CONTATO

João Maciel Cel/WhatsApp: (68) 99987-8080 Email: joaomacieltk@gmail.com

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Thiago Brava se diz surpreso com sucesso de 'Dona Maria': 'Só queria tomar uma catuaba e ficar de boa'

O cantor sertanejo Thiago Brava (Foto: Divulgação/Jotacê)

Antes com músicas celebrando a solteirice, cantor sertanejo volta à lista de mais tocadas com romantismo em som intimista: 'É outro momento que estou vivendo'.

Cinco meses após seu lançamento, “Dona Maria” segue firme nas listas de músicas mais tocadas no Brasil em rádios e serviços de streaming. No Youtube, o clipe da música de Thiago Brava já soma mais de 240 milhões de views.

“Não imaginava que seria todo esse sucesso. A gente fez uma onda bem de brincadeira, como a gente está acostumado a fazer nas nossas horas vagas, que é tocar um violão, tomar uma catuaba e ficar de boa com os amigos”, diz Thiago Brava ao G1.

A música conta a história de um rapaz apaixonado que quer pedir a filha de Dona Maria em namoro. É o oposto de outros hits de Brava, que celebravam a farra e a solteirice. “Namoro bobo” e “Lei do desapego” são algumas delas. Mas a mudança no tipo de letra não tem relação com a atualização de status de Brava.

“Ela vem de encontro com outro momento que estou vivendo. Estou solteiro. Mas hoje estou mais focado na minha família, no meu trabalho, nas minhas composições. Estou com a cabeça mais leve, mais tranquila para poder pensar só em mim e ficar tranquilo pra poder compor”, afirma ele.

Jorge sem Mateus

Outro empurrãozinho dado em "Dona Maria" é a participação de Jorge, da dupla com Mateus. Para Brava, a parceria foi fundamental para o sucesso.

“Ele tinha me falado há um ano: ‘Vamos gravar uma música juntos, faz aí uma música com a minha cara, mais romântica pra gente gravar’. Ele meio que previu isso aí e foi de fundamental importância para o sucesso da música”.

O sucesso fez com que a agenda de shows aumentasse, diz Brava. “Estamos fazendo uma média de 25 shows, rodando o Brasil todo com essa música”.

Criançada pira em 'Dona Maria'

Se fosse contar só pelas visualizações no Youtube, “Dona Maria” já seria a música mais importante na carreira de Thiago. Antes dela, as mais bem-sucedidas eram “Namora Bobo” (47 milhões de views) e “360 Arrocha do Poder” (16 milhões). Mas Brava reitera o marco que a música é em sua carreira.

“Ela foi maior do que tudo. É o começo de uma nova história, de um novo momento. Até para a criançada, de 5, 6 anos de idade, que não escutou essas outras músicas poderem me ver como artista novo. ‘Dona Maria’ é a maior de todas. Vai ser muito difícil superá-la”.
Thiago Brava e Jorge (Foto: Reprodução/Instagram)
A música faz parte do EP “Um violão & uma catuaba”, gravado no estúdio Pé de Amora, em Goiânia. O disco tem mais quatro canções, todas na linha reggae apaixonado, algumas acompanhadas de ukulelê e gaita.

“Quero aproveitar esse momento que as pessoas me absorveram cantando esse tipo de música, que é uma música mais duradoura, que fala mais de sentimento. Quero poder aproveitar isso ao máximo”.

“Quem sabe mais pra frente a gente faça alguma coisa mais parecida com ‘Namora Bobo’ ou ‘Lei do desapego’. Mas por agora, quero um lance mais nessa vibe de voz, violão, um lance mais acústico”.

Thiago Brava (Foto: Reprodução/Instagram)

Nova onda acústica ou culpa da crise?

E por falar em “lance acústico”, seria ele o novo hit do sertanejo após a onda da sofrência e do feminejo? Ou seria uma forma de diminuir gastos e encarar a tal crise que se fala do mercado? “O acústico veio num momento de crise, não só da música sertaneja, mas de todo o país".

"O pessoal cansou de megaproduções, megaeventos. Hoje estão buscando uma coisa mais intimista. A crise refletiu, sim. Mas é mais a vontade do público de ver a pureza do artista, da voz, do violão, do que maquiado por trás de uma megaprodução”.

Além de Thiago, Cleber e Cauan, Munhoz e Mariano, Zé Neto e Cristiano e Lucas Lucco entraram nesta linha de menos (produção) é mais.

O próximo DVD de Brava seguirá exatamente esse nicho. A gravação acontece neste mês e o lançamento está previsto para o final de maio. “É um lance bem mais intimista, acústico, mas com banda”.

Thiago Brava (Foto: Reprodução/Instagram)

Por Marília Neves, G1