando era secretário e chegou a considerar como uma “situação horrível” a pandemia no mundo.

O cargo na secretaria de Educação do Paraná foi assumido no início do governo de Ratinho Júnior (PSD), em janeiro de 2019. Antes disso, no ano de 2017, Renato trabalhou como assessor voluntário na Secretaria de Educação de São Paulo.

Além de profissional e entusiasta da educação, Feder também foi CEO da empresa de informática Multilaser entre 2003 e 2018. Por meio dela, ele responde junto ao sócio, Alexandre Ostrowiecki, um processo por suspeita de fraudar R$ 3,2 milhões em declarações de impostos. A ação corre em fase de tramitação e sob segredo no Tribunal de Justiça de São Paulo.

Um dos projetos anunciados por Feder em janeiro de 2020 em entrevista ao jornal O Diário de Maringá foi o incentivo de educação financeira nas escolas do Paraná por meio de uma parceria com o Banco Central do Brasil. Na parceria anunciada, professores da rede pública seriam capacitado sobre o assunto. "Com essa capacitação eles vão já passar para o aluno essa educação financeira”, afirmou. Outro plano anunciado pelo secretário para o estado do Paraná na ocasião era o envio de 500 alunos da rede pública para estudar um semestre no exterior.

TARAUACÁ: HOJE TEM LIVE SHOW COM A CANTORA ALCIRENE CASTRO


EM TARAUACÁ IDOSO CAI EM BURACO ABERTO PELA PREFEITURA


Desde o final do mês de março de 2020 que que uma cratera aberta na Rua João de Paiva chama a atenção da população pelos transtornos causados e pela falta de ação da prefeitura do município.

Após uma enchente do Rio Tarauacá a prefeitura precisou quebrar a rua para desosbstruir a passagem da água que havia represado no local, causando prejuízos aos moradores.

Durante todo esse tempo, o que começou com um simples buraco, transformou-se em uma grande cratera que chegou a apartar a rua.

Nesta terça feira, 23 de junho, em plena manhã ensolarada, uma contecimento robou a cena novamente, quando um trabalhador vestido com uniforme do DNIT trafegava pela rua e caiu com bicicleta e tudo dentro do buraco.

A população diariamente cobra da Secrtetaria de Obras uma solução para o problema, assim como os vereadores. A prefeitura ainda não se posicionou publicamente sobre o assunto.

Postado por Raimundo Accioly

segunda-feira, 22 de junho de 2020

Marido é surrado por questionar mulher que chegou em casa bêbada


A vítima solicitou uma equipe da Polícia Militar por meio do número 190 e contou que a esposa havia acabado de fugir após surrá-lo

Mais um marido foi espancado pela mulher em Porto Velho (RO). Nesta sexta-feira (19), um rapaz de 23 anos foi agredido pela esposa que chegou embriagada em casa.

O crime de lesão corporal foi registrado no bairro Três Marias, zona Leste da cidade. O jovem solicitou uma equipe da Polícia Militar por meio do número 190 e contou que a esposa havia acabado de fugir após surrá-lo.

Segundo ele, a mulher chegou em casa embriagada e ficou com raiva porque foi questioná-la. O jovem acabou sendo vítima da fúria da esposa e foi agredido no rosto com tapas, arranhões no braço e tórax.

“Minha mulher tem problemas com álcool e entorpecentes”, disse a vítima bastante machucada. A agressora não foi localizada pela PM.

Contilnet.

Atividade física previne quase 4 milhões de mortes no mundo por ano

Imagem: Getty Images

Sempre lemos a notícia de como o sedentarismo atrapalha a saúde e poucas pessoas se dedicam à prática adequada de atividades físicas. Mas um estudo publicado na revista The Lancet Global Health resolveu olhar para o copo meio cheio desses dados e responder à questão positiva: quantas vidas a prática de atividade física consegue salvar?

A resposta a que os pesquisadores das Universidade de Cambridge e Edinburgh (ambas no Reino Unido) chegaram é que anualmente 4 milhões de vidas são salvas por ano devido à prática de exercícios.

Como o estudo foi feito?
Primeiro os cientistas levantaram os dados de prevalência de atividade física entre 2001 e 2016 e riscos relativos de mortalidade por todas as causas em 168 países;
Eles combinaram esses dados em um modelo de simulações chamado Monte-Carlo para estimar valores médios de fração de mortes evitadas em cada país;
Eles perceberam que as frações evitadas altas indicaram um aumento na proporção de mortes evitadas devido à atividade física, então, usando dados de mortalidade para todas as pessoas em um país com idade entre 40 e 74 anos, estimaram o número de mortes prematuras evitadas para todos os adultos e por sexo.
Dicas para começar hoje mesmo

Quer aproveitar esses benefícios, mas acha que nesse isolamento social vai ser difícil? Montamos um treino simples para você fazer em casa mesmo durante a quarentena (mas não deixe de conferir também o Treino em Casa e o MixDance). E antes de colocá-lo em prática, veja dicas para treinar em casa sem riscos:

Escolha um local bem arejado
O ideal é encontrar um lugar bem iluminado e ventilado, já que durante a atividade física a temperatura corporal aumenta e mantê-la controlada é importante para retardar a fadiga. Se não houver janelas no local onde treina, você pode usar um ventilador. Também é importante sempre ter uma toalha para enxugar o suor.

