CONTATO

João Maciel Cel/WhatsApp: (68) 99987-8080 Email: joaomacieltk@gmail.com

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Nota do movimento VEM PRA RUA TARAUACÁ.


O movimento VEM PRA RUA TARAUACÁ, agradece a todos que participaram do ATO PÚBLICO, acontecido na manhã desta quinta-feira 13 de dezembro em frente à prefeitura.

Foi um movimento pacifico sem ofensas, onde os presentes puderam manifestar-se a respeito dos principais problemas que enfrentam nosso município, como: pavimentação de ruas, falta de esgotamento sanitário, falta de medicamentos na farmácia pública e saúde precária, falta de investimentos na área cultural e esportiva, abastecimento de agua precário, iluminação pública precária, falta de segurança, aumento nas contas de energia elétrica, concurso público, geração de empregos, melhor atendimento na área educacional etc…

Pessoas com cartazes, sindicalistas, ativistas sociais, presidentes de bairros, desportistas, comunicadores, vereadores, e muita vontade de lutar por seus direitos, assim foi o ato público.

Agradecemos em especial ao Sinteac na pessoa do professor Lauro Benigno “presidente”, e demais membros daquela diretoria, que não mediram esforços para que o ato acontecesse, agradecemos também ao professor Accioly comunicador e líder comunitário, que esteve sempre à disposição.

O movimento por sua vez contou com a participação de diversos internautas, que sempre usavam as redes sociais facebook e grupos de whatsapp, para se manifestarem, no entanto lamentamos a ausência de alguns, que como diz um grande sindicalista “os valentões de facebook e de grupos de whatsapp”. Que não compareceram.

O fato é, que este foi somente o ponta pé inicial, e esperamos poder contar com estes nos próximos eventos, já que se mostram tão ativos nas redes sociais.








Desportista Gil França organiza Torneio de Fechamento "Natal Solidário"



Atenção, Desportistas e população é neste Sábado 15/12 de Dezembro às 08:00 da manhã na Quadra da Escola Valdina Torquato no Bairro Triângulo, o grande torneio de Fechamento "Natal Solidário" Masculino e feminino Inscrições 01 Kg de alimentos não perecíveis por atleta, premiações para 1° e 2° lugar da Competição, entrada franca, para as pessoas que queiram contribuir com alimentos ou brinquedos, participaram de 10 sorteios mais informações ligue 99965-3175. 
"Campanha Natal Solidário, neste natal faça uma família feliz"🎅🎁

Realização: Gil França

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

MOVIMENTO "VEM PRA RUA TARAUACÁ" REALIZA MANIFESTAÇÃO NESTA QUINTA FEIRA EM FRENTE A PREFEITURA.



Será realizado na próxima quinta feira, 13 de dezembro, um PROTESTO para chamar a atenção e a responsabilidade das autoridades frente aos graves problemas que a população de Tarauacá está enfrentando: água, luz, telefonia, saneamento básico, ruas esburacadas, etc.

O ato está marcado para as 8 horas da manhã em frente o prédio da prefeitura Municipal de Tarauacá. Cada manifestante deverá trazer um cartaz com a sua mensagem de reivindicação.

SINTEAC, SIMTAR, Associações de Moradores, Rádio Comunitária, igrejas, direções de escolas e outras forças, vão comandar a mobilização do povo para o manifesto. 

A manifestação é pacífica e deverá acontecer a partir das 8 horas da próxima quinta feira, 13/12, com concentração em frente a prefeitura. 

Os manifestantes entregarão um documento aos vereadores, prefeita e Ministério Público, pedindo ação rápida e imediata no enfrentamento dos problemas que o nosso município enfrenta.

CARDIOLOGISTA ALERTA SOBRE OS RISCOS DAS BEBIDAS ENERGÉTICAS: “SÃO UMA ROLETA RUSSA”


As bebidas energéticas são muito mais perigosas do que você pensa. Se você costuma ingerir este tipo de bebidas, vai pensar duas vezes depois de saber os seus riscos.

Mais e mais pessoas estão consumindo Red Bull, Monster e semelhantes. Estes líquidos se tornaram muito populares para recuperar energia durante o dia ou durante a noite.

