CONTATO

João Maciel Cel/WhatsApp: (68) 99963-7272 Email: joaomacieltk@gmail.com

sábado, 15 de maio de 2021

Dona de casa acha cobra ao lavar pé de alface que ficou quase uma semana em geladeira


Mulher de Auriflama (SP) acredita que o animal é um filhote e tem 15 centímetros. Ela não chegou a acionar o Corpo de Bombeiros e guardou o réptil em um pote de vidro para soltar na natureza.

Cobra foi encontrada no meio do pé de alface pela dona de casa — Foto: Arquivo Pessoal

Uma dona de casa de Auriflama (SP) levou um susto na noite desta quinta-feira (17) ao fazer a salada para o jantar da família e encontrar uma cobra de aproximadamente 15 centímetros dentro de um pé de alface (veja vídeo abaixo).

A dona de casa Lúcia Hiroko Maehashi Rodrigues, 48 anos, afirma que as folhas ficaram fechadas em um saco plástico por seis dias dentro da geladeira e não suspeitava de nada até higienizar a alface, que foi comprada em uma feira na cidade.

“Fui lavar o alface, cortei a raiz e fui desfolhando. Quando peguei uma folha vi um rabo, achei que era lagartixa, mas quando vi que era uma cobra levei um susto e joguei tudo na pia”, afirma a dona de casa.

Dona de casa acha cobra ao lavar pé de alface que ficou quase uma semana em geladeira

Lúcia acredita que a cobra é filhote. Ela não chegou a acionar o Corpo de Bombeiros e guardou a cobra em um pote de vidro para soltar na natureza.

Não é peçonhenta

O biólogo Douglas Ribeiro disse que a cobra se trata de uma serpente dormideira, que não é venenosa e se alimenta de bichos que vivem em jardins e hortas. É uma espécie comum em vários estados do Brasil.

“É um bicho muito calmo, não é peçonhenta e é comum encontrar em jardins, já que come lesmas e caracóis. Então é fácil encontrar em maços de alface e couve, por exemplo. Até mesmo em supermercados em ambiente refrigerado quando ficam praticamente imóveis, posteriormente quando as pessoas vão lavar as verduras eles encontram o animal”, afirma.

Funcionária de hospital é demitida por justa causa por não tomar vacina



Uma auxiliar de limpeza de um hospital infantil de São Caetano do Sul, no ABC paulista, foi demitida por justa causa após se recusar a tomar a vacina contra a Covid-19

247 - Uma auxiliar de limpeza de um hospital infantil de São Caetano do Sul, no ABC paulista, foi demitida por justa causa após se recusar a tomar a vacina contra a Covid-19. A informação é do portal UOL.

A funcionária entrou na Justiça para reverter a demissão, mas a juíza Isabela Flaitt, da 2ª Vara do Trabalho de São Caetano do Sul, não acatou os argumentos da defesa e deu validade à decisão do hospital.

De acordo com informações do TRT-2 (Tribunal Regional do Trabalho da Segunda Região - SP), a auxiliar de limpeza alegou que não teve oportunidade de explicar à direção do hospital sua decisão de não tomar a vacina.

WhatsApp Pay: 7 dicas para transferir dinheiro pelo aplicativo na prática



Assim como o Pix, a novidade não exige nenhuma cobrança de taxas

WhatsApp Pay: 7 dicas para transferir dinheiro pelo aplicativo na prática


O WhatsApp , aplicativo de mensagens mais popular do Brasil, lançou uma plataforma de transferências e pagamentos eletrônicos , intitulada WhatsApp Pay.

Mesmo que a função só tenha estreado recentemente, o Banco Central já havia autorizado o serviço em março deste ano. Porém, o mesmo ainda não foi liberado para todos os usuários.

Assim como o PIX, a novidade não exige cobrança de taxas, nem para enviar e receber dinheiro. E, as transações podem ser feitas usando cartões de débito. Ou seja, a opção de crédito não está disponível por enquanto.

Goleiro acreano do Palmeiras é convocado para a Seleção Brasileira


O goleiro acreano Weverton, que atualmente joga no Palmeiras, voltou a ser convocado pelo técnico Tite para amistosos da Seleção Brasileira na manhã desta sexta-feira, 14.

Weverton, considerado o melhor goleiro do país na atualidade, é um dos 24 convocados para os dois próximos compromissos da seleção contra o Equador, dia 4 de junho, em Porto Alegre, e dia 8, contra o Paraguai, em Assunção. As partidas são válidas pelas eliminatórias da próxima Copa do Mundo, que vai ser disputada no ano que vem no Catar.

Confira todos os convocados pelo técnico Tite.

· Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);

· Laterais: Daniel Alves (São Paulo), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus) e Renan Lodi (Atlético de Madrid);

· Zagueiros: Éder Militão (Real Madrid), Lucas Veríssimo (Benfica), Marquinhos (PSG) e Thiago Silva (Chelsea);

· Meias: Casemiro (Real Madrid), Douglas Luiz (Aston Villa), Everton Ribeiro (Flamengo), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United) e Lucas Paquetá (Lyon);

· Atacantes: Everton Cebolinha (Benfica), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Barbosa (Flamengo), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG), Richarlison (Everton) e Vini Jr (Real Madrid).

sexta-feira, 14 de maio de 2021

Professor Taraucaense Uéliton Freire, lançou o seu primeiro livro de poesias e pede ajuda para divulgação e impressão.



O professor Taraucaense da rede pública de ensino no município de Jordão, Uéliton Freire, de 43 anos, lançou o seu primeiro livro.

Trata-se da obra “Momentos Poéticos”, que ganhou repercussão em todo o município.

Natural de Tarauacá, Uéliton é autor de outros textos também publicados em antologias acreanas.

Em entrevista ao ContilNet, ele falou sobre a satisfação de trazer um pouco da sua vida no seu primeiro livro.

“Surgiu a partir de um blog que eu tinha, mas que foi desativado. Decidi colocar meus escritos de lá no livro. Uma obra eclética, que fala de sentimentos, fatos, pessoas, lugares. “, comentou.

“Para muitos pode parecer algo sem importância. Há até quem considera uma perda de tempo. Mas para mim, não. Longe disso. A publicação de um livro é a realização de um sonho. Um sonho antigo que eu nutria. Sempre quis deixar no mundo das palavras a minha contribuição, e aí está. Agora, mesmo que muitos não aceitem, eu posso dizer que sou efetivamente escritor, pois tenho uma obra publicada. A primeira de muitas, se Deus permitir”, continuou.

Uéliton está em busca de patrocinadores para a produção do livro impresso, mas o e-book está disponível na internet, CLICANDO AQUI.

Interessados podem entrar em contato com ele pelo (68) 68 98412-9771. segue conta bancaria.


“Só espero que um dia as autoridades públicas, principalmente do meu município, entendam que o investimento em livros, na leitura, na educação de uma forma geral, é o primeiro e essencial passo para mudar positivamente uma realidade social. Esse também é mais um sonho meu, espero que em algum momento se realize”, finalizou.

MULHER ALUGA CAIXÃO PARA ENSAIAR O PROPRIO FUNERAL E EXIGE QUE AMIGOS CHOREM NA CERIMONIA.


Uma mulher na República Dominicana alugou um caixão por um dia e encenou seu próprio funeral.

O motivo? Ela estava desesperada para ver como seus amigos iriam chorar e velar o seu corpo quando morrer.

Mayra Alonzo, 59, organizou um ensaio geral de seu velório na cidade de Santiago no final de abril.

Para o bizarro acontecimento, ela usou um vestido de branco e ficou deitada no caixão com algodão enfiado em suas narinas, para reproduzir o que teria acontecido se ela estivesse em um necrotério.

Seus amigos e familiares se revezaram para dizer suas "últimas despedidas" com lágrimas no rosto.

De acordo com o site de notícias dominicano Listin Diario, Mayra alertou seus entes queridos para não morrerem tão cedo, pois estar dentro do caixão era uma experiência muito desagradável.

Já pensou?

Fonte: Jornal Extra

Lives da semana: Marília Mendonça, César Menotti & Fabiano e outros shows para ver em casa

Veja agenda e horários de transmissões ao vivo deste final de semana.

Marília Mendonça, César Menotti & Fabiano e Esquenta BDA com participação de Hariel estão entre as lives neste final de semana.

Veja a lista completa com horários das lives abaixo.

O G1 já fez um intensivão no começo da onda de lives, constatou o renascimento do pagode nas transmissões on-line, mostrou também a queda de audiência do fenômeno e a polêmica na cobrança de direito autoral nas lives.

Lives de sexta (14):

César Menotti e Fabiano – 20h - Link
Marissol Mwaba e François Muleka - Em Casa com o Sesc - 19h - Link

Lives do sábado (15):

Marília Mendonça - 20h - Link
Esquenta BDA - Batalha de Rimas com os MCs Hariel, WM, Krawk, Kant e mais - Link
Flávio Guimarães e Marcus Kenyatta - Em Casa Com o Sesc - 19h - Link
Chick Corea (transmissão pelo Blue Note de show gravado antes da morte do músico) - 20h - Link

Valentina do Ratinho surge quase nua em espelho, com calcinha vermelha e corpo chocante: “Gostosa”


Em suas redes sociais, a humorista que elenca o Programa do Ratinho roubou à cena ao exibir seu corpão de tirar o fôlego.

Valentina Francavilla é sem dúvidas uma das figuras mais marcantes do Programa do Ratinho, no SBT. A humorista, que além de fazer a risadaria rolar solta possuí uma beleza inigualável, deixou muito marmanjo babando nesta quinta-feira, 13, ao fazer um compartilhamento para lá de ousado.