Vista roupas apropriadas
Usar roupas próprias para a prática de atividades físicas é importante por dois motivos: primeiro, as peças de treino facilitam a evaporação do suor --que tende a ser mais acentuada em atividades em um local fechado e sem boa ventilação -- e ajudam no controle da temperatura corporal; segundo, por serem mais leves, as roupas de treino não geram tanto atrito com a pele --o que pode causar assaduras e outros incômodos.

Organize o espaço
Para a maioria dos exercícios, um local de 2 metros por 2 metros é suficiente --só retire obstruções e móveis com pontas que estiverem por perto, para você não se machucar. Outro detalhe fica por conta da superfície na qual serão feitos os exercícios: ela deve garantir estabilidade. Evite treinar em cima de tapetes, por exemplo, que podem deslizar e causar um acidente.

Capriche no aquecimento
O profissional de educação física Eduardo Netto, diretor técnico da rede de academia Bodytech*, recomenda fazer de 5 a 10 minutos de movimento dinâmicos em baixa intensidade, como corrida no lugar, polichinelos ou skipping (correr no lugar erguendo os joelhos acima da linha do quadril) no início do treino. Assim, você prepara o sistema cardiovascular, músculos e articulações para o esforço mais intenso que está por vir, reduzindo o risco de fadiga precoce ou de lesões.

Mantenha o foco na postura
Como não tem acompanhamento e orientação profissional, é muito importante que você preste bastante atenção à postura e execução dos movimentos durante o treino. Para isso, prefira fazer exercícios que você tem familiaridade e domine a execução.

Outra saída para manter a boa postura é malhar em algum local em que há um espelho por perto ou fazer atividades em família —assim, um vigia e corrige o exercício do outro. Se durante ou após o treino você sentir algum desconforto fora do comum, interrompa a atividade por alguns dias (e se a dor não passar, procure um médico).

Controle a intensidade
Se você já tinha uma rotina de atividades físicas antes da quarentena, peça ajuda para seu professor adaptá-la para ser realizada em casa. Agora, se você estava sedentário, escolha um treino adequado para seu condicionamento e respeite os limites do corpo.

*Fonte consultada em matéria de 02/06/2020

Quem teve pedido de auxílio emergencial negado pode recorrer usando a DPU


Em todo o Brasil, cerca de 41,59 milhões não tiveram seus pedidos de auxilio emergencial aprovados. A grande maioria por não se enquadrar nos critérios do programa. No entanto, existem milhares de relatos de pessoas que, mesmo dentro dos critérios, não conseguiram o benefício.

A boa notícia para essas pessoas é que uma parceria do Ministério da Cidadania e a Defensoria Pública da União (DPU) firmada ao longo desta semana que vai ajudar quem teve o pedido de auxílio emergencial negado.

A partir de segunda-feira, dia 22 de junho, essas pessoas podem entrar com pedido de contestação do resultado por meio da Defensoria local, tendo em mãos documentos que comprovem que a pessoa está apta a receber o recurso.

O governo federal estima que, com a ação, será possível solucionar o caso desses cidadãos por meio administrativo, sem ser necessário o processo de judicialização.

O atendimento na Defensoria Pública é de graça e, segundo o órgão, esse procedimento vai permitir que cada caso seja analisado de forma individual, dando mais chance para quem precisa do benefício em meio à pandemia do novo coronavírus.

A Defensoria Pública do Acre possui um site onde é possível tirar dúvidas, saber horários de funcionamento e onde estão as suas unidades no Acre: www.dpu.def.br/endereco-acre.

ac24h.

Em Tarauacá, Jenilson atende mais de 200 pacientes com covid-19


O médico infectologista Jenilson Leite está atendendo pacientes do novo coronavírus desde sexta-feira (19), no Clube do Sinteac, em Tarauacá, interior do Acre. Além de consultar, prescrever os medicamentos e orientar como deve ser feito o tratamento, o infectologista distribuiu máscaras para a população local.

A ação de saúde é voltada exclusivamente para os pacientes que contraíram a doença, ou apresentam os sintomas da covid-19. Contando os pacientes que foram atendidos na sexta-feira e sábado, 20, deu um total de mais de 200 pessoas.