Como possuem grandes quantidades de cafeína e açúcar, eles fazem com que fiquemos mais acordados e alerta. No entanto, os pesquisadores e médicos alertam sobre os perigos relacionados com o consumo desse tipo de produtos.

Bebidas energéticas com efeitos colaterais

De acordo com a Agência Dinamarquesa de Alimentos, que analisou o assunto e realizou um estudo com 3.682 pessoas, as bebidas energéticas têm muitos efeitos colaterais.

Um total de 42% das pessoas que participaram do estudo sofreram de algum tipo de problema após ingerirem as bebidas energéticas.

O relatório mostra que o alto teor de cafeína pode causar:

– Agitação

– Distúrbios do sono

– Palpitações cardíacas

domingo, 9 de dezembro de 2018

Moises Diniz: Fui líder do governo Binho Marques (3 anos) e Tião Viana (2 anos), a missão mais difícil de um parlamentar.



#TBT DA POLÍTICA

Fui líder do governo Binho Marques (3 anos) e Tião Viana (2 anos), a missão mais difícil de um parlamentar.

Nunca barganhei cargos pra deputado votar ou ofereci qualquer vantagem em nome do governador. E, mesmo assim, nunca perdi uma votação.

O caminho era o diálogo e lutar sempre para que as matérias, enviadas pelo executivo, tivessem o voto da oposição. Conseguíamos isso, cedendo pontos dos projetos para atender a opinião dos oposicionistas.

Ouvíamos os sindicatos e só votávamos depois de exaustivo debate com seus líderes, às vezes, contra a opinião dos assessores do Palácio Rio Branco.

Como líder do governo, nunca usei o poder pra pedir favores ou botar minha mulher e filhos em cargos de confiança e nunca fiz negócios que envergonhassem o meu coração.

Durante quatorze anos de mandato defendi minhas ideias sem criar inimigos, sempre respeitando quem pensa diferente.

Por isso, hoje, aqueles que vão assumir o poder são meus amigos, porque já eram meus amigos como oposição.

Há coisas que eram regra na política, mas, eu não me acostumei: pisar nos outros para poder subir e vencer.

Se eu tiver que voltar, é pra fazer tudo de novo, do mesmo jeito e com o mesmo coração.

Rodolfo Landim é o novo presidente do Flamengo

Chapa de oposição vence eleição, e Rodolfo Landim é o novo presidente do Flamengo

Empresário chega ao poder depois de parte do grupo original da chapa de 2013 fazer oposição a Bandeira. Abel Braga é o nome a ser anunciado como treinador para 2019

Novo presidente do Flamengo, Landim comemora com integrantes da Chapa Roxa
Globoesporte.com

Novo presidente do Flamengo, Landim comemora com integrantes da Chapa Roxa

O Flamengo terá uma nova gestão pelos próximos três anos (2019, 2020 e 2021). Com 1879 votos, a Chapa Roxa venceu a eleição deste sábado e Rodolfo Landim assumirá a presidência do Rubro-Negro (a posse será na segunda quinzena de dezembro).

- Obrigado a todos que acreditaram nesse processo e em mim. Queria lembrar de uma frase que ouvi de uma eleitora nossa aqui. Me tocou. Ela disse: 'Viemos aqui não para votar em vocês. Foi para votar em nós'. Isso dá a dimensão da responsabilidade que carregamos nas costas. A felicidade de mais de 40 milhões - disse o presidente eleito.

Candidato da situação, Ricardo Lomba, da Chapa Rosa, ficou com o segundo lugar (1097 votos). Os demais candidatos derrotados foram Marcelo Vargas (41) e José Carlos Peruano (22).

Apoiadores cantam a seguinte música : “Já vou logo avisando que acabou o cheirinho... din din din, presidente é o Landim” 

- Vamos nos unir para poder fazer um Flamengo imbatível. Estamos preparados e vamos unir o clube para gerir à altura e trazer muitas alegrias - prosseguiu Landim.

Rodolfo Landim substituirá Eduardo Bandeira de Mello, que comandou o Flamengo nos últimos seis anos. Antes mesmo de assumir, deixou claro que não será candidato à reeleição.