No post em questão, a famosa de 41 anos surgiu em frente a um espelho com um biquíni vermelho e exibindo seu corpo escultural. Na ocasião, a artista divulgou a marca de um emagrecedor que garante o resultado imediato, compartilhando também um registro do antes e depois.

“Relato da semana , Menos 7 kg já !!!! Agora eu resolvi começar a Novidade o FitBlack EXTRA FORTE vc encontra ele é a linha toda aqui no @beautyshapebrazil cuidado com falsificação gente, compre apenas aqui @beautyshapebrazil tem CUPOM para desconto e só usar #CUPOMDAVALENTINA arrasta para o lado para ver o antes e depois”, legendou ela.

Os seguidores de Valentina, por sua vez, não parecem ter dado tanta atenção para a divulgação da marca, visto que, fixaram a atenção apenas nas curvas da estrela que parece ficar mais nova a cada dia.

“Nossa gente, que mulher lindaa”, escreveu um seguidor. “Você é muito gostosa”, enalteceu outro. “O tempo não passa pra ela”, pontuou um terceiro.

Futebol Solidário vai reunir craques do futebol brasileiro para arrecadar alimentos.


A grama do estádio Arena Acreana vai ser pisada nesta sexta-feira, 14, por jogadores que fizeram história no futebol acreano e mundial. Júnior Baiano, que foi zagueiro da seleção brasileira e jogou em times tradicionais como Flamengo e Palmeiras, Amaral, que teve destaque no Corinthians, Donizete Pantera, artilheiro com passagem marcante pelo Vasco, são alguns dos convidados do Futebol Solidário.

A iniciativa é do modelo acreano Marcelo Bimbi em parceria com o governo do estado e conta com quatro equipes.


Também participarão do evento, o pugilista, ex-campeão mundial de boxe, Popó, Pedrinho, anão do Pânico, Lucas Strabko, o Cartolouco. O Futebol Solidário teve algumas baixas de última hora. O campeão do mundo na copa de 2002, Edílson Capetinha foi escalado para uma transmissão na Band onde é contratado. O atacante Alex Dias, que fez sucesso com a camisa do Vasco, está com a mãe internada e pode ser que também não venha. O ex-jogador é acompanhado pelo ator Eri Johnson que pode ser outro desfalque.

A estimativa da organização, anunciada durante entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, 13, é arrecadar pelo menos 300 cestas básicas. Quem quiser ser solidário, basta levar uma cesta até a Arena Acreana. Os organizadores ressaltaram que não será permitida a entrada da torcida por conta das restrições impostas pela pandemia.

Doações em dinheiro poderão ser feitas durante a transmissão ao vivo do evento que vai ser transmitido pelo canal Notícias do Acre no Youtube.

“Eu já passei fome e sei da importância de um evento como este para ajudar famílias carentes. Feliz de poder voltar ao Acre, onde se come o melhor peixe do mundo. Já estou com água na boca só de lembrar do tambaqui”, disse o ex-jogador Amaral com o bom humor pelo qual é conhecido.

A partida está prevista para começar às 18h30 desta sexta-feira

ac24h.

quinta-feira, 13 de maio de 2021

Coronavírus pode ficar no pênis por até 6 meses após infecção e gerar impotência



Grupos de homens que desenvolveram a Covid-19 relataram dificuldade em manter ereções

O coronavírus pode se manter no pênis por até seis meses após a infecção e aumentar o risco de impotência sexual. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (12) em reportagem do jornal britânico “The Sun”.

Conforme especialistas que têm estudado a Covid-19, a condição é chamada “disfunção endotelial”, e ocorre por meio da diminuição de circulação de sangue no corpo.

O autor do estudo. Ranjith Ramasamy, professor associado e diretor do Programa de Urologia Reprodutiva da “Miller’s School”, disse, em entrevista:

“Nossa pesquisa mostra que a Covid-19 pode causar disfunção endotelial generalizada nos sistemas de órgãos além dos pulmões e rins. Isso pode afetar diversos órgãos, inclusive o pênis”.

Os pesquisadores colheram amostras de tecido de homens que foram infectados pelo coronavírus, e outros que não tiveram histórico da doença.

Parte dos que desenvolveram Covid-19 foi hospitalizada, e parte sofreu com sintomas leves. Ambos grupos relataram dificuldade em manter ereções.

“Os homens que desenvolvem a infecção devem estar cientes de que a disfunção erétil pode ser um efeito adverso do vírus, e devem ir a um médico se desenvolverem sintomas”, relatou o especialista.

Pesquisadores ainda disseram que este pode ser o primeiro passo para entender o potencial impacto do vírus na fertilidade masculina. Também, o estudo visa identificar se a Covid-19 pode ser sexualmente transmissível.

Contlnet.

Com vetos, Bolsonaro sanciona prorrogação da Lei Aldir Blanc até dezembro


O presidente Jair Bolsonaro sancionou com oito vetos a Lei 14.150/21, que prorroga até dezembro de 2021 os efeitos da Lei Aldir Blanc, de apoio ao setor cultural em decorrência da pandemia de Covid-19.

O novo prazo valerá para captação e execução dos projetos culturais aprovados, com mais seis meses para a prestação de contas.

Deverão ser priorizados os projetos culturais que possam ser transmitidos pela internet ou pelas redes sociais.

A nova lei foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (13) e é originária do Projeto de Lei 795/21, do Senado, aprovado em abril pela Câmara dos Deputados.

Originalmente, a Lei Aldir Blanc previu a entrega pela União a estados e municípios, em 2020, de R$ 3 bilhões para auxiliar artistas e centros culturais e investir em editais públicos.

O socorro estava vinculado ao Decreto Legislativo 6/20, que reconheceu o estado de calamidade pública decorrente da pandemia causada pelo novo coronavírus e perdeu sua validade em dezembro de 2020.

A lei publicada nesta quinta determina que os recursos não programados até 31 de outubro de 2021 pelos municípios serão automaticamente revertidos ao fundo de cultura do respectivo estado.

Por sua vez, os recursos não programados pelos estados e pelo Distrito Federal até 31 de dezembro deste ano serão restituídos à União na forma e no prazo previstos em regulamento.

Encerrado o exercício de 2021, o saldo remanescente das contas criadas para receber as transferências e gerir os recursos será restituído até 10 de janeiro de 2022 ao Tesouro Nacional.

Nesta quarta-feira (12), o Tribunal de Contas da União (TCU) já havia aprovado a prorrogação do uso dos recursos da Lei Aldir Blanc retidos nas contas dos estados e municípios, um valor superior a R$ 700 milhões.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Rondônia sanciona PL que permite contratação de médicos formados no exterior


O governador de Rondônia, Marcos Rocha (PSL), sancionou nesta quinta-feira, 13, o Projeto de Lei que permite a contratação de médicos brasileiros com diploma estrangeiro sem o Revalida. A sanção foi publicada no Diário Oficial do Estado.

Os órgãos de saúde pública e rede privada que mantêm convênio com o Sistema Único de Saúde poderão contratar, em caráter temporário, médicos formados em instituições de educação superior estrangeira, mesmo que não tenham prestado o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas – Revalida.

Em Rondônia, o Conselho Regional de Medicina enviou uma carta de repúdio à contratação de profissionais com diploma estrangeiro sem o Revalida. O Conselho ainda fala da “importância desta prova para garantir a segurança ao atendimento médico no Brasil, pois a mesma demonstra competência técnica do médico para o exercício profissional.”

De acordo com a nota divulgada, “o Cremero não é contra a formação dos profissionais no exterior, o que o Conselho necessita é assegurar e verificar se esta formação tem compatibilidade com a assistência no Brasil, e isso não se trata de uma vontade particular de um conselho de classe, e sim de respeito a Lei nº 13.959 de 18 de dezembro de 2019 que instituiu o Revalida.”

O mesmo PL que foi aprovado no estado vizinho, tramita na Assembleia Legislativa do Acre desde o dia 27 de abril. O autor do PL aqui no Acre é o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB). A proposta de Edvaldo permite ao governo e as 22 prefeituras do Estado a contratação desses profissionais.

O PL não exclui os profissionais estrangeiros que residem no Brasil e que tenham atuado ou estejam atuando no Programa Mais Médicos.

A medida visa suprir o déficit de profissionais médicos nos municípios acreanos e caso aprovada, o governo do Estado, com o apoio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) e do Comitê Acre Sem Covid, poderá regulamentar esta Lei.

AC24H.

terça-feira, 11 de maio de 2021

Governo Bolsonaro é ruim/péssimo para 49% e 58% desaprovam sua forma de governar



Pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta terça-feira não é nada favorável para Bolsonaro: atuação na pandemia é péssima na visão de 58% da população e 63% avaliam que a economia brasileira está no caminho errado

247 - Pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta terça-feira (11) mostra a corrosão do governo Jair Bolsonaro. Para 49% da população brasileira, o governo federal é "ruim e péssimo" e 58% desaprovam a maneira de Bolsonaro governar o país. Somente 29% julgam o governo como "ótimo e bom" e 35% aprovam a administração do país pelo atual ocupante do Palácio do Planalto.

A atuação de Bolsonaro no combate à pandemia de Covid-19, na visão de 58% da população, é "ruim e péssima", e somente 22% avaliam como "ótima e boa".

O levantamento ainda mostra que 63% avaliam que a economia brasileira está no caminho errado, contra 26% que acham que está no caminho certo.

Para 2022, 81% esperam que o cenário político atual mude totalmente ou pelo menos um pouco.