“Aqui em Tarauacá as pessoas estão mais doente de preocupação do que pelo vírus devido a confusão de interpretação que fizeram sobre o teste rápido que identifica a resposta imunológica( IgM e IgG) e não o vírus. Quando se diz a uma pessoa ao fazer o teste rápido, – você testou positivo, as pessoas entendem que se encontrou o vírus e que ele continua causando doença, e não verdade, não é isso que está acontecendo, o que se encontrou foi a resposta imune do paciente, e deveria se dizer: Parabéns, apesar de você ter pego essa doença, você conseguiu combater bem o vírus, desenvolveu anticorpos, sua imunidade reagiu bem, você ainda vai sentir alguns sintomas, mas seu organismo está lidando bem a doença. Por falta desses esclarecimento, tem muita gente triste, com depressão e com medo”, diz Jenilson.

O atendimento ocorre no momento em que o município está sem teste para o novo coronavírus. Contudo, segundo o médico infectologista, o tratamento e o diagnóstico pode ser feito antes de ser feito o teste. “O exame é um balizador para dizer se o paciente contraiu ou não, mas quando apresentam os sintomas o médico já pode receitar e orientar o tratamento. Até porque nem todos conseguirão fazer o teste e como fica?”, pondera.

Além de atender em Rio Branco e Tarauacá, Jenilson fará atendimento na cidade de Jordão, que é isolada e não tem especialista na área de infectologia.

A baixa no quadro de profissionais de saúde por terem contraído o vírus, fez com o que deputado trocasse o paletó pelo jaleco e voltasse para dentro dos hospitais para cuidar da saúde dos acreanos.

“Antes de ser deputado, sou médico e serei sempre. E cuidar da saúde do próximo é uma missão de todos que optaram por seguir os passos do padroeiro da medicina, o apóstolo Lucas”. Vou continuar ajudando, onde for preciso além de Rio Branco e Tarauacá, Jordão, as pessoas precisam de mais esclarecimento sobre essa doença para ter paz”, finaliza o deputado e médico.

ac24h.

sexta-feira, 19 de junho de 2020

CREF lança cartilha para caso de reabertura das academias no Acre e três Estados


O Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região, que abrange Acre e outros três Estados (AM-RO-RR), seguindo as orientações do Ministério da Saúde e da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), elaborou uma cartilha com normas e condutas para instruir gestores de academias e similares, assim como profissionais liberais, na sua atuação em meio a pandemia do novo coronavírus.

O arquivo pode ser baixado no site www.cref8.org.br ou no link abre.ai/cartilha_cref8.

No Acre, as academias estão entre os setores que mais perderam faturamento com a quarentena.

AC24H.

PESQUISA: Com Marilete indo de mal a pior, Rodrigo tá liderando em Tarauacá.


Em Tarauacá o levantamento estimulado aponta o pré-candidato, pelo PSDB, Rodrigo Damasceno liderando com 31,8% das intenções de votos. Na segunda colocação aparece Abdias da Farmácia (DEM), com 16,3% e em terceiro Néia Sérgio (PDT), com 13,3%. Em quarto lugar, surge o advogado Junior Feitosa com 13,1%. A atual prefeita da cidade, Marilete Vitorino (PSB), aparece na quinta colocação com 7,1%. A vereadora Janaina Furtado (Progressista) registrou 5,2% e o professor Lauro Benigno (PCdoB) marcou 4%. Gilmar Torres registrou 1% e não responderam registrou 8,2%.

Quando colocado um segundo cenário estimulado onde tem apenas Rodrigo Damasceno, Junior Feitosa, Abdias da Farmácia e Neia Sérgio, o cenário de avaliação fica da seguinte forma: Rodrigo com 33,3%, Junior com 21,3%, Abdias com 17,4% e Néia 16%. 12% não responderam.

Já no terceiro Cenário onde tem apenas Damasceno, Abdias, Néia e Lauro Benigno, o levantamento aponta o pré-candidato tucano com 36%, com o Democratas com 21,3%, com a PDTista com 18,7% e o pré-candidato comunista com 10,7%. 13,2% não responderam.

Quanto ao nível de rejeição, quando o eleitor é perguntado em qual dos candidatos colocados, não votaria de jeito nenhum, o nome da atual prefeita Marilete Vitorino dispara com 18%, seguido. por Rodrigo, com 5% e Junior Feitosa, com 3,8. Néia Sergio, Abdias e Gilmar Torres registram 2,5%, cada. Janaina e Lauro registraram 1,3% e 62,3% não souberam ou não responderam.

Sobre a avaliação da gestão de Marilete, 37,3% consideram péssimo, 33,3% acham regular e 13,3% ruim. Bom e ótimo registraram 10,8% e 5,3%, respectivamente.

AC24H.