No fim do discurso de Landim, dois torcedores já gritam “título”, pedindo conquistas ao novo presidente. Landim reafirma que serão “só três anos”, avisando que não se candidata à reeleição 

O presidente eleito fez parte da chapa azul original e atuou na diretoria de Bandeira durante o seu primeiro mandato, após a eleição de 2012. Os dois se cumprimentaram antes do fim da votação, e o atual presidente se colocou à disposição para ajudar na transição.

Rodolfo Landim é eleito presidente do Fla e ganha apoio de adversário na Gávea
Globoesporte.com

Rodolfo Landim é eleito presidente do Fla e ganha apoio de adversário na Gávea

Bandeira já deixou o ginásio da Gávea. Cumprimentou Rodolfo Landim e disse que, caso a vitória confirme, deseja sorte e está aberto para fazer uma boa transição

Bandeira deixou o ginásio acompanhado dos filhos antes mesmo de a apuração começar. Ouviu um integrante da Chapa Roxa gritar "tchau, querido". No geral, o pleito ocorreu sem maiores incidentes, mas houve muitas provocações ao presidente.
Integrantes da Chapa Roxa provocam o presidente Eduardo Bandeira de Mello — Foto: André Durão / GloboEsporte.com

Do lado de fora do ginásio, um eleitor gritou “tchau,querido” para Bandeira. Um dos filhos do presidente reclamou, mas não houve maior confusão. #gefla

Com o resultado da eleição, é questão de tempo para Landim anunciar Abel Braga como treinador do time para 2019. O nome de Abelão ganhou força depois que Renato Gaúcho preferiu permanecer no Grêmio. Marcos Braz, que será o vice de futebol, espera anunciá-lo em breve.

- Tem muita chance. Agora não tem nada decidido. Hoje o dia é de comemoração. A gente já vem trabalhando em algumas situações. O Abel é um grande treinador, tem uma história bonita no futebol. O departamento todo está trabalhando no futebol. É lógico que tínhamos prudência, uma eleição ainda pela frente. Agora a gente vai acelerar - disse Marcos Braz.
Antes mesmo de a votação terminar, a Chapa Roxa já comemorava — Foto: André Durão / GloboEsporte.com

A trajetória de Landim

O empresário, que fez carreira na Petrobras e hoje ainda atua no setor de petróleo e combustíveis, chega ao poder com antigos membros do grupo, como Luiz Eduardo Baptista, o BAP, e Gustavo Oliveira, além do apoio de Wallim Vasconcellos, derrotado em 2015 por Bandeira.

Na eleição de 2018, Rodolfo Landim e seus pares chegaram de forma mais numerosa para a briga na eleição. A chapa roxa, batizada de Unifla, reuniu diversos e diferentes grupos e correntes políticas do clube e para bater de frente com a SoFla, base da atual gestão.

Landim recebe abraços e gritos 

Também teve apoio de nomes que integraram a gestão Bandeira de Mello - entre eles Claudio Pracownik, ex-vice de finanças, e Mauricio Gomes de Mattos, que foi vice-geral. Presidente do Conselho Deliberativo, Rodrigo Dunshee é o vice-geral de Rodolfo Landim.

Além deste apoio interno, a campanha de Landim se pautou principalmente pelo discurso de cobrança no futebol, prometendo devolver ciclo de vitórias e títulos no Flamengo. No segundo mandato, Bandeira venceu apenas um Carioca em 2017.


Mais sobre Rodolfo Landim

Luiz Rodolfo Landim Machado tem 61 anos e teve em seu avô a ponte para os laços com o Flamengo. É neto do Grande Benemérito José Ferreira Landim. É sócio do clube desde 1972. No primeiro triênio da gestão Bandeira de Mello, ele ocupou a vice-presidência de Planejamento e Orçamento.

Ele é casado e pai de três filhos. Durante sua campanha, enalteceu sua carreira de executivo e de gestor. Ele é formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e também estudou na escola de negócios de Harvard, nos Estados Unidos. Entre 2003 E 2006, presidiu a Petrobras Distribuidora - trabalhou na estatal do petróleo por mais de 20 anos. Posteriormente, foi o presidente executivo da MMX, do empresário Eike Batista.

Também foi diretor presidente da OGX Petróleo e Gás Participações S.A. OSX Brasil S.A - empresas de Eike, com quem brigou e processou na Justiça. Além de dirigir a Cameron International Corporation. Além de novo presidente do Flamengo, atualmente ele é, é sócio-gerente da Maré Investimentos e preside a Ouro Preto Óleo e Gás S.A.