A margem de erro do levantamento é de 3.2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Flamenguistas se enfurecem com patrocínio da Havan e exigem quebra de contrato



#ForaHavan é o assunto mais comentado do Twitter na manhã desta terça-feira (11)

247 - O Flamengo acertou com a empresa Havan, do setor varejista, para ser a patrocinadora do clube e causou revolta em boa parte dos flamenguistas. A empresa estampará sua marca na manga das camisas da equipe rubro-negra até o final desta temporada.

#ForaHavan era o assunto mais comentado do Twitter na manhã desta terça-feira (11) .

STF decide nos próximos dias liminar de Kassio Nunes que beneficia políticos inelegíveis



Votação no plenário da liminar da Lei da Ficha Limpa de autoria do ministro Kassio Nunes diminui o tempo em que políticos condenados ficam proibidos de disputar eleições

247 - Autor da liminar que diminui o tempo que políticos condenados ficam inelegíveis, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Kassio Nunes, indicado de Jair Bolsonaro, deve liberar a liminar para votação nos próximos dias. No texto original da Lei da Ficha Limpa, o prazo começaria a contar depois do cumprimento da pena, julgado por um tribunal em segunda instância. Porém, no texto de Nunes, o tempo começaria a contar a partir da condenação, o que diminui o alcance da Lei.

A decisão desagradou o presidente da Casa, ministro Luiz Fux, que segundo reportagem do portal UOL , em dezembro do ano passado, quando a liminar foi apresentada, demonstrou a Nunes a sua desaprovação em relação ao esvaziamento da Lei. Nunes deu de ombros e seguiu com a matéria.

Se aprovada, a decisão de Nunes Marques evita que a sanção ultrapasse oito anos. Segundo a reportagem, o ministro está confiante e acredita na vitória e que o texto anterior era muito “rigoroso” com uma punição muito “exagerada”.

TARAUACÁ: EDITAL DE ELEIÇÃO - FUNDAÇÃO GIOVANNI ACIOLY


EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 001/2021 DE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA DA FUNDAÇÃO DE CULTURA E COMUNICAÇÃO GIOVANNI ACCIOLY DE TARAUACÁ -IN MEMORIAM-

F.U.G.A (FUNDAÇÃO DE CULTURA E COMUNICAÇÃO: GIOVANNI ACCIOLY)

A Comissão executiva da eleição – no uso de suas atribuições, convoca os familiares, membros, amigos, parceiros e demais participantes da Fundação de Cultura e Comunicação Giovanni Accioly de Tarauacá, para participarem da eleição que definirá a Diretoria Executiva do Biênio 2021 – 2024.

O processo eleitoral ocorrerá no dia 17 de Maio às 19h, na Rua Coronel Juvêncio Menezes, 396, Centro, Tarauacá - AC CEP 69970-000, Estado do Acre.

A forma de eleição da Diretoria Executiva consistirá na apresentação de chapa, a qual deverão conter os nomes completos dos candidatos, bem como documento de identificação e comprovante de residência.

As chapas serão compostas dos seguintes cargos na Diretoria Executiva:

· Diretor (a) Presidente;

· Diretor(a) Vice-Presidente;

· Diretor(a) Geral;

· 1º. Secretário,

· 2º. Secretário;

· 1º. Tesoureiro;

· 2º. Tesoureiro.

· Conselho Fiscal (03 membros e seus respectivos suplentes) e outros.

Artigo: 1º As inscrições das chapas concorrentes deverão ser feitas no ato de abertura da eleição.

Parágrafo Único: Podem compor as chapas de candidatos da Diretoria Executiva todo e qualquer participante da reunião presente na Fundação de Cultura e Comunicação Giovanni Accioly (F.U.G.A), sendo que cada candidato somente poderá participar de uma única chapa.

A eleição da Diretoria Executiva será feita por voto universal direto, secreto ou aclamação.

No caso de chapa única, poderá ser definido pela Comissão Eleitoral que a cédula apresentará apenas duas alternativas, “Sim” ou “Não”. Na hipótese da alternativa “Não” alcançar a metade mais um dos votos, dos eleitores presentes ao pleito, esta não poderá ser proclamada eleita, resultando em que a Comissão Eleitoral iniciará novamente todo procedimento para o novo pleito.

Todos devem observar o uso obrigstório de máscaras e hienização das mãos com alcool em gel

A COMISSÃO EXECUTIVA

Tarauacá, 01 de Maio de 2021.

segunda-feira, 10 de maio de 2021

Sindicato da Educação faz carreata e desabafo: “Estamos pagando para trabalhar”


Nesta segunda-feira (10) mais de 90% das escolas da rede estadual não retomaram o ano letivo em protesto contra o governo do Estado por não atender as pautas da categoria.

Os manifestantes se reuniram no estacionamento da Arena Acreana e fizeram um buzinaço em direção à Casa Civil para cobrar da equipe econômica a retomada das negociações da data-base, emperrada desde o ano passado.


A presidente do Sindicatos dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento, declarou que os trabalhadores em Educação (professores e funcionários de escola) estão pagando para trabalhar, porque não receberam nenhum pacote do governo do Estado para ministrar as aulas pelo sistema remoto, implantado desde março do ano passado. “Não retomaremos as aulas, enquanto o governo do Estado não encaminhar, para votação na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), nossas reivindicações”, declarou.


A categoria reivindica a reposição das perdas inflacionárias correspondente ao período de 2017/2021, a nova proposta de reestruturação da tabela dos pisos da carreira do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR), pagamento das aulas complementares, remuneração do ensino especial, contratação dos professores efetivos do cadastro de reserva e a correção da gratificação dos gestores de escola.

Eduardo Guimarães: Centrão vai deixar Bolsonaro falando sozinho e vai aderir a Lula



O jornalista analisou o quadro político brasileiro e observou que cresce a adesão de setores da direita e centro à candidatura do ex-presidente Lula em 2022. “Eles vão para o barco que estiver melhor. E o barco que vai estar melhor vai ser o do Lula, porque no tempo do Lula eles eram todos felizes, todos eles se deram bem, todos ganharam muito dinheiro”. Assista

247 - O jornalista Eduardo Guimarães, em entrevista à TV 247, analisou as recentes movimentações da direita política que, conforme admitido até mesmo por Miriam Leitão, do Globo, adere à candidatura do ex-presidente Lula para parar Jair Bolsonaro. A jornalista publicou um artigo recentemente em que rejeita a tese criada pela direita tradicional brasileira de que os dois seriam os "dois extremos" da política brasileira.

“A Miriam Leitão dá uma informação de que há uma crescente adesão ao PT. O PT está filiando muita gente”, disse Eduardo. “Há uma romaria em Brasília de diplomatas e embaixadores de países ricos pedindo audiência com o Lula, na mesma medida em que o mundo político está indo todo para a mão dele, inclusive o Centrão. O Centrão vai deixar o Bolsonaro falando sozinho, porque eles vão arrancando dele tudo que der, mas quando chegar na hora da eleição, eles vão para o barco que estiver melhor. E o barco que vai estar melhor vai ser o do Lula, porque no tempo do Lula eles eram todos felizes, todos eles se deram bem, todos ganharam muito dinheiro. Não tinha crise todo dia, não tinha todo mundo os rejeitando. Para quê alguém vai querer ficar com o Bolsonaro, tirando esses tarados que são psicopatas malucos? Nem como presidente das elites ele serve. Ele é ruim para todos. Ele é ruim para o banqueiro e para o gari. É isso que temos que entender, a política que o Bolsonaro faz é destrutiva. Ele está destruindo a economia brasileira”, acrescentou.

O jornalista ainda avaliou a situação da pandemia da Covid-19 no Brasil. Ele reforça que o isolamento social é a única saída para a crise sanitária: “Vai chegar o momento em que as pessoas vão clamar nas ruas por Lula, porque a situação tende a se agravar no Brasil de uma maneira muito dramática. Estou muito preocupado conosco, com vocês que estão nos assistindo, não é nem com o Bolsonaro. Acredito que a situação nesse país vai sofrer um agravamento trágico. Não tem como dominarmos a Covid porque não tem isolamento social no Brasil e sem isolamento social a vacina não funciona”.

Durante bebedeira, jovem enfia garrafa no ânus e vai parar no PS


Neste fim de semana um caso inusitado ocorreu no município de Brasiléia, no interior do Acre, um rapaz de 25 anos, que não teve o nome revelado, acabou introduzindo uma garrafa de cerveja no ânus, durante bebedeira com amigos.

No entanto, a brincadeira não deu certo e o homem teve que ser socorrido pelo Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu) que, imediatamente, levou o jovem para o Hospital de Brasiléia, mas, a equipe não conseguiu retirar o objeto e tiveram que realizar a transferência para o Pronto-Socorro de Rio Branco.

Após avaliação clínica, o rapaz foi submetido a uma cirurgia para remoção da garrafa. Após o episódio, ele se recupera bem.


Com Informações do site O Alto Acre

Segunda etapa de vacinação contra gripe comum começa nesta terça (11)



Promovida em todo o território nacional, a campanha teve início no mês passado e a estimativa é vacinar 79,7 milhões de pessoas

Segunda etapa de vacinação contra gripe comum começa nesta terça (11)

A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza começa amanhã (11) e vai até o dia 8 de junho. Promovida pelo Ministério da Saúde em todo o território nacional, a campanha teve início no mês passado e a estimativa é vacinar 79,7 milhões de pessoas.

A segunda etapa é destinada a idosos com mais de 60 anos e professores. Cerca de 33 milhões de pessoas deverão ser imunizadas nessa fase. A terceira fase, entre 9 de junho e 9 de julho, abrangerá cerca de 22 milhões de pessoas.

Compõem esse público-alvo integrantes das Forças Armadas, de segurança e de salvamento; pessoas com comorbidades, condições clínicas especiais ou com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário; trabalhadores portuários; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade; e adolescentes em medidas socioeducativas.

A campanha teve início no dia 12 de abril com a vacinação de crianças entre seis meses e seis anos, povos indígenas, trabalhadores da área da saúde, gestantes e mulheres puérperas (que estão no período de até 45 dias após o parto).

Pessoas que tomaram a primeira ou a segunda dose da vacina contra a covid-19 devem esperar pelo menos 14 dias para tomar o imunizante contra a gripe. De acordo com o vacinômetro da campanha, já foram aplicadas 6,9 milhões das 27, 3 milhões de doses distribuídas a todos os estados.

Dia Mundial do Lúpus: quem tem a doença pode ser vacinado contra a Covid-19?




“Quem tem uma doença autoimune deve consultar seu médico para saber se pode tomar a vacina contra a Covid-19”, afirma o médico e cientista Drauzio Varella

Dia Mundial do Lúpus: quem tem a doença pode ser vacinado contra a Covid-19?

“Quem tem uma doença autoimune deve consultar seu médico para saber se pode tomar a vacina contra a Covid-19”, afirma o médico e cientista Drauzio Varella. Nesse grupo de enfermidades, está incluso o lúpus eritematoso sistêmico, que pode afetar múltiplos órgãos e tecidos, como pele, articulações, rins, cérebro e outros órgãos, causando fadiga, febre e dor nas articulações. Nesta segunda-feira (10) é celebrado o Dia Mundial do Lúpus.

Além do lúpus, outros problemas, como artrite reumatoide e psoríase, também fazem necessário o uso de remédios imunossupressores. São justamente medicamentos com essa função que levantam a dúvida quanto à segurança em se tomar vacina contra a Covid-19.


“Na verdade, a questão surge porque, ao mesmo tempo em que as vacinas e seus reforços seriam essenciais para reduzir o risco de contaminação desses pacientes, o objetivo de uma vacina é provocar o sistema imunológico a produzir anticorpos para se defender contra algum agente infeccioso”, explica o médico.

Decisão deve ser individual e compartilhada entre médico e paciente

Mas, se o sistema imune está parcialmente comprometido, como é o caso dos pacientes autoimunes, as doses irão gerar resposta adequada?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), a decisão de vacinação deve ser individual e compartilhada entre o médico e paciente, tendo em vista que portadores dessas enfermidades podem apresentar desregulação imune por causa da doença e imunossupressão devido ao tratamento.

Aplicativo ajuda usuários a se livrarem de dores em várias partes do corpo




O sistema promete ajudar tanto na famosa dor nas costas causada pelo home office quanto em dores decorrentes de esportes

Conheça o aplicativo 'No Pain Performance'

Em tempos de pandemia , os exercícios em casa ficaram bem mais frequentes e, para isso, existem diversos aplicativos que podem ajudar . Além dos apps voltado para atividades físicas, surgiu também uma opção para quem tem dores ou lesões.

O 'No Pain Performance' promete ajudar os usuários a se livrarem ou previnirem dores ou lesões em qualquer lugar do corpo. Tanto pessoas que já praticam esportes quanto aquelas que estão com dores causadas pelo home office podem se beneficiar da novidade.


O aplicativo traz mais de 70 exercícios explicados detalhadamente e focados na necessidade de cada usuário. Ao todo, são oito playlists disponíveis para diferentes tipos de dor, como dor no joelho, no ombro ou na coluna lombar.

No app , dá para salvar seus exercícios favoritos para praticá-los diariamente, além de ler sempre novidades relacionadas ao tema. O 'No Pain Performance' é gratuito e está disponível tanto para Android como para iOS .

Brasil tem quase 9 mil vagas de concurso; salários chegam a R$ 20 mil



Cargos são para todos os níveis de escolaridade

O Dia

Salários chegam a R$ 20 mil em Santa Catarina

Ao menos 100 concursos públicos estão abertos nesta segunda-feira (10) no Brasil, somando quase 9 mil vagas para todos os níveis de escolaridade.

Além das oportunidades citadas, estão abertos concursos para formação de cadastro de reserva , ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.
Continua após a publicidade


Os salários chegam a R$ 20.024,74 na Prefeitura de Laurentino (SC).

Veja lista:
Prefeitura de Brusque (SC)

Inscrições: até 20/05/2021
3 vagas
Salário: R$ 1.383,15
Cargo de nível fundamental
Veja o edital
Prefeitura de Cabedelo (PB)
Inscrições: até 11/06/2021
84 vagas
Salários de até R$ 1.401,43
Cargos de nível superior
Veja o edital
Prefeitura de Cruzeiro do Sul (AC)
Inscrições: até 16/05/2021
14 vagas
Salários de até R$ 3.230,00
Cargos de nível médio e superior
Veja o edital
Prefeitura de Garuva (SC)


Inscrições: até 17/05/2021
1 vaga
Salários de até R$ 14.798,99
Cargos de nível superior
Veja o edital
Prefeitura de Gonzaga (MG)

Inscrições: até 25/10/2021
19 vagas
Salários de até R$ 1.550,00
Cargos de nível médio
Veja o edital
Prefeitura de Itanhomi (MG)

Inscrições: até 14/05/2021
12 vagas
Salários de até R$ 8.784,00
Cargos de nível superior
Veja o edital
Prefeitura de Jatobá (MA)


Inscrições: até 14/05/2021
80 vagas
Salários de até R$ 1.100,00
Cargos de nível fundamental, médio e superior
Veja o edital

Prefeitura de Mozarlândia (GO)
Inscrições: até 21/05/2021
29 vagas
Salários de até R$ 4.200,00
Cargos de nível médio e superior
Veja o edital

Prefeitura de Suzanápolis (SP)
Inscrições: até 13/05/2021
9 vagas
Salários de até R$ 2.507,13
Cargos de nível fundamental, médio, técnico e superior
Veja o edital

TARAUACÁ: JENILSON VISITA MUNICÍPIO, HOMENAGEIA MÃES E DISTRIBUI MÁSCARAS


O deputado estadual Jenilson Leite ( PSB) celebrou o Dia das Mães com a distribuição de flores às gestoras que estavam no mercado municipal de Tarauacá, no domingo (9), além da distribuição de máscaras às produtoras rurais que vendem hortaliças e frutas no local.

Em seguida, foi até o Lar Novo Hamburgo, entregar lembranças e máscaras às pessoas idosas que vivem na instituição. O Lar Novo Hamburgo, foi beneficiado com uma emenda de CR4 20.000,00 (vinteil reais) do deputado, recurso que deverá ser pago até o 15 de maio. A coordenadora do Lar Novo Hamburgo, Dona Terezinha de Oliveira, entregou um ofício ao deputado para que leve ao governador Gladson Cameli, na qual solicita a liberação de um convênio para manter o espaço funcionando. Segundo a gestora do local , com a mudança da gestão municipal em 2017, o Lar ficou desamparado. "Pedimos ao deputado Jenilson , que é uma pessoa que tem feito um trabalho em prol dessa instituição, que intervenha junto ao governador para liberar ess convênio, no valor de 96 mil reais. Porque manter o Lar Novo Hamburgo apenas com os recursos dos idosos está inviável. Temos que comprar medicamentos, pagar funcionários e alimentação com o recurso. Por isso pedimos o apoio do deputado para nos ajudar nessa luta". Jenilson Leite garantiu à gestora que vai buscar resolver essa situação com o governador Gladson Cameli. "Quero parabenizar todas as mulheres do Lar Novo Hamburgo, em nome da Dona Terezinha, porque conheço sua dedicação e cuidado que tem com essas pessoas. Isso é a verdadeira demonstração do amor de mãe. Com relação a falta de apoio do governo do Estado e da gestão municipal ao trabalho que é desenvolvido aqui, lamento pela falta de sensibilidade. Por isso, digo que vocês podem contar com o meu apoio e vou levar essa reivindicação para ser debatida com o governador".


Ainda em Tarauacá, o parlamentar esteve reunido com a direção da Associação de Moradores do Bairro das Flores. Jenilson parabenizou a comunidade pela construção de uma ponte no Igarapé Buchão. Sem apoio da Prefeitura, a obra foi construída pelas pessoas que necessitam do serviço de ambulância e alguns chegaram a cair no corrego devido a precariedade da antiga ponte. "Parabenizo aos moradores da comunidade do bairro das Flores pela construção dessa ponte. Nosso amigo Jonas, Queila". Ciel, vice-presidente do bairro, conta que a comunidade se mobilizou, juntou prego, ganhou madeira de um empresário e fizeram a ponte. Com o apoio do deputado, eles também conseguiram levar água para a casa dos moradores. Cerca de quinhentas famílias moram no local. Já no período da noite, Leite e o ex- vereador Lauro Benigno distribuiu flores às mães e máscaras aos fiéis presentes na Igreja Assembleia de Deus.

(assessoria)

Ministério das Comunicações elege cidades do Acre para digitalização do sinal de TV


O ministro das Comunicações, Fábio Faria, assinou nesta primeira semana de maio portarias de criação do programa Digitaliza Brasil, que viabiliza a segunda fase de transição do sinal de televisão analógico para o digital.

Acrelândia, Assis Brasil, Brasiléia, Capixaba, Manoel Urbano, Marechal Thaumaturgo, Plácido de Castro, Porto Acre, Porto Walter, Rodrigues Alves, e Xapuri são os municípios elegíveis ao programa, segundo a portaria 2.524, que criou o programa.