Boca Juniors ou River Plate: a mais longa Libertadores da história finalmente terá um campeão


Após atos de violência em Buenos Aires, principal torneio de clubes da América do Sul será decidido na Europa

A mais longa Taça Libertadores de todos os tempos finalmente terá um campeão. Em outro hemisfério, outro continente, outro fuso horário e 10 mil quilômetros longe de casa, Boca Juniors e River Plate decidem em Madri, no estádio Santiago Bernabéu, quem é o o melhor time da América do Sul. A partida será disputada às 17h30 de Brasília, 20h30 locais - o SporTV transmite ao vivo e o GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real.

O campeonato que começou em 22 de janeiro vai terminar só em 9 de dezembro, duas semanas depois do inicialmente planejado, por causa dos atos de violência da torcida do River contra o ônibus do Boca horas antes do que deveria ser o jogo decisivo, no dia 24 de novembro.


Não parece, ninguém mais lembra, mas esta é a última edição da Libertadores com final em dois jogos. Disputado há quase um mês em La Bombonera, estádio do Boca, o primeiro jogo terminou empatado em 2 a 2. O segundo, que deveria ter sido na casa do River, foi transferido para Madri.



Quem ganhar vai representar a América do Sul no Mundial de Clubes da Fifa, torneio que tem o Real Madri como favorito, e que será disputado a partir da semana que vem nos Emirados Árabes Unidos. O campeão da Libertadores estreia no dia 18 de dezembro. Tanto Boca quanto River já decidiram que, se ganharem a Libertadores na Europa, vão voltar a Buenos Aires para festejar, e só depois viajam ao Oriente Médio para o Mundial.

Na prática, a mudança para Madri antecipa em um ano a decisão da Conmebol de decidir a Libertadores numa única partida, em vez dos tradicionais jogos de ida e volta, uma na casa de cada finalista. O novo formato, que deveria estrear em 2019 em Santiago do Chile, vai debutar em Madri.

Santiago Bernabéu Final Libertadores Boca Juniors x River Plate — Foto: Divulgação / Conmebol


Os técnicos

Marcelo Gallardo, técnico do River, não estará nem no banco de reservas. Suspenso, vai assistir ao jogo de um camarote do Santiago Bernabéu. O time será dirigido por seu auxiliar, Matías Biscay. Uma coincidência: no último título do River, conquistado ante o Tigres, do México, Gallardo também estava suspenso – e era Biscay quem estava na beira do campo.

Do outro lado, Guillermo Barros Schelotto tenta conquistar seu primeiro título da Libertadores como técnico, depois de ter vencido nada menos do que quatro edições como jogador. O ex-camisa 7 estava em campo quando o Boca conquistou o Mundial pela última vez, em 2000, após derrotar justamente o Real Madrid, dono do estádio onde se decide a Libertadores.


Os times

Tanto Gallardo quando Schelotto só vão divulgar as escalações de River e Boca no domingo, momentos antes da partida. No River Plate, entretanto, a imprensa argentina afirma que o time jogará com três defensores, com Pratto, Martínez e Palacios no comando do ataque.

Do outro lado, Guillermo Barros Schelotto também alimenta o mistério. O técnico do Boca declarou em entrevista coletiva que tinha duas alternativas para escalar seu time. Uma com dois atacantes, outra com três. Ainda há a dúvida se Benedetto pode ser titular em alguma posição do ataque. Mas os jornais são unânimes em apontar uma escalação.

As prováveis escalações de Boca e River — Foto: Editoria de Arte

A história

O River Plate, que venceu a Libertadores em 1986, 1996 e 2015, busca seu quarto troféu. Se vencer hoje no Santiago Bernabéu, o Boca conquistará sua sétima Libertadores e empatará com o Independiente como maior vencedor da competição. O Boca foi campeão em 1977, 1978, 2000, 2001, 2003 e 2007.

Em 110 anos de rivalidade, os dois times se enfrentaram quase 400 vezes. Tanto na Libertadores quanto nos torneios locais, há uma pequena vantagem para o time xeneize.