“A primeira fase da transição de sinal teve o foco em regiões metropolitanas e grandes cidades e a segunda fase avança para o interior. O sinal digital já está em mais de 2 mil cidades e alcança 75% da população. A meta agora é encerrar as transmissões analógicas, o que acontecerá em 31 de dezembro de 2023”, comunicou o ministro.

Segundo Fábio Faria, o texto de criação do Digitaliza Brasil inclui metas e diretrizes para famílias de baixa renda, que deverão ter a transição de sinal custeada pela arrecadação do leilão do 5G – que deve acontecer ainda neste semestre.

Em síntese, o Digitaliza Brasil permitirá que outorgas públicas sejam disponibilizadas sem burocracia a municípios pequenos, que necessitam de ação de empresas privadas para realizar a digitalização.

Isso envolve a distribuição de 700 mil kits de digitalização que temos em estoque, a distribuição de até 4 milhões de kits de recepção para a população beneficiária de programas do governo federal e a infraestrutura de transmissão de TV a ser oferecida em 1.638 municípios.

sábado, 8 de maio de 2021

Auxílio emergencial: Senado prorroga medida que garante benefício



O presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, assinou a extensão da MP

Valor do benefício vai de R$ 150 a R$375

O presidente do Senado , Rodrigo Pacheco (DEM - MG), prorrogou por 60 dias a medida provisória ( MP ) que estabelece as regras da nova rodada do auxílio emergencial , como o valor, a data de início do pagamento e quem tem direito a receber. O ato foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (7).

O novo benefício, de acordo com a MP, tem valor padrão de R$ 250, pagos em quatro parcelas mensais a partir de abril. O auxílio emergencial de 2021 é limitado a uma pessoa por família, sendo que a mulher chefe de família monoparental tem direito a R$ 375, enquanto quem mora sozinho recebe R$ 150.

Têm direito ao auxílio as famílias com renda per capita de até meio salário mínimo e renda mensal total de até três salários mínimos. Para aqueles que recebem Bolsa Família, segue valendo a regra quanto ao valor mais vantajoso a ser recebido entre o programa assistencial e o novo auxílio emergencial.

De acordo com o governo, são 45,6 milhões de famílias contempladas, em um investimento de aproximadamente R$ 43 bilhões do Orçamento da União.

Pacheco também prorrogou duas outras MPs relacionadas ao assunto. Uma delas é a MP 1.037/2021 que abre crédito em favor do Ministério da Cidadania, no valor de R$ 42,5 bilhões, para o pagamento do benefício.

Já a MP 1.038/2021 libera crédito extraordinário de R$ 394 milhões para a operacionalização do auxílio. Parte residual desse valor foi destinado ao pagamento de benefícios obrigatórios a servidores civis e militares.

Governo define procedimentos para o pagamento emergencial de empresas que prestam serviço à Educação



Irregularidades recorrentes na documentação apresentada por parte das empresas vinham dificultando o repasse dos recursos

Cumprindo recomendação do governador Gladson Cameli, equipes da Secretaria de Estado de Educação, Casa Civil, Procuradoria Geral do Estado (PGE), Secretaria de Assuntos Estratégicos e o líder do Governo na Aleac, deputado Pedro Longo, definiram os procedimentos legais a serem adotados para que a secretaria de educação possa fazer o repasse às empresas. A previsão é de que os pagamentos comecem a ser feitos a partir da próxima quarta-feira, 12.Empresas com salários de funcionários atrasados receberão por meio de Termos Administrativos. Foto: Marcos Vicentti

Para resolver o problema em caráter de urgência, as empresas que estão com os pagamentos dos funcionários atrasados irão receber os pagamentos por meio de Termos Administrativos – documento que funciona como um ajuste de conduta para a regularização da empresa, reiterando as obrigações contratuais e estabelecendo prazo para que resolvam as pendências. Esses termos serão processados de maneira parcelada. Assim, a partir da comprovação de pagamento de um mês, será encaminhado o termo referente ao mês seguinte.

No mês de abril, a Secretaria de Educação efetuou pagamento de mais de R$ 1,4 milhão originário de Fonte 300 para aquelas empresas que estão em dia com as obrigações. “O governo tem honrado com seu compromisso, pois vinha pagando quem está regular, de acordo com o que exige a lei. É preciso garantir que esses recursos sejam repassados pelo Estado na maior lisura possível”, destaca o secretário de Assuntos Estratégicos, Moisés Diniz.

O secretário explica, ainda, que se a empresa não comprova o pagamento do salário e o gestor faz o repasse, ele pode incorrer em crime de improbidade administrativa e, do outro lado, o servidor terceirizado pode ser prejudicado por não ter recebido o salário, já que não houve essa comprovação

Apenas sete empresas apresentaram junto a suas notas fiscais as comprovações de pagamento de salário dos funcionários sem atrasos e assim, estão com os repasses acontecendo regularmente. As outras dez possuem pendências, dentre as quais, a que apresenta maior transtorno, principalmente aos trabalhadores: ausência do pagamento de salários.

“Nós compreendemos e somos sensíveis à situação desses trabalhadores. Assim que assumi, com apenas três dias, participei das discussões que vinham acontecendo e espero que possamos seguir com o diálogo aberto e saudável, que todos cumpram com suas obrigações para que situações como essas não cheguem até o ponto onde chegaram. Que essas famílias possam receber os salários e ter um pouco de alívio nesse momento tão delicado que enfrentamos”, finalizou Socorro Neri, secretária de Estado de Educação, Cultura e Esportes.

Governo realiza pesquisa de intenção habitacional para servidores públicos do Estado



O governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplag), realiza, de forma digital, uma pesquisa de intenção de compra de imóveis habitacionais entre os servidores públicos civis, militares, efetivos, comissionados, da ativa, inativa, pensionistas, reserva e reformados.

A iniciativa visa auxiliar o Acreprevidência na concretização de um programa habitacional voltado aos servidores públicos. A proposta é retomar o programa criado em 2015, por meio da lei nº 3.087.

A pesquisa foi enviada para mais de 30 mil servidores exclusivamente via e-mail institucional. No e-mail está anexado um link para preenchimento de formulário online https://forms.gle/tbhNAFhhtKXSoQqJA. É importante marcar todas as alternativas e não se esquecer de clicar em “enviar” ao fim do formulário.

“Essas informações vão ser extremamente úteis na formulação do programa, bem como servem para que o órgão central da gestão governamental, a Seplag, conheça um pouco mais os aproximadamente 30 mil servidores públicos”, explica Victor Bonecker, secretário adjunto de Gestão da Seplag.

GREVE GERAL DA EDUCAÇÃO ESTADUAL.


Em assembleia geral da categoria on-line pela internet nesta sexta-feira os professores da rede estadual de educação decidiram entrar em greve geral a partir do dia 13/5,  sendo que esta deflagrado o período de mobilização da greve parados dias 10, 11 e 12 de maio de 2021. Caso não avance as negociações com o Governo do Estado a greve continuara por tempo indeterminado. 

COMUNICAMOS A CATEGORIA QUE FIQUEM ATENTOS E AGUARDEM NOSSOS PROXIMOS COMUNICADOS.

VEJA NA INTEGRA DOCUMENTO DE CONVOCAÇÃO DE GREVE GERAL:

NOTIFICAÇÃO DE GREVE – LEI Nº 7.783/1989 

Aos Presidentes de Núcleos do SINTEAC 

Exmos. Senhores: O SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DO ESTADO DO ACRE - SINTEAC, entidade sindical dos profissionais em educação, cadastrado no CGC (MF) sob nº 04.125.191/0001-79, com sede estabelecida nesta capital, na Rua Marechal Deodoro, 639, Centro, representado por sua Presidenta em exercício, Senhora ROSANA SOUSA DO NASCIMENTO, brasileira, Professora, com CPF 307.966.442-68 e RG 169511 SSP-AC, residente e domiciliada na cidade Rio Branco - Acre, que ao final assina, com base e fundamento no artigo 9º da C.F. de 1.988 e artigos 1º, 2º e 3º da Lei 7.783/89 e em CUMPRIMENTO à DECISÃO da ASSEMBLÉIA-GERAL dos Representados realizada no dia 07/05/2021, vem COMUNICAR essa Administração, em face da condição de haver resultado frustrada a negociação coletiva de trabalho em face do não atendimento das legítimas reivindicações de NATUREZA ECONÔMICA e JURÍDICA E SOCIAIS apresentadas com o objetivo da aplicação da correção salarial anual da Categoria Profissional e outros pontos de pauta, decidiu: DECRETAR o ESTADO de GREVE e, a partir de 72 (setenta e duas) horas contadas da expedição desta NOTIFICAÇÃO SERÁ DEFLAGRADA GREVE pela CATEGORIA PROFISSIONAL REPRESENTADA por este SINDICATO, por TEMPO INDETERMINADO de DURAÇÃO, ABRANGENDO os servidores públicos profissionais da rede estadual de educação.

Assim sendo, a paralisação do trabalho terá início às 08:00 Hs do dia 13 de maio de 2021. Fica ressalvado que nos serviços e atividades consideradas essenciais a teor dos artigos 10, 11 e § único da Lei nº 7.783/1989, serão mantidos em serviço, permanentemente durante a Greve, 1/3 (um terço) do total dos Servidores lotados nessas atividades, para que não haja prejuízo para a população, sendo que esta deflagrado o período de mobilização da greve parados dias 10, 11 e 12 de maio de 2021. Caso essa Administração pretenda evitar a GREVE, ensejamos para que façam contato com este SINDICATO para a finalidade de reapreciar em negociações com ânimo de atendimento às reivindicações dos TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO (SERVIDORES PÚBLICOS ESTADUAIS) representados, em face das garantias legais da correção salarial anual da categoria, bem como de outros postulados de natureza econômica constantes da PAUTA reivindicatória, não atendidas por essa Administração. Lembramos que a negociação coletiva de trabalho realizada de boa-fé, com equilíbrio, bom senso e resultados é a melhor alternativa e, por isso mesmo, este Sindicato Profissional está disposto a negociar para evitar conflito, de modo a que seja obtido atendimento aos postulados da pauta reivindicatória com adequação aos interesses das partes. Ficamos aguardando vossa manifestação face ao exposto. Pedimos o ciente ou protocolo desta, na cópia de igual teor para os devidos fins. 

Rio Branco (AC) , 07 de maio de 2021 

Rosana Sousa do Nascimento - Presidente do Sinteac

quinta-feira, 6 de maio de 2021

Idoso fura bloqueio para transar e culpa vacina: “Aumentou meu tesão”


Ao ser flagrado pela polícia duas vezes em menos de uma hora, homem de 85 anos disse que libido estava nas "alturas" por causa do imunizante

Um homem de 85 anos foi multado na Itália por violar as regras de bloqueio para tentar se encontrar com prostitutas. Ao argumentar com os policiais sobre as razões da atitude, ele culpou a vacina contra Covid-19 pelo aumento de sua libido. “Meu tesão ultrapassou o telhado”, afirmou.

De acordo com reportagem do jornal The Sun, em menos de uma hora, o idoso foi flagrado duas vezes pelos policiais numa região da cidade de Eboli, onde vans estacionadas na praia funcionam como pontos de encontro para o sexo pago.

Pela dupla violação, o homem teve de pegar € 1.000, o equivalente a cerca de R$ 6.500 pelo câmbio desta segunda-feira (26/4). O idoso, que não foi identificado, disse ter sido imunizado contra a Covid-19 há cerca de uma semana e que, desde então, seu desejo sexual tinha aumentado muito.

De acordo com o porta-voz da polícia, Sigismondo Lettieri, ele teria acrescentado não se importar com o valor da multa pois o dinheiro teria sido “bem gasto”. A inusitada reação à vacina relatada pelo senhor italiano não está descrita entre os efeitos colaterais de nenhuma das vacinas contra Covid-19.

Trapezista com diarreia “CAGA” em cima de 23 pessoas em um circo?


É verdade que uma trapezista com diarreia não conseguiu segurar as suas fezes e acabou defecando sobre 23 espectadores durante apresentação em um circo?

A notícia surgiu nas redes sociais no começo de março de 2019 e se espalhou também através de publicações em sites e blogs. De acordo com o texto, uma apresentação de um número de trapézio em um circo montado em Valência – na Espanha – terminou mal para 23 dos espectadores.

É que uma das das assistentes do Circo Bélgica, segundo o que diz na reportagem, teria sofrido um desarranjo intestinal, que fez com que ela defecasse lá do alto sobre 23 pessoas durante um de seus saltos.

A história da trapezista com diarreia que teria defecado na plateia surgiu no site humorístico espanhol Hay Noticia, em uma postagem feita no dia 02 de março de 2019. Mesmo deixando claro que se trata de um site de humor, muita gente compartilhou a brincadeira como se fosse algo real.

Esse site é o mesmo que, no começo de 2018, inventou a notícia afirmando que dois coroinhas teriam colocado maconha no incensário da igreja, deixando os fieis “alegres”

Conclusão do E-farsas

A notícia afirmando que uma trapezista com diarreia teria defecado sobre 23 pessoas da plateia é falsa! Tudo começou em um site humorístico espanhol, mas acabou enganando muita gente!

Confinada em ‘No Limite’, Gleici tira o sutiã e bomba de elogios; vej


Confinada no “No Limite”, a equipe de Gleici Damasceno divulgou uma foto brilhante em suas redes sociais. Dessa vez, a campeã do BBB 18 surgiu sem sutiã, ostentando um olhar bem atrevido.

“No limite da beleza!”, escreveram na legenda da publicação. Ao verem a foto, os admiradores da artista demonstraram diversos elogios calorosos e ousados no post.

“Uau, essa mulher é um verdadeiro espetáculo”, afirmou um rapaz. “É a mais bela desse mundo”, falou a segunda pessoa. “Poderosa, estamos na torcida por você”, revelou a última.

Mudanças

Há pouco tempo, Gleici Damasceno foi alvo de diversas criticas nas redes sociais, após fazer uma rinoplastia. Depois de ser desaprovada pelos internautas, ela cansou de comentários ofensivos e reagiu na web.

“Fiz turbinectomia, septo e adenoide e rinoplastia, pois há um tempo atrás fiz um procedimento com ácido hialurônico que não deu certo e modificou meu nariz. “A partir daí vivi um pesadelo. Foram dias turbulentos na minha cabeça, e tudo pirou quando eu apareci em uma entrevista no ‘Fantástico’ e algumas pessoas começaram a fazer comentários, alguns maldosos. As pessoa acham que podem ridicularizar a aparência de alguém sem se preocupar com o prejuízo emocional que isso causa”, desabafou ela.

Na sequência, a beldade que recentemente terminou o relacionamento com o modelo Wagner Santiago, apontou que após ver a mudança radical em seu rosto, teve uma crise de identidade e de choro.


“TIVE O PRIMEIRO ATAQUE DE PÂNICO E A CERTEZA QUE IA ENLOUQUECER, QUE NINGUÉM IA ME RECONHECER, MINHA FAMÍLIA, MEUS AMIGOS, POIS NEM EU ME RECONHECIA. EU NÃO TINHA SAÍDA E FIQUEI ASSIM POR UNS 15 MINUTOS, E A CENA SE REPETIU POR VÁRIOS DIAS. FUI ME ACALMANDO E VOLTANDO PRA MIM. DIAS DEPOIS APARECI NO PROGRAMA ENCONTRO, E UMA PESSOA FEZ UMA COMPARAÇÃO MUITO MALDOSA, E TUDO FICOU SOMBRIO NOVAMENTE”, DESABAFOU ELA.
Calúnias

Um ponto que deixou a artista bastante incomodada, foi o fato de afirmarem que ela estava com a intenção de negar as suas próprias origens, assimilando o procedimento feito.

“Decidi falar com vocês sobre isso também pelo fato de pessoas estarem tentando se aproveitar de uma situação para se promover profissionalmente e acho isso muita falta de caráter. Também quero falar sobre algo que mexeu comigo, não acho justo as pessoas me xingarem por uma escolha que eu fiz, não tem sentido nisso pra mim, não foi a minha intenção negar minhas origens e minha história”, explicou a gata.

Dark Matter: bolha de matéria escura pode estar perto da Terra, dizem astrônomos



Segundo pesquisadores das Universidades do Arizona e de Harvard, há suspeita de que a matéria esteja arrastando uma série de estrelas na Grande Nuvem de Magalhães, uma galáxia-anã bem próxima da nossa Via Láctea

Astrônomos acompanham movimentação do corpo celeste

Uma “bolha” de matéria escura pode estar se escondendo debaixo dos nossos narizes, segundo informações publicadas pelo LiveScience. Segundo astrônomos das Universidades do Arizona e de Harvard, há suspeita de que a matéria esteja arrastando uma série de estrelas na Grande Nuvem de Magalhães, uma galáxia-anã bem próxima da nossa Via Láctea, mas a 200 mil anos-luz da Terra .

A matéria escura é o que os especialistas entendem como aquilo do que é feito a maior parte do universo. Altamente elusiva e praticamente impossível de ser observada, a matéria escura tem sido objeto de buscas por incríveis distâncias do espaço pelos maiores especialistas da física e astronomia. Entretanto, nada fundamentalmente concreto foi encontrado até hoje.

Os estudiosos teorizaram em um estudo que o ritmo regular de um conjunto de estrelas presente na Grande Nuvem de Magalhães vem da possibilidade de ele estar sendo arrastado por uma “bolha” de matéria escura.

Quando o assunto é matéria escura, os cientistas estão no mesmo entendimento que a maioria das pessoas. Ninguém conseguiu uma comprovação de fato, mas a presença tem sido observada em uma série de ações e movimentos de outros corpos celestes . O consenso é o de que ela compõe algo próximo de 85% do universo, estabilizando e “prendendo” objetos de vários tamanhos em posições e ciclos fixos.

Caso o estudo das duas universidades seja comprovado, a comunidade da astrofísica pode abrir caminho para novas e mais aprofundadas observações para compreender a misteriosa matéria escura.

IG.

Padre é condenado por desviar R$ 1,5 milhão em oferta e venda de arte sacra



Sacerdote foi condenado pelo crime de abuso de confiança agravado, por ter se apropriado do dinheiro das esmolas dos fiéis, e por furto qualificado

O português António Teixeira foi acusado de desviar dinheiro de ofertas e vender arte sacra da paróquia Santo Condestável, em Lisboa

O português António Teixeira, conhecido como Padre Tó, foi condenando nesta quinta-feira a quatro anos e meio de prisão por desviar o dinheiro de ofertas e vender arte sacra da paróquia de Santo Condestável, em Lisboa, onde foi pároco.

Segundo o Tribunal Criminal de Lisboa, o sacerdote foi condenado pelo crime de abuso de confiança agravado, por ter se apropriado de 110 mil euros do dinheiro das esmolas dos fiéis, e por furto qualificado após ganhar 131 mil euros com as peças de arte. O valor é equivalente a mais de R$ 1,5 milhão na cotação atual.

Conforme publicado pelo jornal "Correio da Manhã", a sentença obriga ainda o padre a depositar todos os meses 750 euros de indenização para a paróquia, até completar a quantia roubada. Ele também terá que indenizar os antiquários que compraram a arte sacra vendida sem autorização.