Na Libertadores:

10 vitórias do Boca
7 vitórias do River
8 empates

Na história:

134 vitórias do Boca
122 vitórias do River
116 empates

O dinheiro

O campeão da Libertadores leva para casa um prêmio de US$ 6 milhões (R$ 23,5 milhões), além dos quase US$ 5 milhões (R$ 19,5 milhões) acumulados na fases prévias. O prêmio para o vice-campeão é de US$ 3 milhões (R$ 11,7 milhões).

Além do dinheiro pelo título da Libertadores, quem ganhar hoje no Santiago Bernabéu vai garantir pelo menos outros US$ 3 milhões só pela premiação no Mundial de Clubes.

As campanhas

Boca Juniors e River Plate chegam até a final após campanhas idênticas nos números: seis vitórias, seis empates e um revés.

As duas únicas dos finalistas da Libertadores foram impostas por times brasileiros. Na fase de grupos, o Palmeiras venceu por 2 a 0 na Bombonera. Na semifinal, o Grêmio bateu o River por 1 a 0 no Monumental.

O Boca teve uma campanha mais acidentada no caminho até a final. O time quase foi eliminado na fase de grupos, mas conseguiu avançar em segundo lugar, com 9 pontos, atrás do Palmeiras (12) e a frente de Junior Barranquilla e Alianza Lima.

A classificação do Boca para as oitavas teve uma ajuda do Palmeiras, que derrotou o Junior Barranquilla na última rodada da fase de grupos graças a uma grande atuação do goleiro Fernando Prass.

Nas oitavas, o Boca passou pelo Libertad, do Paraguai. Nas fases seguintes, o time eliminou dois brasileiros: o Cruzeiro nas quartas e o Palmeiras na semifinal.

A vida do River Plate na fase de grupos foi mais fácil: venceu uma chave na qual estavam Flamengo, Independiente Santa Fé e Emelec. Os dois duelos contra o Flamengo terminaram empatados (2 a 2 no Rio, 0 a 0 em Buenos Aires).

Nos mata-matas, o River eliminou rivais argentinos – o Racing nas oitavas de final e o Independiente nas quartas – antes de derrotar o Grêmio na semifinal.

Jogo feio?

Como está suspenso pela Conmebol, Marcelo Gallardo, técnico do River, não deu declarações. O técnico do Boca, Guillermo Barros Schelotto, disse que prevê um jogo feio, pegado.

– No domingo vão estar em campo os dois melhores times da América do Sul e seus melhores jogadores. Mas em campo vai ter um time querendo ganhar do outro, e acho que não vai ser uma partida muito atrativa do ponto de vista "visual", por assim dizer. Talvez não se veja nem o melhor do Boca e nem o melhor do River.

Arbitragem

O árbitro da final em Madri será o mesmo do jogo que não ocorreu no Monumental de Núñez em 24 de novembro, o uruguaio Andres Cunha. Como aconteceria em Buenos Aires, a final da Libertadores também terá árbitro de vídeo, com uma pequena alteração: o VAR na Espanha funciona na sede da Federação Espanhola, 24 quilômetros de distância do Santiago Bernabéu, e não dentro do estádio.

G1,

sábado, 8 de dezembro de 2018

É hoje sábado (8) IV-festival da canção gospel. Conheça os Participantes.



É isso ai gente! Chegou o grande dia é hoje sábado (8) IV-Festival da Canção Gospel. As 19h, na quadra da escola Municipal José Augusto. Entrada Franca…

Veja os Concorrentes:

EMIKA CACAU


THIAGO NASCIMENTO


ROGERIO LIMA


JULIO CESAR


GABRIELA LOPES


SANDRA FREITAS


IZAQUIEL CONCEIÇÃO


HELAINE CRISS


GRAZIELLY FERREIRA


RUTH KETHELLY


quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Nova facção criminosa cresce assustadoramente no Norte e ameaça chegar ao Acre.



As autoridades estão em sinal de alerta com o surgimento de uma nova facção criminosa no Brasil, que se chama Primeiro Comando do Panda (PCP), nascida em uma das principais prisões de Rondônia: a Penitenciária Estadual Edvan Mariano Rosendo e ameaçando se expandir para os demais estados da Região Norte.

Segundo as primeiras informações, a nova facção é aliada do PCC em Rondônia, um dos nove estados brasileiros onde o PCC disputa, diretamente com o Comando Vermelho, o controle das rotas e do comércio de tráfico de drogas e armas. O objetivo dela é se fortalecer e extinguir o grupo rival.