Teixeira também era acusado de roubar dinheiro da paróquia Nossa Senhora dos Remédios, em Carcavelos, mas foi absolvido porque não foi possível reunir provas suficientes para a condenação.

O padre foi acusado em 2020 após seis anos de investigação. A denúncia do Ministério Público apontava que ele havia usado o dinheiro na compra de pelo menos 19 carros ao longo. Entre os itens vendidos estavam um cálice cerimonial adornado com safiras, rubis e esmeraldas, mobiliário eclesiástico, objetos em prata ou marfim, como crucifixos, além de várias imagens do século XVII. Para serem comercializados, alguns precisam até mesmo da autorização do Vaticano , o que não ocorreu neste caso.

Na época, Teixeira negou ter cometido os delitos e justificou os gastos como ações de gestão necessárias para as igrejas . No entanto, os promotores afirmam que a compra dos veículos foi uma forma de dissimilar a origem do dinheiro.

IG.

Acreanos se preparam para possível frente fria de 2021 nesta quinta-feira (6)


Foto: Sérgio Vale/ac24horas.com

A friagem chega ao Acre nesta quinta-feira (6) com ventos intensos da direção sudeste, cujas rajadas podem passar de 50 quilômetros por hora em alguns pontos.

Na sequência, a incursão de mais uma onda polar, a partir da tarde, derruba a temperatura no leste e no sul do Acre, sendo que, por volta das 19 horas os termômetros já estarão marcando menos de 20ºC em Rio Branco, Brasileia e cidades próximas. Ao amanhecer de sábado e de domingo, as mínimas deverão oscilar entre 13 e 16ºC nessas regiões, segundo O Tempo Aqui.

Na sexta-feira (7) todo o Acre já estará tomado por esta massa de ar polar, derrubando, mas com menos intensidade, a temperatura, também, em Cruzeiro do Sul e demais municípios do centro e do oeste do estado. As mínimas deverão variar entre 17 e 19ºC, nas cidades do vale do Juruá, podendo chegar a 16ºC, em Marechal Thaumaturgo.

A maior temperatura, durante a tarde, na sexta-feira, em Rio Branco, deverá ficar abaixo de 24ºC, com muitas nuvens e ventos intensos da direção sudeste.

ac24h.

sábado, 1 de maio de 2021

Os filhos de porteiros que chegaram à universidade têm um orgulho que o ministro Paulo Guedes ignora



Jovens de baixa renda se beneficiaram de programas de inclusão recentes para estudar. O ministro da Economia, de elite abastada, também foi bolsista do CNPq. Seu comentário sobre o filho do seu porteiro feriu brasileiros que têm no Prouni a única janela para mudar seu destino


Danilo, Ricardo, Heloisa, Gabriela, Luiz, Thais e Cristiane: todos filhos orgulhosos de porteiros que conseguiram cursar uma faculdade.

MAIS INFORMAÇÕES

“Tu se acha melhor que todo mundo. Que tu é superior a todo mundo”, diz a personagem Val, uma empregada doméstica interpretada por Regina Casé no filme Que horas ela volta? (2015). Jéssica (Camila Vardilla), sua filha que resolve prestar vestibular, então responde: “Eu não me acho melhor não, Val. Só não me acho pior”. A personagem Jéssica se tornou símbolo de uma geração de jovens brasileiros de origem pobre que nos últimos anos correu atrás de um sonho: ingressar em um curso universitário. Políticas sociais na área da educação, elaboradas para reverter um quadro secular de exclusão e desigualdade, contribuíram para facilitar o acesso de filhos de pretos e pobres a espaços até então reservados para uma elite branca.


Há um mal estar numa parte da sociedade brasileira por conta dessa janela para os mais pobres. Não é raro no país ouvir alguém falar com demérito – ou com comentários enviesados —sobre as bolsas de estudo para mais pobres, ou as cotas raciais que beneficiam esse estrato. Na boca de uma autoridade pública, esses comentários são mais chocantes. Coube ao ministro da Economia, Paulo Guedes, esse protagonismo, como relatou o jornal O Estado de São Paulo. “O porteiro do meu prédio, uma vez, virou para mim e falou assim: ‘Seu Paulo, estou muito preocupado. Meu filho passou na universidade privada’. Ué, está triste por quê? ‘Ele tirou zero na prova. Tirou zero em todas as provas e eu recebi um negócio dizendo: parabéns, seu filho tirou...’ Aí tinha um espaço para preencher, colocava ‘zero’. Seu filho tirou zero. E acaba de se endereçar a nossa escola, estamos muito felizes”.

A fala soou caricata, embora o ministro possa argumentar que se referia a possíveis desvios no Fies, alvo de investigação na Controladoria Geral da União (CGU). A fraude mais recente foi revelada pela revista Veja em fevereiro de 2021, e dá conta de um esquema que pode ter desviado até 1 bilhão de reais dos cofres público em favor de um grupo empresários ligados a faculdades e instituições de ensino superior. Mas, essa não é a primeira vez que Guedes faz uma demonstração de preconceito e elitismo. Em fevereiro de 2020, em meio à alta do dólar, ele afirmou que a valorização da moeda era boa, pois “empregada doméstica estava indo para Disney, uma festa danada”.

Curiosamente, apesar das críticas aos programas de acesso ao ensino superior, Guedes também se beneficiou de políticas públicas. De 1974 a 1978, ele estudou na prestigiosa Universidade de Chicago —onde se tornaria um Chicago Boy neoliberal— graças a uma bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, o CNPq, que hoje Bolsonaro se empenha em desmontar.

O Fies, ou Fundo de Financiamento Estudantil, foi criado pelo Governo Federal em 1999, com o aval do então presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Posteriormente foi ampliado por seu sucessor, Lula (PT). Ele oferece condições mais vantajosas de financiamento para que jovens de baixa renda possam cursar universidades da rede privada, e quitar este empréstimo com um prazo maior. Ao lado do ProUni, que oferece bolsas de até 100% para os alunos, é um dos programas mais importantes de inclusão social no país. Os dois já garantiram a 6 milhões de estudantes pobres que cursaram o ensino médio em escolas públicas o acesso às salas de aula do ensino superior então restritas às classes média e alta. Não se trata de um programa perfeito. Ao longo do tempo, faculdades privadas se beneficiaram de créditos dos Governos petistas para garantir uma mensalidade mais barata a esses estudantes, mesmo com uma evasão alta. Estudantes não conseguiam pagar a mensalidade, mesmo subsidiada, se a economia no país desse um soluço.

Porteiros, assim como empregadas domésticas, são categorias que remontam os tempos da escravidão, onde o servir era considerado um trabalho desonroso pelos brancos. Cabia aos escravos. São alguns desses herdeiros que conseguiram com o estudo mudar um destino quase predeterminado e reescrevem a história de suas famílias. Leia a seguir a história de alguns deles.
Um termômetro das políticas afirmativas

O publicitário Ricardo Silvestre, 25 anos, recebeu a mensagem de Paulo Guedes com uma certa indiferença. “Desde o comentário dele sobre as empregadas domésticas na Disney, não espero nada. É só mais um incentivo para continuar meu trabalho”. Paulistano egresso da escola pública, Silvestre conseguiu fazer faculdade graças a uma bolsa 100% que teve no ProUni. “Fazer faculdade sempre foi uma meta pessoal, mas não era algo próximo, eu não podia pagar”, lembra.

Mesmo em casa, o incentivo principal de seu pai, Arnaldo Silvestre, um ex-porteiro, já aposentado, sempre foi para que tivesse uma profissão técnica. “Comecei a trabalhar aos 14 anos com carteira assinada como aprendiz, cruzava 40 quilômetros para ir ao trabalho todos os dias. Meu pai queria que eu fizesse algum curso do Senai. Tive que brigar muito”, lembra.

As vitórias de Silvestre na carreira foram acompanhadas por uma mudança na família em relação à importância da educação. Logo no segundo ano do curso, ganhou uma bolsa por desempenho acadêmico para fazer intercâmbio na Santa Fé University of Art and Design, nos Estados Unidos. “A faculdade pagou o curso, mas fiz vaquinha para a passagem”, conta. De volta ao Brasil, se tornou estagiário de uma agência de publicidade. De lá, sua carreira decolou, não sem expor as marcas do racismo estrutural.

Silvestre se acostumou a enfrentar a visão estreita de “homens brancos” em sua jornada profissional: “Se o mercado publicitário fosse uma pessoa, seria um homem, branco, conservador e rico”. Chegou a ser demitido de um emprego onde o mandaram repensar suas escolhas profissionais. Ele repensou. Após uma crise de burnout decidiu empreender. “Sempre me senti muito deslocado como um dos únicos profissionais pretos das agências. Em meu processo de cura, entendi que não conseguiria voltar a esse mercado”, conta. Nasceu assim em 2019 a Black Influence, uma agência de comunicação especializada em influenciadores negros ou periféricos, que tem como objetivo aumentar a representatividade negra na publicidade brasileira.

No mesmo ano, Silvestre foi eleito pelo Papel & Caneta como um dos 30 jovens que lutaram para mudar a indústria da comunicação e pelo YOUPIX como um dos 15 profissionais que ajudaram a construir o mercado de conteúdo e influência no Brasil. Em 2020 foi nomeado pela revista Meio & Mensagem como um dos 10 profissionais de comunicação do ano. “Esse é o melhor termômetro de que as políticas afirmativas funcionam”, diz. “Hoje meu pai é um dos meus maiores apoiadores.”
As irmãs que o Fies ajudou a levantar

Cristiane Leonice dos Santos, 35, foi a primeira de sua família a acessar uma universidade. Filha de José Cícero dos Santos (porteiro que demorava três horas para ir e três para voltar do emprego em uma escola de elite na zona sul de São Paulo) e da diarista Celina, ela viu nos programas sociais voltados para o ensino superior uma porta para a melhoria nas condições de vida. Mas nada foi fácil para esta moradora da periferia de Mauá: “Primeiro consegui uma bolsa de 50% pelo ProUni, mas precisei abandonar o curso porque não conseguia pagar”, lembra. Cristiane tentou de novo, e novamente estava à beira de desistir por questões financeiras após perder o emprego. Foi quando conseguiu um financiamento do Fies, criticado por Guedes. “Me formei em jornalismo em 2013, e ainda estou pagando [as prestações], termino de pagar em 2025”, diz.

O impacto de ter uma pessoa com ensino superior com um emprego bem remunerado e colaborando com a renda da família foi enorme. “Antes a nossa condição de vida era apertada. Depois passamos a não ter mais algumas preocupações, como o vencimento das contas de casa. Além disso tivemos acesso à Internet banda larga e TV a cabo”, conta. Atualmente empregada no setor público, ela comemora a oportunidade: “Recentemente comprei um apartamento, também por um programa social, o Minha Casa Minha Vida”.

Indagada sobre o que teria sido de sua vida caso não tivesse cursado uma faculdade, Cristiane reflete um pouco antes de responder. “Não desmerecendo quem faz esse tipo de trabalho, que é digno, mas acho que se não tivesse feito o ensino superior eu estaria trabalhando com telemarketing, como vendedora em um shopping, ou algum outro emprego no setor de serviços, que oferece mais vagas”. Sobre a fala de Guedes, Cristiane pondera: “Para que um programa de inclusão na faculdade se não for pra atender o filho do porteiro e da empregada? Ele quer atender quem, o filho dele?”.

Com uma situação financeira mais tranquila em casa e inspirada por Cristiane, a irmã caçula, Heloisa (25), também conseguiu cursar uma faculdade via Fies: “Eu sou de periferia, e lá você não tem esse acesso. Estes programas [Fies e ProUni] abrem horizontes. Sabemos que as universidades públicas estão cheias dos filhos da burguesia. Então fazer um curso superior é mais do que ter um diploma, é quase afrontoso para a elite”, diz. Ela é formada em História e atualmente trabalha como documentarista em um acervo privado.
A alegria do seu Otávio

Luiz Henrique Faria Marins, 24, lembra com clareza a alegria do pai quando ficou sabendo que ele havia entrado em uma faculdade. “Meu pai ficou feliz para caramba. Ele sempre lamentava muito por não poder pagar uma faculdade para mim, porque ele ganhava pouco mais de um salário mínimo sabe? E ele pagava as contas da casa”, diz. Otávio José Marins trabalhava como porteiro em um prédio de classe média alta em São José dos Campos. Atualmente Luiz cursa Administração em uma faculdade privada na cidade. É bolsista integral pelo programa ProUni, e de quebra conseguiu um emprego em uma multinacional do setor automotivo. “Se eu sofri preconceito por ser bolsista? O maior preconceito que sofri por ser bolsista e filho de porteiro veio do Paulo Guedes”, afirma, referindo-se à fala do ministro.

“Antes de fazer universidade todos os meus trabalhos eram subempregos sabe? Já fui garçom, vendedor, corretor de imóveis... Eu sempre tive na cabeça que para ter um emprego melhor precisava fazer faculdade. Mas nunca tive condições de pagar”, afirma. Além de melhorar as condições econômicas da família, o ensino superior abriu os horizontes do jovem: “Hoje eu consigo sonhar. Além do emprego, quero continuar crescendo e estudando, quem sabe fazer uma pós e um mestrado”.
Do Campo Limpo para Portugal

Danilo Aparecido da Silva, 35 anos, cursou ciência da computação na faculdade. Há dois anos mora em Portugal. “Não tenho passaporte europeu. Vim com visto de trabalho”, afirma orgulhoso de sua trajetória. Um abismo separa a realidade de quando era aluno da escola pública no Campo Limpo, região periférica de São Paulo, de sua vida como profissional valorizado no mercado internacional. Por isso, Silva ficou indignado com a fala “elitista” de Guedes.

Silva não usou os programas do Governo federal para ajudar a custear sua universidade. “Foi por falta de informação. Só descobri que existia ProUni e Fies quando entrei na faculdade”, conta. Mas foi cruzando experiências que ele se tornou um defensor dessas políticas públicas. Vários de seus colegas só podiam estudar porque tinham o benefício. Já ele era um dos que tinha sorte. “Eu trabalhava, podia me virar para pagar. Achava que não era justo concorrer aos programas e tirar vaga de quem precisava mais do que eu”, afirma o hoje profissional de TI, que trabalha desde os 14 anos.

Silva e sua irmã foram criados pelos tios, Sofia e Altair Bittencourt, uma empregada doméstica e um “faz tudo” do condomínio. Seu pai, José Francisco, até hoje trabalha como porteiro —sua mãe biológica morreu quando ele tinha quatro anos. “Com salário de manutenção, meu tio sustentou a família toda, mas a gente teve que caçar emprego para conseguir fazer faculdade “, lembra. Além de um cientista da computação, sua família formou uma biomédica, dois contadores e um administrador de empresas.

A educação mudou a realidade de todos, apesar de seus tios ainda morarem na mesma casa onde cresceu, que foi ganhando pequenas melhorias, como área para churrasco. Silva lembra com certo pesar dos tempos em que trabalhava sem ter seus direitos trabalhistas respeitados. Um patrão cortou seu vale transporte por ele ser jovem e poder passar por baixo na catraca, por exemplo. Em uma viagem, ele foi confundido com jovens que faziam algazarra no ônibus e acabou apanhando. “Fiquei com medo, andava até 14 quilômetros para voltar para casa e não ter que pegar o ônibus”, diz.

Por episódios como esse, ele não romantiza o esforço exigido das pessoas mais pobres para ter acesso ao ensino superior e defende a manutenção dos programas de acesso. “O Itaú foi meu Fies, mas com juros de mercado. Fazia empréstimo para pagar empréstimo e conseguir pagar a faculdade”, conta. Silva espera que o Brasil dê condições melhores aos estudantes. “O problema é que muita gente não entendeu que esse Governo não gosta de pobre.”
“Estudar para reivindicar o que é nosso”

Thaís Lima, 31 anos, é a caçula de cinco irmãos. Todos fizeram faculdade —uma é enfermeira obstetra, uma contadora e dois são profissionais de educação física. Como mais nova, ela se deu o direito de ter dúvidas. Começou cursando Letras, com financiamento de 100% do Prouni. Desistiu. Mas foi por falta de vocação. “Meu pai achava que eu era boazinha demais para ser professora”, diz. Depois passou para um curso de Administração de Recursos Humanos de dois anos, também com ajuda do Prouni. Ali se encontrou, acabou conseguindo estágio na sua área e decidiu complementar a formação, com um bacharelado em Administração, que pagou com seu trabalho. Agora, já uma profissional da área de recrutamento e seleção, faz Psicologia.

Comemora poder levar os pais para usufruir de pequenas alegrias, como uma ida a uma restaurante quando eles vêm visitar os filhos em São Paulo. João Ancelmo do Nascimento e Maria Lima do Nascimento, hoje aposentados, se mudaram para o município de Araci, no sertão da Bahia, há alguns anos. “Construíram a casa dos sonhos com um pouco de vaca, um pouco de boi, cabra, ovelha…”, afirma a filha orgulhosa.

Nem sempre foi assim. A família de Thais Lima cresceu no rico bairro dos Jardins, na zona Sul de São Paulo, mas na casa do zelador, um benefício das famílias dos profissionais contratados para morar no trabalho. “Não havia relação entre minha família e os demais moradores”, conta. Estudar nem sempre foi um valor. “Quando veio do Nordeste, meu pai achava que estudar era para rico, mas com o tempo, ele entendeu que sem estudo não haveria mudança”, conta. O mantra do seu pai passou a ser “não posso pagar, mas o que vocês ganharem é para o estudo”.

Lima celebra o investimento nos programas de acesso à universidade. “Poder estudar nos deu a possibilidade de sonhar com coisas que as pessoas de baixa renda não sonham e reivindicar o que é nosso. Hoje posso dar uma vida melhor para meus filhos”, diz.
“Você nunca vai pra Disney, né Gabi?”

“Soube desde cedo o que significa para uma família de classe C viver em um lugar que pertence à classe A”, conta a estudante Gabriella Juvenal Figueiredo. Seu pai, Jerônimo Figueiredo, era porteiro em um prédio de luxo na famosa praia de Ipanema, onde recebeu moradia. A mãe, Maria José Juvenal, era empregada doméstica no bairro. “Teve uma vez que eu estava brincando com outras crianças do prédio quando uma delas, no meio de uma conversa sobre viagens, disse: ‘Você nunca vai pra Disney, né? Vocês não têm dinheiro’. Por isso, achava que esse negócio de viajar não era pra mim”, afirma.

Mal sabia que seu mundo iria se expandir para muito além do parque de diversões na Flórida —que ela nunca quis visitar. Prestou vestibular e ganhou uma bolsa para o curso de letras na PUC-RJ. Hoje vive em Pamplona, na Espanha, sede da Universidade de Navarra, onde está prestes a concluir um mestrado em História da Arte. “A elite não aceita que a filha do porteiro estude no exterior ou divida a sala da universidade com seus filhos. Infelizmente, tive de aprender a sobreviver ao lado dessas pessoas que te olham por cima do ombro”.