Ainda não há sinais concretos de que a facção Panda já esteja em outros estados, mas em Rondônia ela já é a terceira maior, perdendo justamente para o PCC e Comando Vermelho. A ameaça dela surgir no Acre é iminente, tendo em vista que ambos os estados são vizinhos.

“Independentemente da guerra deflagrada, os dados demonstram que 25% dos presos das unidades localizadas na capital de Porto Velho são filiados à uma das organizações criminosas acima citadas e estão envolvidos em boa parte dos crimes de natureza grave, tais como: homicídios, latrocínios, roubos e tráfico de drogas”, afirmou o promotor de Justiça Cláudio Wolff Harger, de Rondônia.

“Essa guerra por espaço gera o aumento da criminalidade, principalmente quando as organizações estão em guerra uma com as outras”, acrescentou Harger.

Com informações da Contilnet.

Ajoelhe-se e Deus ouvirá o seu coração!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Onicofagia: Compulsão em roer unhas é sinal de alerta.


Resultado de imagem para Onicofagia: Compulsão em roer unhas é sinal de alerta

Roer a unha pode parecer normal. Mas muitos desconhecem os danos que pode causar à saúde se isso se tornar um hábito compulsivo. É a chamada onicofagia, que atinge homens e mulheres de todas as idades, sendo mais comum em crianças e adolescentes. 

Para a psicóloga clínica de São Paulo Marina Genova, isso não é considerado um distúrbio, mas um sintoma de que algo não está bem. “Na psicologia é dito como um fenômeno subjetivo, que podem ser pensamentos, comportamentos, um sinal de que alguma coisa possa estar causando muito sofrimento, ansiedade e angústia”, explica. 

Além disso, a psicóloga explica que há estudos que abordam a onicofagia. “Estes dizem que esse hábito pode estar intimamente relacionada à compulsões, ou seja, comportamentos adotados no alívio da ansiedade. Também pode associar-se a depressão”, ressalta. 

Outro motivo que leva as pessoas a roerem as unhas é o nervosismo. O analista de suporte de Santo André João Ângelo de Marchi Junior, de 22 anos, sabe bem disso. “Quando fico nervoso com alguma coisa é a hora que mais fico roendo as unhas”, diz. 

O ato de levar a unha até a boca pode causar o seu desgaste, ocasionar cáries e até uma infecção. Para o dermatologista do Hospital e Maternidade Beneficência Portuguesa de Santo André, Valter Claudino, os problemas vão além da estética. “Além disso, esse ato estará eliminado a barreira de proteção da unha dando oportunidades à entrada de bactérias e fungos, ocasionando as infecções secundárias”, afirma. 

A tecnóloga de Santo André Aline Cantão Lima, de 22 anos, é um exemplo. Ela roe as unhas desde criança e já provocou até sangramentos. Aos 15 anos teve depressão o que a fez roer mais ainda. No mesmo ano, surgiu a gastrite e, por isso, teve que começar a se controlar. 

“Com a depressão, eu ficava muito triste e ansiosa e roia muito as unhas, mas como tomava remédios para isso e para a gastrite tive que me controlar porque eles eram extremamente fortes”, relata. Para ajudar, ela passava esmalte com cheiro e gosto ruim. “ Mas não adiantou, porque me acostumei e continuei roendo”. 

Aos poucos Aline está parando de roer as unhas. “Recentemente, consegui pela primeira vez pintar a unha de francesinha, parece besteira, mas para mim foi uma conquista”, comemora. 

Recomendação – A psicóloga explica que o acompanhamento psicológico é bastante valioso e aconselhável para as pessoas que sofrem com isso. “Psicoterapeuta e paciente, poderão trabalhar e descobrir o que está por trás da ansiedade que eventualmente está desencadeando aquele sintoma, além de observar outros conteúdos que fazem o paciente ser quem é”, afirma. 

Ela ainda conta que produtos com gosto desagradáveis para passar nas unhas e evitar que sejam roídas, podem até amenizar. “Esse efeito será por um determinado período, porque na verdade o sintoma reaparecerá na mesma forma ou apresentado sob outra, que poderá ter também um caráter de automutilação ou não”.